(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
proecedimento mamario

Mastopexia e mamoplastia: quais as principais diferenças?

Entenda quais são as diferenças e indicações da mastopexia e da mamoplastia e quando essas cirurgias plásticas podem ser associadas

Ao ponderar sobre cirurgias plásticas para estética dos seios muitas pacientes ficam com dúvidas sobre as diferenças e indicações da mastopexia e da mamoplastia.

Entender como cada cirurgia plástica é realizada é fundamental para selecionar o procedimento mais adequado às suas necessidades. Saiba mais a seguir!

Como é feita a mastopexia?

A mastopexia é a cirurgia plástica para elevação das mamas visando reverter o caimento normal e o excesso de flacidez da região.

Na mastopexia é realizada uma incisão no entorno da aréola e no sulco mamário, o que viabiliza reposicionar a aréola e remover o excesso de pele.

Durante o planejamento da cirurgia plástica é também considerada a simetria das mamas, mas o objetivo não é promover alterações no tamanho dos seios, a mesmo que para corrigir esse tipo de desarmonia.

Como é feita a mamoplastia?

A mamoplastia pode ser de aumento ou redutora, de acordo com as necessidades da paciente.

Na mamoplastia de aumento é feita uma incisão cirúrgica – que pode ser na axila, no entorno da aréola ou no sulco mamário – para colocação da prótese de silicone.

Nesse procedimento o objetivo é aumentar o volume mamário e também podem ser corrigidas assimetrias com tamanhos diferentes de próteses.

Na mamoplastia redutora é realizada a remoção do excesso de glândulas mamárias e tecidos, como pele e gordura, para diminuir o tamanho natural dos seios.

Durante a cirurgia pode ser feita uma incisão no entorno da aréola para reposicionamento da estrutura, caso ela esteja esteticamente insatisfatória à paciente.

Assim, a mamoplastia é o procedimento voltado a alterações no tamanho das mamas, sendo possível tanto aumentá-la, como reduzi-la de acordo com as necessidades do quadro.

Quando as cirurgias plásticas são indicadas?

mulher medindo seus seios

A mastopexia é indicada para pacientes com tamanho satisfatório e proporcional das mamas, mas que estão incomodadas com o excesso de flacidez que pode ser causada devido ao efeito sanfona, amamentação ou processo natural de envelhecimento devido à redução do colágeno e efeito da gravidade.

Já a mamoplastia vai ser indicada para pacientes que desejam alguma alteração no tamanho das mamas, seja para aumentar ou diminuir.

Uma possibilidade é a associação dos tratamentos. A mastopexia em conjunto com a mamoplastia de aumento, por exemplo, permite remover o excesso de flacidez e fazer a colocação da prótese de silicone para obter mamas mais volumosas e firmes.

Também é possível associar a mastopexia com a mamoplastia redutora, caso no qual além de corrigir a flacidez mamária, promovendo um efeito lifting, o procedimento inclui a remoção de outros tecidos para diminuir o tamanho natural das mamas.

Como decidir pela cirurgia das mamas?

É fundamental que ao identificar uma insatisfação estética com a estética das mamas, a paciente busque auxílio do cirurgião plástico para definir qual a técnica mais indicada ao caso.

Apesar de não ser uma regra, a mastopexia é mais comum em pacientes a partir da meia idade que já sofrem com a flacidez.

Mesmo com essa indicação, a avaliação especializada é crucial para uma decisão mais segura e satisfatória.

Da mesma forma, o cirurgião plástico poderá orientar quanto à associação da mastopexia com a mamoplastia, seja redutora ou de aumento, a depender do quadro. Agende uma consulta e saiba mais!

https://sbcp-sc.org.br/artigos/qual-e-diferenca-entre-mamoplastia-de-aumento-e-mastopexia/

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.