11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Precisa de acompanhante para realizar procedimentos estéticos?

Veja mais sobre procedimentos estéticos

Descubra se existe obrigatoriedade de um acompanhante em procedimentos estéticos

Qualquer tipo de cirurgia, plástica ou não, nos deixa ansiosos e com a vontade de levar alguém de gostamos para nos acompanhar. Os procedimentos estéticos, como são pouco invasivos, nem sempre causam este tipo de tensão pré-procedimento, mas a vontade de levarmos um acompanhante próximo pode ser a mesma.

O mercado da estética nacional e internacional têm crescido exponencialmente durante os últimos anos. Tanto em relação ao número de procura, como na tecnologia e inovação de técnicas e ferramentas. Isso fez com que surgisse quase que uma nova esfera de métodos, os chamados procedimentos estéticos. Mais superficiais e menos agressivos ao nosso corpo, estas técnicas têm o mesmo poder de correção.

A diferença entre procedimento estético e cirurgia plástica

A principal diferença entre os dois termos é que na cirurgia plástica há, necessariamente, uma cirurgia corporal envolvida no processo e na outra, o procedimento estético, os mecanismos utilizados são bem mais simples, superficiais e rápidos. A cirurgia plástica requer a aplicação de uma anestesia, geral ou local, e demanda uma infraestrutura muito mais complexa. Além disso, é comum que o pré-operatório tenha uma série de indicações que vão depender de qual cirurgia específica você fará.

O procedimento estético, por outro lado, é menos invasivo não envolve qualquer tipo de intervenção cirúrgica e pode ser realizado em um consultório médico convencional, sem a necessidade de internação hospitalar. A recuperação desse tipo de interferência médica é mais rápida e com menos possibilidade de complicações no pós-operatório. É importante lembrar, contudo, que por mais que o procedimento estético seja menos complexo, a necessidade de optar por médicos qualificados e experientes é a mesma, ok?

Preciso de um acompanhante em procedimentos estéticos?

Todas estas diferenças começam a solucionar a dúvida ao pensarmos na obrigatoriedade de se levar um acompanhante para o dia do procedimento. Por ser um tipo de técnica que não necessita de cortes, anestesia e internação pós-cirúrgica, levar alguém com você para a realização de um procedimento estético é, na maioria das vezes, opcional. O mais válido nesses casos é conversar abertamente com o profissional escolhido e discutir esta possibilidade.

O acompanhante é importante para nos sentirmos seguros e mais confiantes para o tratamento que será realizado. Contudo, nem sempre a estrutura acompanha 100% nossas necessidades e por isso o diálogo tem que ser considerado. Procedimentos estéticos como fotorrejuvenescimento, tratamentos para celulite, preenchimento com ácido hialurônico e limpeza de pele são exemplos muito procurados e que não necessitam de acompanhante. Ao escolher a melhor opção de procedimento estético para o seu objetivo, pesquise quais são as técnicas mais utilizadas e agende uma consulta com o profissional escolhido para entender a necessidade de um acompanhante ou não, ok?

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).

Deixe aqui seu comentário

*