Leite de Magnésia como Desodorante Natural? Confira!

Desodorante Natural

Com a onda dos produtos naturais, o leite de magnésia tem sido recomendado como desodorante, mas será que ele realmente funciona?

Cada vez mais, as pessoas têm procurado alternativas mais naturais aos produtos de higiene e beleza convencionais, dando preferência a ingredientes caseiros. Por isso, usar o leite de magnésia como desodorante tem se popularizado, mas será que ele é mesmo eficiente?

Hoje em dia, é bastante comum encontrarmos posts em blogs e nas redes sociais com dicas para substituir os produtos industrializados por ingredientes naturais. Em geral, esses truques fazem bastante sucesso por dois motivos principais:

O primeiro deles é que os produtos industrializados realmente contêm muitos aditivos como corantes e conservantes. Com o avanço da ciência, algumas dessas substâncias têm se mostrado prejudiciais à saúde quando usadas em excesso.

Além disso, mesmo em pequenas quantidades, esses componentes podem causar irritações e alergias. Dessa forma, muitas pessoas preferem evitar os produtos tradicionais e substituí-los por alternativas naturais, sem a adição dessas substâncias.

O segundo motivo para o sucesso das dicas caseiras é que, quase sempre, os ingredientes são facilmente encontrados em farmácias e mercados e costumam ser bastante acessíveis, sendo uma alternativa economicamente atrativa.

O que é o leite de magnésia

O leite de magnésia é o nome comercial do hidróxido de magnésio em solução aquosa com concentração de 7%. O principal uso desse produto era como antiácido e laxante, até que sua aplicação como desodorante começou a ser divulgada.

Uma das mais conhecidas propagadoras desse uso foi a apresentadora Bela Gil, famosa por seguir uma linha natural tanto para alimentação quanto para seus produtos de higiene.

Leite de magnésia: por que ele ficou tão famoso como desodorante

O leite de magnésia usado como desodorante se encaixa nesses dois casos que falamos antes. Para começar, muitas pessoas têm receio de que os sais de alumínio contidos na fórmula dos desodorantes e antitranspirantes possam apresentar efeitos tóxicos ao organismo.

Alguns estudos realmente demonstraram que, ao ser aplicado na axila, o alumínio pode se acumular em nosso corpo, inclusive no tecido mamário. Com isso, surgiu um temor de que os desodorantes pudessem aumentar o risco de câncer de mama.

Porém, é preciso destacar que os estudos ainda são inconclusivos sobre isso, de forma que não se pode afirmar que o alumínio realmente favoreça a doença. Contudo, apenas a desconfiança já faz com que muitas pessoas busquem alternativas aos desodorantes industrializados.

Além disso, o leite de magnésia é um ingrediente muito barato, bem mais em conta do que os desodorantes disponíveis no mercado, principalmente aqueles indicados para pessoas com hiperidrose, que contêm uma concentração maior do ingrediente ativo.

Por que as axilas podem exalar um cheiro desagradável?

O suor é secretado pelas glândulas sudoríparas e é constituído por 99% de água e 1% de cloreto de sódio, ureia, ácidos carboxílicos e outros minerais e componentes. Sua principal função é ajudar o organismo a manter uma temperatura saudável.

Por si só, o suor não tem nenhum odor desagradável. Contudo, nossa pele é o lar de milhares de bactérias que metabolizam os componentes do suor, transformando-os em substâncias que apresentam um cheiro ruim. Resolva este problema, chega de suor excessivo.

Ao lavar as axilas com água e sabão, conseguimos remover as bactérias e as substâncias que estão na superfície, mas não conseguimos chegar à camada intermediária da pele, onde também se formam esses componentes com odor desagradável.

Leite de Magnésio

Por isso, torna-se necessário o uso de produtos químicos como os desodorantes que penetrem na pele e neutralizem essas substâncias.

Os componentes de odor desagradável produzido pelas bactérias são principalmente os ácidos carboxílicos, que têm um cheiro mais forte. Um exemplo deles é o ácido butírico, que tem o cheiro de manteiga rançosa.

Outro exemplo é o ácido caproico, que tem um odor conhecido popularmente como “cheiro de bode”. Ou seja, não é nada desejável ficar cheirando como um bode ou como manteiga rançosa por aí, não é mesmo?

O leite de magnésia realmente funciona como desodorante?

Quimicamente falando, o leite de magnésia é um produto básico. Dessa forma, ao ser aplicado sobre a pele, ele deixa o pH do local muito alto, o que prejudica o desenvolvimento de alguns tipos de micro-organismos.

Com isso, tornam-se inviáveis o crescimento e a multiplicação das bactérias que metabolizam o suor. A consequência lógica para isso é que, sem as bactérias, o suor não é transformado naqueles ácidos de odor desagradável.

Por isso, podemos afirmar que o leite de magnésia realmente funciona quando utilizado como desodorante! Veja também truques além do desodorante.

Como utilizar o leite de magnésia como desodorante

Você pode simplesmente aplicar o leite de magnésia sobre as axilas com o auxílio de um círculo de algodão. Contudo, se preferir, você pode usar o frasco do tipo roll-on de um desodorante antigo: é só tirar a bolinha e colocar o produto dentro dele.

Quando é utilizado puro, o leite de magnésia não tem nenhuma fragrância. Porém, para quem quiser, é possível adicionar algumas gotinhas do óleo essencial de sua preferência, como lavanda e cravo. Você sabia também que a cirurgia plástica pode resolver o seu problema? Consulte uma Clínica de Cirurgia Plástica especializada. Pode usar sem medo, pois esse truque caseiro funciona sim!

CTA Ainda tem duvidas