11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Mamoplastia híbrida: o que é?

Você sabe o que é mamoplastia híbrida?

Embora pareça um procedimento novo, essa técnica já era utilizada antigamente para outras regiões do corpo. Entenda!

Você já ouviu falar em mamoplastia híbrida? Essa técnica aparentemente nova tem chamado a atenção de muitas mulheres ao redor do mundo, justamente pela combinação de procedimentos. 

Isso porque, trata-se de uma associação de técnicas que tem como principal objetivo oferecer para as pacientes um resultado mais natural e harmônico, promovendo maior satisfação estética às mulheres. 

Mas afinal, como funciona esse tipo de cirurgia e em quais casos ela é indicada? 

A resposta para essa e outras dúvidas relacionadas ao procedimento você pode encontrar no nosso conteúdo a seguir! 

O que é a mamoplastia híbrida?

Basicamente, a mamoplastia híbrida é a combinação de técnicas para aumentar o volume dos seios de forma a proporcionar um melhor contorno estético para as pacientes. 

Para isso, são utilizadas as seguintes técnicas de aumento: a prótese de silicone e a lipoenxertia em locais específicos com a gordura da própria paciente. 

Embora muitas pessoas acreditem se tratar de um procedimento novo, essa técnica já é conhecida há algum tempo, mas vinha sendo utilizada somente na região dos glúteos. 

Como é feito o procedimento?

Inicialmente, a paciente passa por um processo de retirada da gordura que será utilizada para dar mais volume às mamas

Normalmente, isso acontece em áreas em que a paciente possui um excesso de gordura localizada e que já desejava se livrar dele.

Essa gordura então é preparada através de um moderno método – Puregraft – para que possa ser enxertada de volta ao corpo, mais precisamente ao redor do tecido mamário para compor o volume dos seios. 

Neste processo, são utilizadas cânulas bem finas, desenvolvidas especificamente para auxiliar no procedimento. 

Em quais casos a mamoplastia híbrida é indicada?

De maneira geral, a mamoplastia híbrida é recomendada para as mulheres que desejam aumentar o volume dos seios, mas buscam alternativas mais naturais para alcançar tal objetivo. 

Essa técnica, também pode ser realizada por pacientes que já tenham implante de silicone, mas queiram aumentar ainda mais os seios, sem precisar passar por um procedimento de troca da prótese. 

Além disso, alguns especialistas acreditam que a técnica é ideal para mulheres magras sem qualquer volume mamário que não desejam mudanças drásticas na aparência, conquistando apenas um volume e contorno com o procedimento. 

Da mesma forma, assimetrias que não podem ser corrigidas com implantes de tamanhos diferentes são beneficiadas com o enxerto de gordura localizada removida de outras áreas.

O pós-operatório é o mesmo que o da mamoplastia de aumento convencional?

Por se tratar da própria gordura da paciente, a recuperação da mamoplastia híbrida costuma ser mais rápida e menos dolorida do que uma mamoplastia de aumento convencional. 

Na maioria dos casos, as pacientes podem retomar as atividades em cerca de uma semana após a realização do procedimento, se não houver nenhuma complicação. 

As atividades físicas, no entanto, deverão ser retomadas após cerca de 30 dias ou segundo orientações médicas. 

Vale lembrar que trata-se de uma cirurgia plástica e portanto, deve ser realizada por um profissional de confiança devidamente qualificado e credenciado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).