Menu

Entenda a função da hidratação e da cauterização

Elas se diferem em alguns detalhes, mas contribuem para deixar as madeixas sempre lindas

Cuidar dos cabelos é uma das prioridades femininas. Nada como tocar os fios e senti-los macios, sem frizz e ficar feliz ao atingir o liso perfeito ou os cachos sem volume. Claro que acordar com os cabelos no devido lugar é um dos maiores sonhos da mulherada e não deixa de ser realmente um milagre quando isso acontece. Por ser um efeito raro, muitas investem em tratamentos capilares para manter o visual em dia. Afinal, não basta apenas tingir os fios e dar um belo corte, é preciso também recorrer à hidratação e até mesmo a cauterização.

Muito se pergunta sobre as diferenças entre esses dois procedimentos capilares que parecem muito semelhantes entre si. Vamos começar pela cauterização, método que traz resultados positivos às madeixas por meio da ação da queratina que age sob o efeito do calor de uma prancha que a dissolve. O resultado dessa ação é a devolução das vitaminas e proteínas que os cabelos extremamente quebradiços, tingidos e até mesmo com escova progressiva perdem ao longo do tempo.

A cauterização é buscada por ser um método mais profundo que a hidratação. Porém, ela requer um pouco de cuidado no que condiz à repetição do processo. O recomendado é cauterizar os fios a cada 30 dias, por causa da grande concentração de queratina. Por isso, escolha um salão de beleza de confiança e não tente fazer esse procedimento sozinha, com a chapinha comum, pois a temperatura pode não ser a ideal, o que fará com que os fios fiquem ainda mais danificados.

A hidratação, que também é um método que as mulheres não conseguem ficar muito tempo sem fazer, devolve o brilho dos fios, perdidos por causa do sol, da poeira, do sal e até mesmo do mar. O procedimento age na parte externa da fibra capilar e deixa o público feminino feliz ao sair dos salões de beleza, pois o processo deixa as madeixas macias, brilhosas e com aquele movimento de deixar qualquer uma com inveja.

Enquanto o segredo da cauterização está no calor, o da hidratação está na massagem, que deve ser feita madeixa por madeixa. Esse processo serve para aquecer os fios, o que permite a potencialização do produto que gera resultados mais eficazes. Um dos pontos positivos de hidratar os fios é que o ato pode ser feito em casa, mas tenha em mente que nem sempre o produto com maior quantidade de substâncias é o melhor. Já o ponto negativo é que ela não atua em danos mais severos contra os cabelos, como a cauterização.

Independente do método que você escolher, tenha confiança no profissional do qual cederá às madeixas. Ambos aparentam ser processos muito simples, mas abaixar a guarda não é recomendado.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. lidiana disse:

    ola

    alisei a raiz do meu cabelo com esfera e gostaria de saber que tipo de produto posso usar para fazer umas luzes ou mechas .obrigada

    • Luciana Pepino disse:

      Olá, Lidiana! Tudo bom?

      É importante que você converse sobre isto com um bom profissional, pois ele irá avaliar seu cabelo e indicará qual o melhor produto para você.

      Beijos!

  2. cristiane galvani disse:

    nossa voces esclareceram varias duvidas q eu tinha meus cabelos e crespos e ja fiz escova progressiva e agora quero deixa-lo crespos pois acho mais facil pra cuidar muito obrigado.