Menu

Muito além dos cabelos: Já conhece o óleo de rícino?

Conheça os benefícios do óleo de rícino.

O óleo de rícino já é vastamente utilizado para tratar ou curar uma série de doenças, sendo bastante popular por tratar prisão de ventre. Para quem ainda não o conhece, ele é proveniente da semente da mamona e composto por ácidos graxos. Acredita-se que esses ácidos sejam os grandes responsáveis por todas as propriedades curativas que o óleo apresenta. Sua planta, mamona, é oriunda da Índia e também pode ser conhecida como “Palma de Cristo” – exatamente pela similaridade com a mão de Cristo.

O óleo já foi usado na China, na Grécia, no Egito, na Europa e, agora, tem tratado a pele e o cabelo de milhares de brasileiras. Quanto ao seu óleo, não há nenhum perigo, no processo de industrialização, todo o veneno da planta é eliminado e só são aproveitadas suas propriedades benéficas. Veja abaixo os principais benefícios do óleo de rícino!

Fortalece e ajuda no crescimento dos fios

O óleo de rícino contém vitaminas e minerais que ajudam no crescimento dos fios, ativando a circulação da região capilar e promovendo ações anti-fúngicas e anti-bacterianas. Esse óleo milagroso também diminui as caspas e recupera o brilho dos fios, ajudando a mantê-los sempre hidratados. Quem usa o óleo de rícino com regularidade aumenta, comprovadamente, a saúde, o brilho e o movimento de seus fios.

Elimina calos

O óleo de rícino ajuda a suavizar a acumulação de pele morta de nosso corpo – geralmente em regiões como pés e mãos. É preciso molhar um algodão no óleo e passa-lo sobre a área afetada. Depois disso, basta cobrir a área com um curativo e vestir meias para que ele se mantenha no local. Fazendo isso todas as noites e dormindo com o curativo, será possível notar a evidente suavização do calo em alguns dias.

Alivia a dor da artrite

Se você sofre de artrite, o óleo de rícino pode ser uma alternativa para aliviar seus sintomas. Coloque duas ou três colheres (sopa) do óleo na panela e deixe que aqueça por alguns minutos. Após isso, molhe um algodão no óleo e aplique-o sobre a região afetada pela artrite. Vale lembrar que, se a área estiver seriamente inflamada, não é recomendável o uso do óleo de rícino para essa finalidade.

Trata a pele

O óleo de rícino também trata as complicações da pele do corpo, sendo um excelente hidratante! Esse óleo é vastamente utilizado em cremes e outros produtos cosméticos (loção, sabonete, pomada, etc.), e ajuda a proteger a derme contra ressecamento, herpes, dermatites, úlceras leves, feridas, queimaduras e descamações. É também um potente agente saponificante e compõe a fórmula de xampus. Se você quiser misturar o óleo em cremes, xampus e hidratantes para maximizar seus efeitos, além de obter todos os benefícios que o óleo de rícino oferece para o corpo, fique à vontade. Ele só vai somar!

Restaura as unhas

Quem tem unhas frágeis e quebradiças poderá ser bastante beneficiada pelo uso do óleo de rícino. Basta aplicar o óleo em todas as unhas, com a ajuda de um algodão, ou despejar algumas gotas do óleo no esmalte. Sendo uma incrível fonte de vitamina E, ele aumenta ainda mais a beleza das unhas.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).