11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Lipo HD: como devo me preparar para a cirurgia?

lipo hd

Lipo hd é uma técnica cirúrgica utilizada para melhorar os contornos musculares, sendo ideal para ressaltar e definir músculos peitorais, das costas, abdômen, coxas e glúteos

A Lipo HD é a evolução da técnica de lipoaspiração clássica que conhecemos. A grande inovação é a possibilidade de definir os contornos musculares de várias regiões do corpo, como o abdômen, que após a remodelação da musculatura, apresenta definição, com os “gominhos” aparentes.

O termo “hd” desse modelo de lipoaspiração, significa “high definition”, em tradução livre “alta definição. Além de retirar a gordura localizada, essa técnica amplia visualmente o aspecto tonificado dos músculos abdominais. Os resultados podem ser excelentes, mas isso depende essencialmente de cuidados antes e após o procedimento.

Neste artigo, você vai saber como se preparar para esta cirurgia, como ela é realizada e o que precisa ser feito no pós-operatório para garantir a continuidade dos efeitos obtidos. Continue a leitura para saber mais!

Para quais casos a Lipo HD é indicada?

Esse tipo de lipo pode ser realizado por homens e mulheres que desejam definir contornos musculares, em diversas regiões do corpo, como abdômen, costas, peito, glúteos e coxas. Contudo, não é indicado para pessoas que desejam emagrecer.

É fundamental observar que a cirurgia só deve ser feita por um cirurgião plástico com qualificação e experiência comprovada. Da mesma forma, o ambiente utilizado para o procedimento deve atender às normas de higiene, ter uma equipe capacitada e apresentar segurança adequada.

Como devo me preparar para a cirurgia?

O pré-operatório da Lipo HD é fundamental para garantir bons resultados. Ele se inicia com as consultas nas quais o cirurgião e sua equipe médica analisam a localização exata da operação, entendendo como estão as condições de pele da região, a quantidade de gordura e o grau de definição que a lipo precisará alcançar.

Caso o paciente seja fumante, é necessário não se expor ao tabaco no mês que antecede a cirurgia, já que o cigarro prejudica a circulação sanguínea. Além disso, é preciso realizar um jejum de 8 horas no dia agendado para a cirurgia e não utilizar maquiagem, joias ou qualquer tipo de bijuterias.

Também é importante comunicar ao médico qualquer problema de saúde, como doenças pré-existentes, gripes e resfriados. Esse cuidado é necessário para o médico saber o que precisa ser feito para não prejudicar o processo de recuperação.

Por isso, é comum que sejam solicitados exames pré-operatórios de sangue, urina, funções cardíacas e exames de imagem. Os resultados são analisados pelo médico e pelo anestesista. Caso esteja tudo correto, a cirurgia é autorizada, significando que pode ser realizada sem qualquer risco.

Quais são os exames de sangue solicitados?

Os exames de sangue são fundamentais para identificar a capacidade de coagulação do organismo, existência de alergias, condições imunológicas e níveis de açúcar. Para isso são solicitados os seguintes testes laboratoriais:

  • hemograma — para verificar quantidades de hemácias, leucócitos e plaquetas;
  • coagulograma, que verifica a capacidade de coagulação da pessoa e, assim, identificar o risco de grandes sangramentos durante o procedimento;
  • glicemia em jejum — identifica os níveis de glicose no sangue. Quando elevados, podem aumentar o risco de infecções;
  • ureia e creatinina no sangue — importante para avaliar as funções renais;
  • anticorpos (IgE e IgE total) — para verificar se o paciente tem algum tipo de alergia e se o sistema imunitário se encontra preservado.

Quais exames de urina são necessários?

O exame de urina é importante para verificar possíveis alterações renais e a presença de infecções. Por isso, o cirurgião solicita o exame de urina tipo 1 (EAS) que avalia os seguintes aspectos:

  • macroscópicos — analisa odor e cor;
  • microscópicos — identifica presença de células epiteliais, leucócitos, cristais e microrganismos;
  • ph (potencial hidrogeniônico) — verifica o grau de alcalinidade, acidez ou neutralidade, servindo para identificar doenças renais e presença de bactérias;
  • densidade — avalia a concentração das substâncias sólidas na urina, como sais minerais.

Além disso, o exame permite verificar a presença de substâncias na urina, como cetonas, bilirrubina, glicose e proteínas. Essas informações são importantes para identificar alterações nos rins e no fígado.

Em geral, o cirurgião plástico também solicita uma urocultura, exame microbiológico que verifica a presença de microrganismos responsáveis por infecções.

Isso é importante, pois caso haja suspeita de alguma infecção, é preciso iniciar um tratamento específico para evitar o risco de complicações durante a cirurgia.

Qual exame é necessário para avaliar o coração?

Normalmente, o exame solicitado para avaliar as funções cardíacas é o eletrocardiograma (ECG), que verifica a atividade elétrica do órgão, analisando o ritmo, velocidade e quantidades de batidas do coração.

Trata-se de um exame rápido, com duração média de 10 minutos, que não causa dor e não exige preparo, possibilitando a identificação de qualquer anormalidade cardíaca.

É preciso alterar a alimentação antes da lipo?

Sim, a dieta deve ser saudável para ajudar no fortalecimento do organismo e auxiliar no bom andamento da cirurgia, assim como na boa recuperação. Isso inclui a ingestão de:

  • água — 2 a 3 litros por dia;
  • azeite de oliva;
  • fibras: arroz e macarrão integral, legumes, vegetais e frutas;
  • oleaginosas: castanhas, nozes, pistache, amêndoas e avelãs;
  • proteínas: aves, carnes magras, peixes (salmão) e ovos.

Quais exames de imagem são necessários?

Normalmente são solicitados os exames de ultrassonografia de abdômen total e da parede abdominal, a fim de identificar a presença de hérnias e diástase no abdômen (afastamento anormal dos músculos abdominais). Para a realização desses exames não é necessário qualquer tipo de preparo.

Como é feita a Lipo HD?

O primeiro passo da Lipo HD é o de realizar as marcações exatas na pele do paciente, é nesta hora que os músculos são delimitados para que o cirurgião consiga ressaltá-los na operação. A anestesia pode variar conforme a localização da região a ser trabalhada e o que fará a sucção da gordura localizada são as mesmas cânulas da lipo tradicional.

Existe, contudo, um limite de gordura a ser retirado do paciente, podendo chegar a 7% do peso corporal. A cirurgia leva em torno de 1 a 3 horas para ser realizada e seus riscos são baixos, sendo uma ótima opção para quem já está com a saúde em dia. Seu pós-operatório demanda cuidados bastante específicos.

Como é o pós-operatório?

O pós-operatório da Lipo HD inclui o uso de um molde para compressão do corpo. O objetivo é que as novas formas fiquem mais evidentes e a recuperação seja mais rápida. Em geral, após duas semanas do procedimento o paciente pode voltar para as atividades regulares, como trabalhar e dirigir, com retorno gradual da atividade física.

É importante observar que o resultado definitivo só é visível após 10 meses, quando o corpo estará totalmente desinchado. Contudo, após 3 meses já é possível verificar os novos delineamentos. Mas, para manter a nova forma, é preciso continuar com uma alimentação balanceada e rotina de exercícios, a fim de evitar o ganho de peso.

Como vimos, a Lipo HD exige exames e cuidados pré-operatórios, importantes para impedir complicações e garantir uma boa recuperação. Mas para obter bons resultados, é fundamental buscar profissionais qualificados, como a Dra. Luciana Pepino, que conta com uma equipe multidisciplinar e uma clínica com ambiente adequado para a execução de diversas cirurgias plásticas.

Estas informações foram úteis? Para saber mais sobre Lipo HD, entre em contato conosco e agende a sua consulta!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).