11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Dieta detox realmente emagrece?

Saiba se a dieta detox emagrece e como melhorar a alimentação controlando o peso no longo prazo.

Uma dúvida comum é se a dieta detox emagrece e como ela deve ser realizada para apresentar os resultados almejados. No entanto, a definição da dieta mais adequada não é tão simples assim.

Um primeiro aspecto a ser destacado é que a reeducação alimentar, muito mais do que a dieta, vai contribuir na perda e controle do peso, apresentando resultados de longo prazo mais satisfatórios.

Como funciona a dieta detox?

A dieta detox funciona muito bem, mas isso vai depender se seus objetivos estão alinhados com as possibilidades dela e se a dieta será adotada corretamente, conforme as recomendações médicas.

A base da dieta detox é a retirada dos alimentos industrializados e daqueles com alto potencial alergênico como clara de ovo, oleaginosas (amendoim, avelã, amêndoa etc.), leite e derivados, alimentos com glúten, como trigo, centeio, cevada e outros.

Dessa forma, a alimentação se baseia principalmente em frutas, verduras, legumes, cereais integrais e alimentos in natura, em geral.

Uma das principais indicações da dieta detox é no tratamento de alergias, intolerâncias e sensibilidades alimentares. Os grupos alimentares com maior potencial de intoxicação são removidos e, posteriormente, reinseridos aos poucos.

Isso permite que paciente e especialista identifiquem alterações e mapeiem quais alimentos desencadeiam reações indesejadas.

Veja se a dieta detox tem efeito no emagrecimento

A dieta detox emagrece?

A pergunta se dieta detox emagrece é frequente e um pouco polêmica. Isso porque ela tem sim potencial para auxiliar no emagrecimento uma vez que são retirados da alimentação diversos alimentos energéticos e calóricos, como trigo, leite e outros.

No entanto, ela não é a mais recomendada para emagrecer, pois a retirada de grupos alimentares completos e alta restrição calórica são desaconselhadas, pois podem desencadear carências nutricionais e aumentar a compulsão alimentar, sendo mais difícil de manter no longo prazo.

Quanto à dúvida se a dieta detox realmente desintoxica a resposta é afirmativa, mas apenas no sentido de evitar a ingestão de alimentos com excesso de conservantes, emulsificantes e acidulantes que elevam os níveis de toxinas no organismo.

Como organizar uma dieta que funciona?

Portanto, a dieta detox emagrece, mas esse não é o foco dessa proposta e precisa ser avaliada com cautela se o objetivo principal da mudança alimentar for o emagrecimento e controle do peso.

Nesse sentido, algumas dicas podem contribuir mais para a conquista dos seus objetivos, como:

  • faça um planejamento semanal e monte o cardápio avaliando o que pode ou não ser ingerido e dê sim preferência aos alimentos naturais, mas não precisa ficar exclusivamente neles como indica a dieta detox;
  • beba bastante líquido, pois eles contribuem na eliminação de toxinas e controle do peso;
  • avalie os intervalos entre as refeições e quantidades, os exageros devem sempre ser evitados;
  • evite dietas que retiram grupos alimentares inteiros ou que tem alta restrição calórica;
  • porcione os alimentos para evitar comer demais e evite beliscar entre as refeições;
  • identifique quais alimentos despertam compulsão e evite-os, inclusive, dificultando o acesso a eles na sua casa;
  • faça atividades físicas regulares para ajudar na queima de calorias e perda consistente e continua do peso.

É essencial que a definição da dieta mais apropriada seja conversada com um especialista que poderá auxiliar no processo de reeducação alimentar de forma que os resultados sejam mais satisfatórios e contínuos.

A dieta detox emagrece, mas como esse não é o foco desse método, ela pode ser frustrante no longo prazo, desestimulando a mudança de hábitos alimentares.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).