Na luta pela saúde e boa forma

Quem nunca se deparou assistindo na TV, uma luta de boxe ou luta livre? Ou quem não conhece um amigo que seja “chegado” no muay thai, judô ou taekwondo? Pois é, a prática parece fazer parte das preferências masculinas e agora, também das mulheres. E longe do que algumas pessoas pensam, a luta não é sinônimo de violência, e sim, de atividade física que melhora a saúde do corpo e da mente.

Além de proporcionar fortalecimentos dos músculos, visivelmente nas pernas e nos braços e deixar a barriga “tanquinho”, a luta trabalha o psicológico do indivíduo. As artes marciais, como o karatê e judô possibilita a concentração, disciplina, respeito para com os outros. O objetivo dessas lutas é de desenvolver o caráter do indivíduo e não a violência. Tanto é assim, que as lutas têm regras rígidas para impedimento de agressões.

As lutas também aceleram o metabolismo, o que faz com que a queima de calorias aconteça de forma mais rápida; aumentam a força e trazem equilíbrio. E aliado a outros fatores, como o controle da alimentação, o exercício físico ajuda a evitar a redução de testosterona, um hormônio masculino, que diminui com a velhice e pode ser reduzido pela obesidade e estilo de vida.

E as mulheres também têm visto nas lutas uma forma para “desestressar”, emagrecer e relaxar. O MMA, abreviação do inglês que significa Artes Marciais Mistas, trabalha todo o corpo; já o boxe trabalha panturrilhas, braços, abdômen, costas, ombros e braços. Mas, se seu objetivo for trabalhar corpo e mente juntos, o muay thai e o kung fu são os ideais. O primeiro desenvolve agilidade e concentração, além de modelar os membros inferiores e superiores. O segundo, desenvolve força, precisão, respiração e exercita a parte superior da coxa e glúteo.

A verdadeira luta diária é contra o excesso de peso e o estresse. Faça atividades físicas regularmente, mas antes, procure por um médico e não se descuide da saúde.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).