(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar

Evolução do transplante capilar após a cirurgia

A evolução do transplante capilar, técnica destinada à reconstrução de áreas calvas, deve ser acompanhada com paciência após o período de sua realização.  

Afinal, o resultado final, natural e definitivo, é obtido somente depois de alguns meses. Contudo, os cuidados devem ser iniciados logo após o transplante.   

A seguir, mostramos os detalhes. Assim, você saberá o que ocorre período por período e poderá se preparar melhor para esse procedimento que devolve os fios e eleva a autoestima.  

Passo a passo da evolução do transplante capilar nos primeiros 30 dias 

O aspecto do transplante, logo após sua conclusão é de milhares de incisões com pequenas crostas onde foram implantadas as unidades capilares.  

A partir daí, dia a dia, mudanças vão ocorrendo seguindo um processo natural e que conduzirá a um resultado altamente positivo. Além dos fios cobrindo a área calva, o paciente terá um visual natural e bonito.  

Conheça, então, o passo a passo da evolução do transplante capilar, a partir do dia seguinte à cirurgia. 

1º dia 

O paciente retorna irá retirar a bandagem da área doadora em casa e água termal deverá ser utilizada na área implantada a partir do momento em que o paciente sai da cirurgia de hora em hora.  

O profissional também vai indicar como lavar os cabelos e limpar a área de sutura, de acordo com a técnica utilizada.  

2º dia ao a 7º dia 

No segundo dia após o procedimento, os cuidados com o transplante de cabelos envolvem o banho com cautela, sem colocar a cabeça embaixo do chuveiro. A higienização da região do transplante deve ser feita com água morna, pulverizando-a aos poucos, de modo a suavizar o impacto.  

Para secar, evite esfregar, pois, os movimentos bruscos podem prejudicar o implante. Neste período de evolução do transplante capilar, é recomendado deixar os cabelos secarem naturalmente, sem o uso de toalha, lenço ou secador.   

Os cuidados com o transplante capilar começam a mudar a partir do terceiro dia após o procedimento. Nesse período, o paciente deve começar a lavar a cabeça, evitando o crescimento de bactérias e surgimento de caspas.  

Contudo, a higienização deve ser feita com cuidado – e conforme explicado pelo médico especialista.  

Com 48 horas após o procedimento, começa a utilizar um shampoo neutro para realizar a limpeza da área. Basta pingar algumas gotas de shampoo e pode tocar levemente, sem esfregar e sem movimentos circulares. Mas a área já deve ser tocada com a ponta dos dedos a fim de facilitar a higienização desse cabelo.   

É importante evitar arrancar casquinhas que podem aparecer na área, visto que os implantes podem ser retirados juntos. 

8º ao 15º dia 

A partir do 8º dia, a evolução do transplante capilar pode ser observada com os folículos implantados já completamente fixados.   

Nos próximos dias, manter os mesmos cuidados gerais.  Até o 3º mês todos os fios de cabelos implantados irão cair. 

No primeiro ano, como ocorre a evolução do transplante capilar? 

Após completar os primeiros 30 dias, a evolução continua. Acompanhe os detalhes a seguir, mês a mês, no primeiro ano. 

1º mês 

Após um mês da cirurgia, a evolução do transplante capilar não apresenta grandes alterações, além de uma leve vermelhidão na área implantada, devido ao aumento da circulação no local.  

2º mês 

No segundo mês ainda não se nota o crescimento dos fios, no entanto, podem surgir cistos semelhantes a espinhas. Isso pode significar que os fios encravaram ao nascer.  

3º mês 

Já é possível notar o crescimento de alguns fios. Contudo, nesse momento da evolução do transplante capilar ainda não é possível apreciar os resultados. Isso porque os fios só crescem, em média, 1 centímetro ao mês.  

4º e 5º mês 

Já é possível observar o nascimento de mais fios, mesmo que ainda pequenos. Nesse período, é comum que o paciente se sinta mais ansioso. Por isso, é importante manter a paciência e aguardar mais um pouco para identificar maiores mudanças na evolução do transplante capilar.  

6º e 7º mês 

Nesse período os fios já nasceram e alcançaram a altura de 3 centímetros. É possível observar melhor o resultado, ainda que o cabelo não esteja grande o suficiente para ser penteado.  

8º mês 

Observa-se a evolução do transplante capilar próximo ao resultado final, mesmo que alguns fios ainda não tenham tomado forma definitiva. Em pessoas com grau mais avançado de calvície, a partir do oitavo mês é possível programar uma nova cirurgia, em casos necessários. Afinal, a área doadora já apresenta elasticidade suficiente para uma nova retirada. 

9º ao 12º mês 

Por volta do nono e décimo mês o paciente pode perceber, cada vez mais, o resultado final do transplante.  

Já no décimo segundo mês, entre 85% a 95% dos fios transplantados já terão alcançado o tamanho, o crescimento e resultado natural

A evolução do transplante capilar pode ser acompanhada mês a mês, com resultados naturais e muito satisfatórios.  

No entanto, é importante lembrar que, para isso, é fundamental escolher uma clínica com profissionais especializados, com equipe experiente no assunto.  

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.