Tipos de rinoplastia: Qual É A Mais Adequada Ao Seu Formato De Nariz

Ossinho proeminente, nariz achatado, ponta caída… Cada formato de nariz pede um tipo de rinoplastia diferente

Estar insatisfeito com o próprio nariz nos traz problemas pessoais, sociais e profissionais, pois perdemos nossa autoestima, fugimos de fotografias e nos sentimos menos confiantes ao interagir com as outras pessoas.

Felizmente, a cirurgia plástica de nariz oferece uma solução definitiva para diferentes queixas e imperfeições. Porém, essa cirurgia não é igual para todos os pacientes, e os tipos de rinoplastia variam de acordo com seu objetivo. Existem três tipos principais:

Rinoplastia de redução: essa cirurgia tem como objetivo diminuir o tamanho geral do nariz, incluindo as dimensões da ponta, das narinas e dos ossos do dorso;

Rinoplastia de aumento: consiste na ampliação das proporções do nariz, sendo muito procurada por pacientes que perderam uma parte desse órgão em função de doenças ou acidentes;

Rinoplastia étnica: é o mais comum entre os tipos de rinoplastia. Tem como objetivo harmonizar as proporções do nariz com os traços étnicos do paciente, proporcionando um equilíbrio estético sem descaracterizar sua identidade.

Contudo, as técnicas utilizadas também variam de acordo com as características anatômicas dos pacientes. Ou seja, a rinoplastia não se trata de substituir o nariz “antigo” por outro totalmente diferente, mas sim de corrigir suas imperfeições.

Dessa forma, essa cirurgia plástica sempre parte das características do nariz de cada pessoa e tem como objetivo deixar seus traços mais harmônicos com base naquilo que o paciente já apresenta, ou seja, de acordo com seu tipo de nariz. A cirurgia nem sempre é somente para fim estético, entenda melhor qual o impacto da cirurgia plástica na sua autoestima.


Os diferentes tipos de nariz no Brasil

Por ser um país composto por pessoas de muitas origens diferentes, não existe apenas um único tipo de nariz brasileiro, mas sim pelo menos cinco. Assim, as técnicas de cirurgia plástica mais indicadas variam conforme o formato do nariz de cada pessoa.

Conheça os principais tipos de nariz no Brasil, suas características e os tipos de rinoplastia que mais são feitas para cada um deles:

Nariz fino e arrebitado

Esse é o tipo de nariz que costuma ser mais desejado nos consultórios, por ser considerado o mais estético. Suas características são os ossos nasais estreitos, assim como as narinas, e o dorso levemente curvado para cima, que culmina em uma ponta arrebitada.

Em geral, as modificações solicitadas em uma rinoplastia têm o intuito de aproximar o nariz do paciente a esse formato, mas é preciso levar em consideração os traços individuais de cada paciente.

Nariz asiático ou curto

O dorso pouco elevado, os ossos nasais mais largos e baixos, as narinas largas e a ponta pouco pronunciada, esse nariz pode dar a impressão de “falta de volume”, sendo conhecido popularmente como “nariz achatado” ou “nariz de batata”.

Mais característico de pessoas com origem asiática e indígena, esse é um nariz com uma forte referência à identidade étnica da pessoa. Dessa forma, entre os tipos de rinoplastia existentes, costuma-se recorrer à rinoplastia étnica.

A cirurgia permite levantar o dorso com enxerto de cartilagem, corrigir o arredondamento da ponta para deixá-la mais projetada e estreitar a base do nariz por meio do trabalho nas narinas.

Nariz negroide

Esse é o tipo de nariz encontrado em pessoas negras ou mesmo em pessoas brancas que tenham origem étnica africana. Por esse motivo, o nariz negroide é bastante comum no Brasil.

Este formato é parecido com o do nariz asiático, mas o dorso é ainda mais baixo e as narinas também são ainda mais largas. Além disso, a pele costuma ser mais espessa e oleosa.

A transformação de um nariz negroide em um nariz fino e arrebitado descaracterizaria as origens do paciente (nem seria possível tecnicamente). Por isso, a rinoplastia mais indicada também é a étnica, que busca harmonizar os traços sem esconder as origens familiares.

É possível corrigir o arredondamento da ponta e elevar o dorso, deixando-o mais afilado, sempre com o objetivo de deixar os traços mais proporcionais, e não descaracterizar as feições individuais.

Nariz romano

Típico dos descendentes de europeus caucasianos (principalmente italianos e judeus) e dos povos árabes, o nariz romano é caracterizado pela proeminência do ossinho do nariz, chamado de giba nasal. Esse “carocinho” aparece principalmente quando a pessoa está de perfil.

Nesse caso, a rinoplastia tem como objetivo remover o excesso de tecido ósseo e cartilaginoso que forma essa região por meio de raspagem e modelagem. Para os homens, o dorso costuma ser mantido reto, mas as mulheres geralmente desejam criar uma curva mais arrebitada.

Nariz adunco

Quando o ossinho proeminente do nariz romano é acompanhado por uma elevação dos ossos nasais, que faz com que a ponta se projete para baixo, temos o nariz adunco, que lembra o bico de uma águia.

Muitas pessoas se sentem incomodadas porque esse tipo de nariz pode deixar a aparência mais envelhecida, além de apresentar uma queda da ponta quando a pessoa sorri. Por esses motivos, o nariz adunco infelizmente pode ser chamado de “nariz de bruxa” por alguns.

Nesse caso, pode ser feita uma rinoplastia de redução para diminuir o tamanho do nariz, que é mais avantajado, e corrigir a queda da ponta.

Para isso, é feito o rompimento do músculo depressor do septo (que conecta nariz e lábios), pois ele é o responsável por esse efeito. Confira mais algumas dúvidas frequentes sobre a rinoplastia.

A importância de um bom cirurgião plástico

Como você pôde perceber, uma rinoplastia não é uma cirurgia que é feita sempre da mesma forma em todos os pacientes, pois suas técnicas variam conforme os traços de cada pessoa.

Dessa forma, para garantir um resultado de alta qualidade, é preciso recorrer a um profissional experiente e especializado, como a Dra. Luciana Pepino. Afinal, esse é um procedimento que deve ser individualizado para cada paciente.

Os diferentes tipos de rinoplastia precisam de um olhar técnico e de um senso estético altamente desenvolvidos por parte do cirurgião. Por isso, se você está pensando em fazer essa cirurgia plástica, não deixe de agendar sua avaliação presencial.

Agende sua consulta com a Dra. Luciana Pepino e tome a melhor decisão!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Paulo disse:

    Qual o valor da consulta ?

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá, Paulo. Para verificar valores de consulta, por gentileza, entre em contato. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-lo. Aqui você encontra nossos contatos: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!