11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Otoplastia em adultos: o que muda na recuperação?

Otoplastia em adultos

Saiba mais sobre a otoplastia em adultos e entenda o pós-operatório

A otoplastia é uma modalidade de cirurgia plástica realizada nas orelhas e tem como objetivo principal alterar algum aspecto estético na região. 

Esta prática é muito indicada para a correção de orelhas infantis que são mais proeminentes do que o normal, sendo um tipo de deformidade que ocasiona problemas com a autoestima e impacta a vida social. 

Mas se engana quem acha que este procedimento não pode ser realizado depois da infância ou adolescência

Não sendo considerada uma cirurgia puramente estética, a procura pela otoplastia em adultos vem crescendo ano após ano. 

As imperfeições na estrutura das orelhas causam uma desarmonia no rosto facilmente percebida, fazendo com que as pessoas adultas com essa condição se sintam inseguras na socialização. Separamos algumas informações sobre o tema, acompanhe com a gente:

Existe diferença na otoplastia em adultos?

Este procedimento é um dos poucos dentro da cirurgia plástica que é permitido (e recomendado) que seja realizado ainda na infância, a partir dos 6 anos de idade. Nesta idade o desenvolvimento da orelha já está completo e o procedimento pode ser feito sem prejudicar o resultado da correção.

Mas não é apenas nesta idade que esta intervenção estética pode ser feita. A otoplastia em adultos continua sendo indicada, apesar da cartilagem do local já estar com um aspecto menos maleável do que na adolescência, por exemplo. Não existe uma diferença muito grande na realização da cirurgia e os resultados podem ser tão satisfatórios quanto.

A otoplastia em adultos

Como são feitas as correções?

O tempo que o paciente fica na sala de operação da otoplastia em adultos gira em torno de uma hora a 90 minutos. A anestesia é local e as incisões são todas realizadas na parte de trás da orelha a ser remodelada.

A retirada do excesso de cartilagem da orelha acontece de maneira que o resultado seja o mais natural possível.

Normalmente, o paciente recebe alta ainda no mesmo dia, poucas horas depois do procedimento, e só precisa retornar ao consultório para a retirada dos pontos e análise das correções feitas no dia da cirurgia.

Entenda o pós-operatório

Aspecto importante quando pensamos na rotina corrida de pessoas adultas, o pós-operatório da técnica para diminuição da proeminência das orelhas, é relativamente tranquilo apesar de um pouco demorado.

Após a cirurgia, o paciente recebe alta com um curativo compressivo que envolve a área corrigida que só pode ser retirado depois de 24 horas.

Uma faixa de tecido compressiva é obrigatória diariamente no primeiro mês e, neste período, não é permitido fazer atividades físicas.

Esta recomendação é feita para facilitar a cicatrização e o posicionamento exato da orelha. O inchaço da região demora algumas semanas para regredir totalmente e complicações são raras na otoplastia em adultos.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).