(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Harmonização facial mitos e verdades

O que é a harmonização facial?

Harmonização facial consiste em um tratamento estético personalizado que garante resultados satisfatórios e alinhados com as demandas das pacientes.

A harmonização facial é um tratamento que ganha cada vez mais adeptos, como alguns famosos. Entre eles, Alok, Lucas Lucco, Bianca Andrade e muitos outros. A explicação é que esse procedimento oferece bons resultados estéticos, voltados para amenizar sinais de envelhecimento e reduzir aspectos indesejados na aparência.

Assim, o objetivo principal do tratamento é tornar a face mais harmônica e equilibrada a partir de mudanças sutis em diferentes áreas Normalmente, elas podem estar relacionadas com o envelhecimento ou mesmo com as características naturais da paciente.

Então, quer saber o que é harmonização facial, preço do procedimento e outras informações relevantes sobre o assunto? Continue a leitura!

O que é harmonização facial?

Primeiro, saiba que esse procedimento consiste em uma intervenção estética com a mistura de diversas técnicas (microagulhamento, peeling químico etc). Desse jeito, é possível realçar características positivas, alinhar e corrigir outros ângulos que incomodem o paciente.

Quais procedimentos fazem parte da harmonização facial?

Um dos principais diferenciais da harmonização facial é o tratamento ser sempre personalizado às necessidades individuais, de forma que o cirurgião plástico faz uma avaliação para determinar as insatisfações da paciente e as condutas mais apropriadas.

Com isso, os tratamentos de harmonização facial sempre consideram as necessidades específicas da paciente, aumentando as chances de resultados estéticos mais satisfatórios. A seguir, conheça quais procedimentos podem ser realizados.

Aplicação de toxina botulínica

A toxina botulínica, conhecida popularmente como Botox, é um dos procedimentos principais em tratamentos de harmonização facial motivados pelo envelhecimento do rosto em decorrência de rugas dinâmicas e linhas de expressão.

A substância aplicada no tecido subcutâneo promove uma paralisia temporária e controlada da musculatura facial, amenizando os sinais relacionados com os movimentos do rosto.

Aplicação de ácido hialurônico

O ácido hialurônico é um dos principais preenchedores usados em tratamentos faciais. Ele é recomendado, por exemplo, para amenizar o bigode chinês, melhorar o contorno corporal e também em tratamentos de rinomodelação (nariz) e preenchimento labial.

Carboxiterapia

A carboxiterapia é um tratamento que consiste na aplicação subcutânea de gás carbônico promovendo melhora da microcirculação sanguínea e oxigenação das células.

Na harmonização facial, a carboxiterapia é indicada para amenizar olheiras e cicatrizes, diminuir a flacidez das pálpebras, estimular o crescimento capilar e promover rejuvenescimento da face.

Peeling químico

O peeling químico também pode ser um aliado em tratamentos de harmonização facial, pois, a depender da profundidade do procedimento e substâncias usadas, ele pode amenizar diferentes sinais.

Em geral, essa abordagem é indicada para amenizar manchas e melasmas na face, reduzir a flacidez, diminuir cicatrizes de acne, melhorar a oleosidade do rosto e suavizar as rugas.

Microagulhamento

O microagulhamento é um dos tratamentos indicados para estimular a produção de colágeno e elastina pelo organismo que inicia um processo de cicatrização em decorrência do uso de finas agulhas para causar uma abrasão controlada.

Esse tratamento é indicado principalmente para amenizar a flacidez da pele e o excesso de rugas.

Fios de sustentação

Conhecido por seu efeito lifting sem cirurgia, o uso de fios de sustentação inclui a aplicação subcutânea de fios de ácido polilático com cones que fazem a tração da pele para deixá-la mais firme.

Além dos resultados da tração, conforme os fios são absorvidos pelo organismo, ele estimula a produção de colágeno e elastina, também contribuindo na amenização da flacidez no longo prazo.

Existem diversos outros procedimentos que podem ser incluídos em um tratamento de harmonização facial como radiofrequência, tratamento com lasers, placa dentária, bichectomia e outros.

Qual é o preço de uma harmonização facial?

Esse procedimento pode custar entre R$ 3.060 e R$ 13.600 em clínicas de maior renome, segundo dados de 2022. No entanto, esse valor pode ser maior ou menor, conforme o nível de experiência do médico, quantidade de produto necessária, marca do preenchedor etc.

Em outras palavras, algumas pessoas podem buscar a harmonização facial para efetuar pequenas intervenções. Enquanto isso, outras preferem uma mudança completa, o que exige maior aplicação de produto. Por isso, não se pode estipular um preço fixo para a harmonização facial.

De todo modo, a escolha da transformação na aparência com auxílio da harmonização facial não pode ser feita apenas pelo paciente. O médico precisa avaliar cada pessoa para que, conjuntamente, seja tomada a melhor decisão, conforme os desejos do paciente e a expertise do profissional.

Existe idade mínima para fazer harmonização facial?

Não existe idade mínima para seguir com esse procedimento estético. Em geral, a harmonização facial é indicado para todas as pessoas em busca de uma aparência mais proporcional e rejuvenescida.

Contudo, a harmonização facial costuma ser mais recomendada a partir dos 30, devido a maior propensão do surgimento de rugas, olheiras, lábios finos etc.

Qual é a diferença entre harmonização facial masculina e feminina?

As características anatômicas de mulheres e homens se diferem. Logo, o objetivo e o resultado da harmonização facial em cada um desses públicos também tende a ser diferente. Por exemplo, é comum que o público feminino busque traços suaves e delicados.

Por outro lado, o público masculino comumente deseja uma aparência com contornos e expressões mais definidos e evidentes, como o maxilar. Diante disso, é provável que os homens recebam aplicação de toxina botulínica e ácido hialurônico, responsáveis por formar ângulos mais marcados.

Como é a recuperação da harmonização facial?

A recuperação desse procedimento estético costuma ser rápida e simples. Afinal, não se trata de uma cirurgia plástica que modifica a aparência de alguém. Ainda assim, é natural que o rosto fique inchado nos primeiros dias, devido à aplicação de agulhas e outras técnicas.

Outro sintoma comum é a vermelhidão, principalmente em pacientes com pele sensível e conforme o tipo de procedimento adotado. No entanto, nenhum dos sintomas citados precisa de licença ou limitação nas atividades do dia a dia.

Entretanto, é fundamental proteger a pele contra a exposição solar para evitar manchas. Afinal, procedimentos como microagulhamento, peeling químico e outros podem causar isso. Outra recomendação é evitar tocar no rosto ou fazer alguma massagem facial, que pode afetar a aplicação das substâncias.

Então, tirou suas principais dúvidas sobre harmonização facial? O ideal é que o caso seja avaliado por um cirurgião plástico de confiança. Assim, ele pode compreender suas insatisfações e definir qual conjunto de técnicas é mais apropriado para entregar os resultados estéticos almejados.

Sentiu interesse em realizar uma harmonização facial? Entre em contato conosco para conhecer nossos profissionais e agendar sua consulta com alguém de confiança!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe seu contato


Leia Também

Carregando...

Assine nossa newsletter

Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

whatsapp