11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Mitos e verdades sobre a abdominoplastia que você não sabia

abdominoplastia

A abdominoplastia é cercada por diversos mitos que acabam por gerar medos e receios infundados nas pessoas que sonham em fazer esse procedimento. Trata-se de uma cirurgia que tem por objetivo a retirada de gordura e pele em excesso, a fim de recuperar a firmeza dos músculos do abdômen, além de proporcionar um aspecto liso e moldado.

Essa cirurgia pode ser feita em homens e mulheres que desejam melhorar a aparência e os contornos dessa região. Para isso, o cirurgião plástico avalia a condição do paciente, verificando o acúmulo de gordura abdominal e o excesso de pele. A cirurgia é feita com uma incisão horizontal e outra vertical, que possibilitam a modificação da parte externa e interna do abdômen para a sua remodelagem.

Contudo, antes de optar por esse tipo de procedimento, é importante obter informações sobre os diferentes aspectos que envolvem a cirurgia e afastar eventuais receios que possam inibir a sua realização.

Neste artigo, você vai conhecer os principais mitos e verdades sobre a abdominoplastia. Veja quais!

Abdominoplastia e lipoaspiração são procedimentos iguais

Mito. Um grande mito sobre a abdominoplastia é a comparação indevida com a lipoaspiração. Trata-se de procedimentos complementares, que oferecem resultados diferentes e não precisam ser feitos juntos. A abdominoplastia remove a gordura, elimina o excesso de pele e reconstrói a parede abdominal. Já a lipoaspiração melhora o contorno corporal, por meio da sucção de gordura.

É possível fazer a abdominoplastia várias vezes durante a vida

Mito. Como esse procedimento remove uma grande quantidade de pele, não é possível fazê-lo mais de uma vez. Isso porque o tecido epitelial tem uma capacidade limitada para se esticar. Assim, uma vez feita a cirurgia e moldado o local, a pele se reposicionará naturalmente e não poderá mais ser alterada.

Pessoas acima do peso podem fazer a abdominoplastia

Mito. O desejável para fazer essa cirurgia é que a pessoa esteja com o seu peso ideal. Isso é importante para que o resultado seja totalmente satisfatório. Entretanto, estar acima do peso não elimina a possibilidade de fazer a cirurgia. As pessoas que se encontram com sobrepeso podem realizar o procedimento, porém, elas já devem estar em um processo de emagrecimento. Dessa forma, é possível garantir que, após o procedimento e sua recuperação, elas voltem a um peso próximo do ideal para cada caso.

Abdominoplastia não emagrece

Verdade. A abdominoplastia não substitui a perda de peso conseguida por meio de um programa de rotina de exercícios físicos e alimentação adequada. O que ocorre é que a pessoa perde peso com a retirada do excesso de gordura e pele, mas se não tiver cuidados após a cirurgia, poderá engordar.

É preciso ter cuidado para não engordar no pós-operatório

Verdade. A abdominoplastia é um procedimento que altera o contorno corporal e, caso o paciente ganhe peso após a modelagem, a cirurgia pode perder seu efeito. Para evitar que isso ocorra, é preciso ter cuidados no pós-operatório, que demanda tempo e uma alimentação regrada, principalmente porque a pessoa não poderá fazer exercícios físicos por um período, o que ajudaria na manutenção do peso.

Cada corpo tem características individuais e os resultados podem variar

Verdade. As cirurgias plásticas não proporcionam um resultado padrão, pois dependem das características individuais que as pessoas apresentam. Por isso, antes de optar por um procedimento, é importante considerar que o seu biotipo não é o mesmo que o da sua referência.

O pós-operatório é melhor no frio

Verdade. Essa afirmação está relacionada ao uso obrigatório de malhas compressivas no pós-operatório da abdominoplastia. Nesse sentido, é comum que as pessoas se sintam mais incomodadas com elas em temperaturas mais quentes. Para evitar desconfortos térmicos, é aconselhável programar a cirurgia para uma época mais fria do ano.

Além disso, é importante que, no período de recuperação, você possa contar com a ajuda de amigos e familiares. Isso porque o pós-cirúrgico requer repouso quase que absoluto nas primeiras semanas, bem como cuidados com a limpeza e a manutenção dos curativos.

Abdominoplastia não retira estrias

Mito. As estrias se referem a cicatrizes formadas quando ocorre destruição de fibras elásticas e colágeno. Em geral, elas são provocadas por um estiramento da pele. Dessa forma, as linhas ficam aparentes devido à redução da espessura da derme e da epiderme.

É possível atenuá-las ou removê-las pela abdominoplastia apenas quando se encontram localizadas nas áreas onde a pele em excesso será removida, especialmente abaixo do umbigo. Já as que se encontram acima dessa região, ou em outros locais, não podem ser retiradas por meio da cirurgia.

Não pode engravidar após a abdominoplastia

Mito. Essa é uma visão equivocada e muito comum, já que a impressão é que o bebê não conseguirá se desenvolver perfeitamente. Entretanto, é necessário esperar por, pelo menos, dois anos, para a pele recuperar a elasticidade e não formar estrias durante a gestação.

De qualquer forma, considerando as características individuais, é importante observar que a gravidez pode provocar a perda dos resultados alcançados pela cirurgia, em diferentes graus. Se essa for uma preocupação para você, pense em deixar para fazer o procedimento após a gravidez.

A abdominoplastia dura para sempre

Mito. Mesmo o corpo passando por um processo de transformação e envelhecimento, o abdômen das pessoas que fizeram a cirurgia sempre estará muito melhor em relação às que não passaram pelo procedimento. Entretanto, embora a abdominoplastia tenha um grande poder de modelação corporal, garantindo um novo formato, é fundamental ter cuidados essenciais.

Nesse sentido, é preciso manter a nova forma com exercícios físicos e alimentação saudável, uma importante aliada da cirurgia plástica. Caso contrário, a pessoa pode engordar em outras regiões, além do abdômen, causando diversos tipos de deformação no corpo.

Como vimos, a abdominoplastia é cercada por mitos e verdades, sendo importante obter informações para entender melhor sobre o procedimento e conseguir avaliar, com base em conhecimentos, se vale a pena ou não se submeter a ele. Além disso, antes de optar por uma cirurgia plástica, é importante consultar um cirurgião plástico qualificado e experiente para esclarecer qualquer dúvida.

Gostou deste artigo? Então, curta a nossa página no Facebook e acompanhe todas as postagens sobre abdominoplastia e outras cirurgias plásticas!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Carmem Lima disse:

    Muito bom e esclarecedor essa mensagem da Dra.
    Será um sonho um dia realizar essa cirurgia.