Acompanhe as melhores dicas para se livrar das manchinhas no rosto

A imagem mostra parte de um rosto feminino, com manchas na pele

Sejam resultado da exposição desprotegida ao sol, acne, gestação ou o próprio envelhecimento, as manchas no rosto são um problema que pode ser tratado.

Com o passar do tempo, mesmo aquela pele que parecia perfeita começa a apresentar sinais indesejáveis, incluindo regiões que ficam cada vez mais manchadas. Essa mudança pode ser um grande incômodo, mas felizmente é possível se livrar de manchas no rosto.

As manchas podem indicar problemas de saúde, desde alergia (manchas vermelhas que coçam) e micose (manchas esbranquiçadas) até hanseníase (manchas com perda da sensibilidade local) e câncer de pele. Por isso, é sempre importante consultar o médico.

Hoje, porém, nosso assunto são as manchas que trazem apenas desconfortos estéticos – o que não significa que elas não devam ser tratadas!

Tipos de manchas no rosto mais comuns

As manchas no rosto podem surgir por várias razões, incluindo alterações hormonais e a exposição à radiação solar. Conheça os tipos mais comuns e suas causas:

  • Sardas ou efélides: são pequenas manchinhas que variam de marrom-claro a marrom-escuro que aparecem no rosto de pessoas de pele muito clara ainda na infância ou adolescência ou pela exposição ao sol;
  • Manchas de acne: podem ser mais claras ou mais escuras que a pele ao seu redor. Surgem quando a acne não é tratada adequadamente e a pessoa tem o hábito de “cutucar” as lesões;
  • Melasmas: consistem em manchas escuras que podem surgir devido ao uso de anticoncepcionais, gestação, mudanças hormonais e exposição ao sol, além da influência genética. É desencadeada pela luz ultravioleta e pela luz visível;
  • Melanoses ou manchas senis: são manchas arredondadas e escuras que surgem devido ao acúmulo de danos causados pela exposição solar ao longo da vida. São mais comuns depois dos 40 anos.

Dicas para se livrar de manchas no rosto

Além das linhas de expressão, rugas e flacidez, as áreas escurecidas na face causam incômodo, conferem um ar mais envelhecido e prejudicam o visual. Veja como se prevenir e se livrar de manchas no rosto:

  1. Use o protetor solar diariamente

A exposição desprotegida ao sol é uma das principais causas de manchas no rosto. Por isso, é necessário utilizar um protetor solar com FPS 30 ou superior todos os dias, mesmo quando o tempo está frio ou nublado.

Além disso, para evitar o surgimento de novas manchas e a piora daquelas que já existem, deve-se evitar a exposição nos horários de pico, ficando preferencialmente à sombra entre as 10 e as 16 horas.

A imagem mostra uma mulher, de perfil, está usando um chapéu, a luz do dia
  1. Evite as soluções caseiras

Na internet, é possível encontrar uma infinidade de receitas caseiras para se livrar de manchas no rosto. Apesar de serem muito populares, essas dicas não apresentam resultados satisfatórios e ainda podem agravar a situação.

Uma das dicas mais famosas é aplicar suco de limão na pele, mas método é muito perigoso porque pode causar queimaduras e tornar as manchas ainda mais visíveis, principalmente se houver exposição à luz solar. Por isso, sempre busque orientação médica.

  1. Busque tratamento para a acne

Embora a acne muitas vezes seja vista como “coisa de adolescente” que vai passar sozinha com o passar do tempo, ela pode acabar deixando marcas permanentes, especialmente se a pessoa tiver o hábito de “espremer” cravos e espinhas.

Além das complicações estéticas, a acne pode trazer problemas de insegurança e baixa-autoestima, portanto ela pode e deve ser tratada. Conheça os principais tratamentos para a acne.

  1. Aplique cremes clareadores

Dependendo da profundidade da marca, ela poderá ser tratada com produtos tópicos específicos para se livrar de manchas no rosto por ter ação clareadora ou esfoliante. Alguns exemplos de ativos são hidroquinona, retinoides, vitamina C e ácido salicílico.

Cada tipo de mancha reage melhor com um determinado tipo de produto, portanto é necessário consultar o médico. Além disso, os cremes mais potentes são vendidos apenas com receita.

  1. Recorra ao peeling superficial

O peeling superficial é um procedimento estético que consiste em aplicar substâncias ácidas, como o ácido glicólico, para promover uma leve descamação da pele e estimular a sua regeneração. Assim, ele ajuda a suavizar manchas localizadas em camadas mais externas.

Por ter seus efeitos restritos à epiderme, a descamação causada pelo peeling superficial é bastante suave, sem formar crostas escuras e sem demandar que você se afaste das suas atividades diárias.

  1. Experimente o peeling de cristal

Este tratamento também promove uma descamação da pele, mas isso é feito por meio de uma esfoliação. Para isso, o peeling de cristal utiliza um aparelho que lança microcristais sobre a região a ser tratada, os quais fazem uma esfoliação no local.

Assim, esse procedimento é indicado para se livrar de manchas no rosto como melasmas, bronzeado manchado e marcas causadas pela acne. Saiba mais sobre como é feito o peeling de cristal.

  1. Faça sessões de microagulhamento

O microagulhamento consiste em passar um rolo com cerca de 200 agulhas pequenas e finas sobre a pele de modo a fazer microperfurações que ativam a cicatrização e a produção de colágeno, elastina e fatores de crescimento, estimulando a regeneração do tecido.

Outro benefício desse procedimento é que ele aumenta a irrigação sanguínea da região, levando mais oxigênio e nutrientes.

Além disso, é possível aplicar produtos tópicos durante a sessão, os quais terão seus efeitos potencializados por atingir camadas mais profundas. Essa associação de tratamentos é conhecida como microagulhamento com drug delivery.

A escolha da melhor técnica para tratar manchas no rosto depende da natureza da marca e das condições da sua pele. Agende uma avaliação presencial com a Dra. Luciana Pepino para conhecer os melhores procedimentos estéticos e obter excelentes resultados com toda a segurança.

 

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp