Menu

Fique por dentro da mamoplastia redutora!

mamoplastia redutora

Esse procedimento traz a autoestima de volta e propicia à paciente bem-estar para fazer o que quiser

Por vezes, seios muito grandes não são motivos de orgulho. O sonho por uma mamoplastia redutora entra em cena na vida daquelas que têm vontade de diminuir as mamas que podem comprometer a postura e trazer momentos de puro embaraço, como na hora de fazer atividades físicas e ter dificuldades em encontrar um sutiã ideal. Enquanto algumas querem os seios mais avantajados, há aquelas que querem diminui-los e recorrem a esse procedimento estético que confere às mamas um tamanho proporcional ao corpo.

As mamas muito grandes têm potencial de acarretar envergadura na coluna por causa do peso. Não há muitas posições confortáveis para quem tem seios bem avantajados e os olhares de curiosidade podem afetar a autoestima. Nenhuma blusinha fica bem e os decotes se tornam um detalhe proibido, pois dá a sensação de que todos só notam a região do colo. A mamoplastia redutora entra em cena para remover o excesso de gordura e o tecido glandular dos seios conforme o biótipo da paciente para que o resultado seja harmonioso.

Assim como homens (especialmente adolescentes), as mulheres que se encontram na puberdade também sofrem muito cedo com esse problema. Por isso, os pais devem se lembrar de que qualquer cirurgia feita na adolescência precisa de uma análise médica minuciosa, se possível, até com inclusão de um psicólogo para ter certeza de que é isso que a jovem precisa. Como é um período de indecisões, as adolescentes podem não gostar dos resultados (ou a cirurgia não sair como o esperado) e gerar novos traumas.

Os principais motivos que fazem as mulheres recorrerem à mamoplastia redutora é por terem a sensação frequente de seios enormes, o que gera momentos desconfortáveis. Há também casos em que o problema é as mamas flácidas e caídas. Assim, esse procedimento estético não visa apenas a redução conforme as características anatômicas do tórax da mulher. Ele também oportuniza uma reconstrução mamária que tem como resultado final um tamanho adequado, onde qualquer incômodo estético desaparece.

Os cuidados pós-operatórios da mamoplastia redutora começam no repouso, onde a paciente fica um tempinho sem fazer esforços. Para ajudar na manutenção dos resultados, o uso do sutiã cirúrgico é obrigatório por 30 dias. Fuja dos raios solares para não comprometer a cicatrização e atrele drenagens linfáticas à rotina para aliviar os inchaços e evitar fibroses. Seguindo todas as regras de maneira adequada, em breve você estará de volta à rotina com seios que não serão mais motivos de preocupação extra.

  1. kelly disse:

    gostaria d saber o valor da reduçao

    • Luciana Pepino disse:

      Kelly,

      Como cada caso é um caso, eu só consigo falar de valores depois de uma avaliação pessoal. Caso desejar, agende uma consulta conosco – será um prazer recebê-la em nossa clínica. No link abaixo você encontra o nosso contato: http://goo.gl/eqc7rp
      Beijos

  2. jeniffer disse:

    Olá doutora, gostaria de saber quando esta custando a redução da mama mais a prótese de silicone ?

    • Luciana Pepino disse:

      Jeniffer,

      Tudo bem? Para que eu possa conversar contigo sobre valores eu precisaria avaliá-la pessoalmente, pois cada caso é um caso. Como sempre digo, a consulta presencial é muito importante, pois é nesse momento que o especialista fica sabendo de mais informações essenciais sobre o paciente – como o histórico médico.
      Depois disso é que conversamos sobre valores.
      Caso desejar, agende uma consulta conosco – será um prazer recebê-la em nossa clínica. No link abaixo você encontra o nosso contato: http://goo.gl/eqc7rp
      Beijos