Pele oleosa: saiba algumas dicas para mantê-la saudável

Cuidados pele oleosa

Manter a pele longe da oleosidade é uma tarefa quase impossível para alguns, mas há meios de melhorá-la

A pele oleosa está entre aquelas que incomodam muitas pessoas. Quem se sente desconfortável com ela, busca a solução em tratamentos para melhorar a textura e evitar que novos cravos e espinhas apareçam, especialmente na região T – queixo, nariz e testa. É uma lutinha básica cuidar desse tipo de pele, mas não impossível. Por mais que seja um problema visto como hereditário, há outros fatores que também contribuem: alterações hormonais, alimentação, variações climáticas e até mesmo o estresse.

Os homens podem até não ser tão ligados aos cuidados da pele oleosa quanto às mulheres, mas há meios para fazer a manutenção. Primeiro de tudo, busque um dermatologista. Antes de usar o sabonete da moda ou cometer o erro de usar o corporal no rosto, marque uma consulta para descobrir qual é seu tipo de pele. Evite comprar qualquer loção só porque estava barato na farmácia, pois podem ocorrer alergias. Por intermédio da consulta, é possível definir o tratamento ideal para deixar o rosto longe dos indesejados cravos e espinhas.

É difícil manter uma rotina de limpeza, ainda mais com a correria do dia a dia. Especialmente se você tiver pele oleosa, um tipo que precisa de cuidados constantes. O ritual sempre será o mesmo: lavagem depois de acordar e antes de dormir. Faça uma limpeza duas vezes ao dia, não mais que isso, pois, em excesso, pode ocorrer à produção de sebo que dá mais oportunidade para as espinhas e os cravos nascerem e se concentrarem. Seja fiel ao tratamento esboçado pelo dermatologista e siga todas as instruções dos produtos.

Dica importante: crie o hábito de lavar o rosto só com água no meio do dia para diminuir a oleosidade.

Cuidados essenciais para a pele oleosa

 

As mulheres precisam de mais cuidados com a pele por usarem maquiagem. É preciso tirá-la por completo, pois assim evita o acúmulo de sujeira que acarreta em mais oleosidade, um detalhe que entope os poros e dá aval para cravos e espinhas. É recomendada uma esfoliação para quem tem pele oleosa, vez ou outra. O uso de protetor solar é essencial, pois evita manchas e controla a oleosidade atiçada pelos raios solares. Junto a isso, uma alimentação saudável é fundamental para manter não só o rosto saudável como o organismo também.

A dica para cuidar da pele oleosa é incluir na dieta alimentos ricos em cálcio e vitaminas A e B2, que ajudam a controlar a oleosidade, favorecem a saúde e a qualidade da pele.

Evite espremer cravos e espinhas, pois a atitude pode acarretar cicatrizes e inflamações. Se eles aparecerem mais que o normal, entre em contato com um profissional. Não esfregue muito o rosto e não abuse dos mais diferentes tipos de esfoliantes na tentativa de melhorar a pele oleosa sozinha, pois isso pode ressecar a região, sem contar os machucados que podem surgir.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).