Saiba qual é o impacto da cirurgia plástica na autoestima!

Corrigir imperfeições em nosso corpo permite ajustar nossa aparência à maneira como realmente nos sentimos, abrindo novos caminhos e aumentando nossa confiança

Insegurança, vida social limitada e até mesmo depressão: esses são alguns problemas que podemos sofrer quando temos uma parte do corpo que nos incomoda por conta de sua aparência.

Embora algumas pessoas ainda acreditem que os procedimentos estão relacionados apenas a uma questão estética, a verdade é que o impacto da cirurgia plástica na autoestima é capaz de transformar uma vida.

Homens e mulheres estão sujeitos a se sentirem incomodados com a própria aparência, mas isso ainda é uma questão que pesa muito mais para as mulheres, que costumam ser mais preocupadas com a imagem.

Felizmente, as cirurgias plásticas são um ramo da Medicina que se desenvolveu para resolver esses conflitos, ajudando os pacientes a se serem bem consigo mesmos.

Recuperando a vida pessoal e social

Uma barriguinha saliente, um excesso de gorduras localizadas ou um bumbum pequeno, por exemplo, fazem com que muitas mulheres se sintam inseguras quando precisam vestir roupas mais justas ou mais reveladoras.

Com isso, não são raras as ocasiões em que muitas delas deixam de frequentar clubes e praias ou de vestir roupas mais ajustadas, como roupas de academia ou até mesmo alguns modelos de trajes para festas.

Com o tempo, a mulher começa a se sentir deprimida por estar perdendo momentos de sua vida simplesmente porque não se sente confortável com seu próprio corpo. Mais do que uma questão de apenas aceitar a situação, existem também formas de resolver esses problemas.

Por meio das cirurgias plásticas, é possível corrigir ou suavizar essas imperfeições que tanto nos incomodam e tiram nossa confiança. Dessa forma, o impacto da cirurgia plástica na autoestima se estende para nossa vida pessoal e social, abrindo novas possibilidades.

 

Fim da insegurança no trabalho e ao tirar fotografias

Por mais capacitada e preparada que você seja, é difícil manter a confiança quando você sabe que todos automaticamente passarão a reunião inteira olhando seu nariz, por ele ser assimétrico ou desproporcional ao restante de seus traços.

Da mesma forma, é bem complicado viver em um mundo em que todos parecem tirar fotos de tudo o tempo todo quando você simplesmente detesta determinados ângulos do seu rosto, seja por causa de seu nariz, queixo ou testa.

Imagine só chegar ao dia do seu casamento e não se sentir linda por causa do ossinho do nariz, que é muito proeminente, impedindo o fotógrafo de registrar os momentos mais emocionantes da cerimônia? Ou pior: detestar o álbum porque você mal consegue se olhar.

Felizmente, as cirurgias plásticas evoluíram o suficiente para termos excelentes resultados na correção de imperfeições no rosto, que são fonte de muita insegurança na vida profissional e em eventos sociais onde alguém estará tirando fotografias.

Quando falamos do rosto de uma pessoa, estamos nos referindo ao primeiro cartão de visitas que ela entrega em todos os ambientes. Afinal, por mais que sejamos experts em maquiagem, nem sempre é possível disfarçar tudo aquilo que nos incomoda.

Nesses casos, o impacto da cirurgia plástica na autoestima representa um ganho de confiança no ambiente profissional e uma dose extra de segurança para se sentir linda em qualquer situação, pois não existem mais traços tão desarmônicos em um local tão aparente.

Impacto positivo na relação com o espelho e em como você se sente

Talvez a passagem do tempo tenha deixado mais marcas no seu rosto do que você gostaria, de forma que hoje sua aparência não reflete a forma como você se vê e se sente. Rugas, manchas e flacidez nos deixam com um ar cansado, mesmo que você não se sinta assim.

Assim como um nariz desproporcional, carregar um rosto cheio de marcas do tempo traz insatisfação e insegurança. Afinal, não nos reconhecemos naquela pessoa que aparece no reflexo do espelho.

Para essa situação, existem procedimentos estéticos e técnicas de cirurgia plástica como o lifting facial que ajudam a suavizar essas marcas, permitindo que o rosto volte a refletir seu estado de espírito, aumentando sua autoconfiança.

 

A melhora na relação com o parceiro

É normal termos algumas inseguranças quando estamos conhecendo um parceiro novo e estamos passando pelos primeiros encontros, pois nos preocupamos que as imperfeições do corpo possam chamar mais atenção do que nossos pontos positivos.

Na verdade, parceiros que realmente gostam de nós não vão nos resumir a um defeitinho qualquer, mas o que realmente importa nessa situação é como você, mulher, se sente em relação a você mesma.

Quando estamos insatisfeitas com uma parte do corpo como os seios ou a própria vulva, é muito difícil relaxar e se permitir curtir uma noite romântica. Afinal, como alguém que não se sente bem com seu próprio corpo se sentirá à vontade em uma relação íntima?

Em alguns casos, essas queixas em relação ao corpo podem até mesmo gerar uma crise no relacionamento, pois a mulher não consegue mais aproveitar uma parte tão importante da vida a dois.

Se você se identifica com essa situação, saiba como as cirurgias plásticas irão te ajudar em como elevar a autoestima. Seios flácidos, assimétricos ou pouco volumosos podem ser corrigidos com mastopexia e mamoplastia com prótese de silicone quando necessário.

Já quando se fala na região íntima, é possível resolver problemas como o escurecimento da região com tratamento a laser e o excesso de gordura no monte de Vênus com uma lipoaspiração.

Além disso, mulheres que se incomodam com uma desproporção dos pequenos lábios por acharem que eles são grandes demais podem recorrer à ninfoplastia, a cirurgia plástica que se dedica a corrigir imperfeições da região íntima.

Ainda, a ninfoplastia é capaz de corrigir problemas estruturais que causam dor e desconforto, pois pequenos lábios muito avantajados podem se dobrar para dentro durante a relação.

Mais do que uma questão estética, esse procedimento representa a recuperação da autoestima e da confiança, permitindo que a mulher volte a se sentir à vontade no relacionamento a dois.

Seja com o parceiro, no trabalho, na vida social ou na sua relação com você mesma, o impacto da cirurgia plástica na autoestima nos permite voltar a amar nosso corpo e nossa imagem, o que nos permite aproveitar muito mais as oportunidades e os bons momentos da vida.

Você já tem algum procedimento em mente? Deixe seu comentário!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp