Recupere sua autoestima: 5 procedimentos faciais contra o envelhecimento

Mulher de meia idade sorrindo

Conheça como cada técnica de combate ao envelhecimento facial atua e quais as indicações!

O envelhecimento facial é inevitável visto que o avançar da idade também é. No entanto, os avanços da Medicina viabilizaram diversas técnicas que podem ser usadas para promover o rejuvenescimento da face.

Os procedimentos faciais para combater o envelhecimento não interrompem a ação do tempo, mas permitem minimizar ou prevenir os efeitos da idade na estética da face.

São diversas técnicas de combate ao envelhecimento da face, de forma que o procedimento mais adequado deve ser recomendado por um cirurgião plástico considerando as características e desejos do paciente.

A seguir conheça 5 procedimentos e saiba quais resultados podem ser alcançados com cada um deles!

5 tratamentos para combater o envelhecimento facial

Cada tratamento visa corrigir um tipo de problema associado ao envelhecimento como rugas, sulcos, flacidez ou manchas. Conheça os principais a seguir!

1. Botox

O Botox é um dos tratamentos indicados para desacelerar o envelhecimento da pele do rosto mais conhecidos. O nome refere-se à marca que foi pioneira no Brasil no processamento de toxina botulínica para fins estéticos.

A substância atua como um bloqueador neuromuscular que inibe o surgimento das rugas dinâmicas, amenizando de maneira natural as marcas de expressão presentes na face.

Por interromper a contração muscular nos locais em que ela é mais intensa, como na região dos olhos e da boca, a toxina botulínica também atua na prevenção das marcas de expressão, mantendo o rosto jovial por mais tempo.

2. Ácido hialurônico

Na verdade, o ácido hialurônico é uma substância que viabiliza diferentes tipos de tratamentos estéticos na face, sendo amplamente utilizado devido aos benefícios e resultados que proporciona.

Um dos principais procedimentos é o preenchimento facial, que visa melhorar o contorno facial e também aumentar o volume, como no caso de perda nas bochechas, lábios e outras estruturas.

Um dos principais usos do preenchimento com ácido hialurônico é o tratamento do sulco nasogeniano, conhecido popularmente como bigode chinês. Destaca-se ainda que outros tratamentos são possíveis com a substância, como:

  • 8 point lifting: consiste em uma técnica na qual o ácido hialurônico é aplicado em oito pontos estratégicos da face obtendo resultados positivos no volume e contorno facial e na amenização da flacidez;
  • MD Codes: nessa técnica, o cirurgião plástico faz um estudo personalizado para identificar os pontos de sustentação da face mais suscetíveis e realiza a aplicação do ácido hialurônico nessas áreas identificadas.

O ácido hialurônico é produzido pelo organismo, mas apresenta queda significativa após os 25 anos, de forma que os tratamentos estéticos ajudam na reposição dessa substância responsável pela hidratação, volume e flexibilidade da pele.

Mulher com cabelos compridos sorrindo

3. Peeling

O peeling é um tratamento para quem quer se livrar das marcas do envelhecimento facial que causa a descamação de camadas da pele por meio do uso de ácidos, como o acetil salicílico, tricloroacético, mandélico e retinóico.

A técnica permite combater diferentes insatisfações intensificadas com a idade, como rugas, estrias, manchas, flacidez e acnes. O resultado do peeling deve-se a intensidade do tratamento, que pode ser:

  • superficial, afetando apenas na epiderme e combatendo as manchas;
  • média, tratando a derme e sendo indicada para rugas e cicatrizes;
  • profunda, sendo capaz de amenizar rugas, manchas, cicatrizes da acne e flacidez.

O tipo de peeling realizado e também se o tratamento será realizado isoladamente ou em conjunto com outras técnicas depende do nível de envelhecimento facial do paciente e também das recomendações do cirurgião plástico.

4. Sculptra

Um tratamento novo no tratamento para o envelhecimento facial é o Sculptra® que se trata do uso de uma substância de origem não animal composta por ácido poli-L-láctico. Ela é reabsorvida pelo organismo, de forma que os resultados sejam temporários.

O Sculptra® estimula a presença de fibroblastos que atuam na produção de colágeno. Dessa forma, o procedimento é indicado principalmente para o combate à flacidez decorrente do envelhecimento.

Além disso, benefícios associados incluem melhora do contorno facial por promover a tensão da pele e amenizar rugas, sulcos e linhas de expressão.

O tratamento utilizando a substância é realizado com a aplicação dela durante 2 a 4 sessões que podem ocorrer em um período entre 30 e 60 dias.

5. Lifting facial

Outro tratamento de prevenção do envelhecimento facial é o lifting, chamado também de ritidoplastia. Esse procedimento cirúrgico visa promover as correções mais desejadas pelo paciente para uma face mais jovem.

No lifting facial o cirurgião plástico faz uma incisão na linha do couro cabeludo, de forma que a cicatriz resultante seja bastante discreta. O tratamento pode ser focado no terço superior, médio ou baixo.

Durante o procedimento, o médico retira o excesso de pele e gordura e faz o reposicionamento das estruturas faciais com o objetivo de reduzir marcas de expressão, flacidez e sulcos.

Essa técnica é mais indicada para pessoas com acúmulo de sinais ocasionados pelo envelhecimento facial e nas quais procedimentos menos invasivos mostram-se menos eficazes para obter os resultados desejados.

Conhecer os tipos de tratamento para combater o envelhecimento facial e optar por aquele mais adequado ao seu caso é o primeiro passo para alinhar melhor as expectativas e alcançar resultados satisfatórios com a técnica escolhida.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).