Mamoplastia de aumento: em quais casos é indicada?

Mulher em jardim

Recomendações da mamoplastia de aumento devem ser conversadas com cirurgião plástico de confiança!

A mamoplastia de aumento está entre os procedimentos estéticos mais realizados no Brasil. No entanto, antes de optar pela cirurgia plástica é preciso conhecer para quais casos ela é indicada.

A recomendação da mamoplastia é muito relacionada com o desejo da paciente, entretanto, uma consulta com o cirurgião plástico é essencial para verificar se os anseios da mulher podem ser alcançados com a técnica.

A seguir conheça em quais situações a mamoplastia de aumento é indicada e também como é realizado o procedimento.

Quando a mamoplastia de aumento é indicada?

Destaca-se inicialmente que a recomendação da cirurgia plástica para implantação de prótese de silicone só deve ser feita quando a paciente apresenta condições físicas e emocionais estáveis.

Essa avaliação deve ser feita pelo cirurgião plástico ao solicitar exames clínicos que antecedem o procedimento, assim como com o próprio diálogo com a paciente pelo qual será possível compreender as motivações e expectativas.

Além dessa avaliação inicial, algumas situações estão mais relacionadas com as indicações da mamoplastia de aumento. Conheça-as a seguir!

Assimetrias

O crescimento assimétrico ou anormal das mamas é um dos primeiros motivos que justificam a colocação de prótese após o desenvolvimento mamário completo, o que ocorre, em geral, acima dos 15 anos de idade.

Essas assimetrias podem ser mais sutis ou não, fazendo com que o volume de cada mama seja desproporcional e exija o implante de próteses mamárias de tamanhos diferentes para torná-las simétricas.

Insatisfação com o volume das mamas

A insatisfação com o volume das mamas é um dos motivos que mais levam às mulheres a realização da cirurgia plástica. Destaca-se nesse caso que o desconforto é muito pessoal.

Dessa forma, uma mulher pode estar insatisfeita com o volume das mamas mesmo tendo seios maiores do que outras mulheres com seios menores, mas que estão satisfeitas com eles, por exemplo.

Por essa razão, o especialista avalia os desejos da paciente previamente e faz a recomendação para que o volume da prótese escolhida proporcione um resultado natural e harmônico com o restante do corpo.

Perda de volume mamário após amamentação

Em geral, a perda de volume das mamas após a amamentação também está relacionada com a flacidez em excesso, o que pode motivar a realização do implante mamário juntamente com a técnica de mastopexia.

A mastopexia tem como objetivo reduzir a flacidez da mama ao retirar o excesso de gordura e pele que se acumula na região. Associada com a mamoplastia de aumento o resultado é uma mama mais elevada, firme e volumosa.

Após mastectomia

A mastectomia é o procedimento pelo qual ocorre a retirada completa das mamas, sendo realizada principalmente como parte do tratamento de câncer de mama.

Cada vez mais mulheres submetem-se a mastectomia preventivamente quando exames revelam uma elevada tendência ao desenvolvimento da doença. Nesses casos, a retirada das mamas reduz em até 95% as chances de desenvolver a patologia.

Tanto como parte do tratamento oncológico ou como solução preventiva, a colocação da prótese de silicone é uma opção para que as mulheres submetidas à mastectomia não tenham perda do volume mamário.

Traumas psicológicos decorrentes da aparência das mamas

Mulher sentada em banco

A insatisfação da mulher com o tamanho das mamas pode ter consequências psicológicas graves em alguns casos, podendo ser relacionada com traumas, como:

  • ansiedade;
  • depressão;
  • baixa autoestima;
  • fobia social.

Essas ocorrências estão relacionadas a casos de mulheres que se sentem culpadas ou infelizes pelo tamanho das mamas, principalmente devido um padrão social que faz com que o tamanho das mamas seja relacionado com feminilidade e sensualidade.

Nesses casos, o tratamento estético deve ser associado ao acompanhamento psicológico, sendo que o especialista buscará entender se a mulher deseja o procedimento por razões pessoais ou sociais.

Ainda que não impeça a realização da técnica, recomenda-se que uma intervenção estética só seja feita se for desejo pessoal da paciente e não como opção para agradar terceiros.

Quando houver clareza nas expectativas

Em todas as situações anteriores nas quais a mamoplastia de aumento é recomendada um elemento central é a clareza e realismo nas expectativas da paciente.

O procedimento deve ser realizado para buscar um corpo mais harmonioso, evitando exageros que podem, inclusive, serem prejudiciais à saúde. É conhecido entre os especialistas que a mamoplastia pode apresentar resultados diferentes entre as pacientes.

Dessa forma, apenas com a avaliação do cirurgião plástico será possível identificar se as expectativas são realistas, evitando que a paciente fique decepcionada com o resultado alcançado com a mamoplastia de aumento.

Como é realizado o procedimento?

A cirurgia para colocação de prótese de silicone tem duração entre uma e duas horas utilizando anestesia local com sedação ou geral.

De acordo com as características físicas e tipo de prótese o cirurgião fará uma incisão axilar, periareolar ou infra mamária. Em seguida ele vai limpar e cauterizar a região, evitando sangramentos, e fazer a colocação e posicionamento da prótese.

Para melhor cicatrização as camadas são fechadas uma por uma, utilizando ponto para fechamento da gordura e pele, cola cirúrgica na parte externa e fita micropore na cicatriz.

Por fim, será colocado o sutiã cirúrgico que também contribui para melhorar a cicatrização da cirurgia e deverá ser usado no pós-operatório da mamoplastia.

A cirurgia de aumento mamário é uma técnica invasiva e, apesar de não ser de alta complexidade, exige um profissional apto e qualificado para avaliar a paciente previamente e conduzir o procedimento.

Assim, após verificar se a mamoplastia de aumento é indicada para o seu caso, agende uma consulta e converse com um cirurgião plástico de confiança para determinar se a técnica pode atender suas expectativas estéticas e emocionais.

 

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).

Deixe aqui seu comentário

*

  1. Fernanda Freitas de melo disse:

    Gostaria de saber como faço pra marcar uma consulta com a Dra Luciana pra tirar minhas dúvidas sobre cirurgia plástica e saber qual procedimento é o mais indicado pra mim

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá Fernanda. Será um prazer recebê-la. Para verificar disponibilidade de consulta, por gentileza, entre em contato. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Aqui você encontra nossos contatos: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!