11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Descubra o que seus pés dizem sobre sua personalidade e saúde

Os seus pés podem falar muito de você

Timidez? Liderança? Colocar os outros em primeiro lugar? Seus pés podem revelar até mesmo se você tem uma tendência maior a fazer uma cirurgia plástica por impulso! 

Você já ouviu falar na leitura dos pés? Pois é, pelo formato dessas partes do corpo, dizem que é possível conhecer mais sobre a personalidade e saúde de uma pessoa, revelando até mesmo se ela pode ter uma tendência maior a fazer uma cirurgia plástica sem pensar muito!

Conheça os principais formatos de pés e as alterações que eles podem sofrer e descubra mais sobre você mesma e o seu estado geral de saúde:

Pé egípcio: escadinha

É o formato de pé que tem o dedão maior e os demais dedos diminuindo de tamanho de forma gradual, todos bem juntinhos. A leitura dos pés diz que essas pessoas costumam ter um corpo com formas bem equilibradas e uma personalidade extrovertida e curiosa.

Contudo, esse formato também está relacionado à impulsividade. Ou seja, a pessoa “se joga” mesmo! Se esse for o seu caso, é preciso sempre refletir bastante antes de tomar decisões importantes, seja mudar de carreira, se casar ou fazer uma cirurgia plástica.

Pé grego: segundo dedo maior

Nesse formato, o segundo dedo é maior do que o dedão, o que indica uma personalidade forte, decidida e competitiva quando se trata da vida profissional. Por isso, muitos atletas, políticos e líderes corporativos apresentam esse tipo de pé.

Porém, assim como acontece no pé egípcio, as pessoas com pé grego também podem ser rebeldes e impulsivas, por isso também se recomenda que elas respirem fundo e pensem duas vezes antes de tomar uma atitude drástica.

Pé quadrado: dedos parecidos

Esse é um formato mais raro de pé, presente em aproximadamente 10% da população. Trata-se do pé em que os dedos têm o mesmo formato, sendo que o dedão, o segundo e o terceiro dedo costumam ser do mesmo tamanho, enquanto o quarto e o quinto são menores.

O pé quadrado é característica de pessoas que costumam ser responsáveis e pensar bastante antes de agir, sempre analisando todos os possíveis cenários de uma situação. É preciso cuidar somente para 

Dedos em formato de garra

Quando os dedos são voltados para baixo, esse pode ser um sinal de que a pessoa não se sente confortável para expressar seus pensamentos e desejos. É como se os dedos refletissem a personalidade da pessoa, que está “encolhendo” seus sentimentos.

Dedo mínimo muito menor que os outros

Assim como o dedinho “diferente”, as pessoas com esse tipo de pé tendem a ser independentes, sem se influenciar muito pela opinião alheia. Por isso, elas têm uma natureza rebelde e preferem caminhos mais exóticos, ou seja, tudo o que fuja do comum.

Espaço entre o segundo e o terceiro dedo

Pessoas com uma separação maior entre o segundo e o terceiro dedo tendem a refletir essa divisão também quando falamos em emocional e racional. Por isso, elas conseguem manter suas atividades profissionais mesmo quando sofrem problemas pessoais.

Joanetes: dedos com protuberância laterais

O joanete se forma quando o dedão empurra o segundo dedo para o lado, formando uma protuberância na lateral do pé. De acordo com a leitura dos pés, essas pessoas tendem a colocar os outros sempre em primeiro lugar, deixando suas vontades em segundo plano.

Se esse é o seu caso, é preciso pensar bem se você está tomando uma decisão porque você quer ou porque você quer agradar outra pessoa. E isso vale para escolher seu caminho profissional, fazer uma cirurgia plástica ou mesmo ter filhos ou não.

Porém, o joanete não tem influência apenas na personalidade, mas também na saúde. Ele pode ser causado pelo uso de sapatos muito justos, tensões nos pés e artrite, por isso é preciso investigar e fazer o tratamento correto, evitando dores e deformação óssea. 

O joanete não é a única característica dos pés que diz respeito à nossa saúde. Por isso, agora vamos falar sobre as alterações que podem indicar que algo não vai bem no nosso organismo. 

Dedão inchado e vermelho

Isso não costuma ser motivo para querer fazer uma cirurgia plástica, mas sim um sinal de que você pode estar sofrendo com gota, um tipo de artrite inflamatória. Nessa condição, o dedão aumenta de tamanho, fica vermelho, quente e dolorido, indicando uma inflamação.

Pés sempre gelados

Apesar de “pé frio” ser um sinônimo para pessoa azarada, ter os pés sempre gelados não quer dizer nada sobre sua personalidade, mas sim que você pode estar com problemas de circulação, anemia ou hipotireoidismo.

Pés azulados

Se o seu pé mudou de cor de vermelho para branco e depois para azul, isso pode ser consequência do estreitamento dos vasos sanguíneos em reação a temperaturas muito baixas, conhecido como fenômeno de Raynaud. 

Se você tem essa condição, aconselha-se evitar locais muito frios, que podem desencadear uma crise, e também ficar longe do cigarro para não piorar o problema.

Suor excessivo nos pés

A sudorese exacerbada nos pés e em outras partes do corpo é chamada de hiperidrose. Embora seja uma condição benigna, ela pode causar muitos constrangimentos, mas felizmente existem maneiras de controlá-la.

Um dos tratamentos mais utilizados para amenizar esse problema é a aplicação de toxina botulínica, que pode ser feito no consultório médico ou em uma cirurgia plástica.

A leitura dos pés é confiável?

Assim como a leitura das mãos, a astrologia, o tarô e outras práticas que revelam nossa personalidade e as tendências para o futuro, a leitura dos pés não tem uma comprovação científica, mas isso não quer dizer que ela não funcione.

Existem muitas pessoas que as adotam como guias para suas vidas, o que lhes dá mais segurança para escolher seus caminhos. Portanto, não é uma questão de a leitura dos pés funcionar ou não, mas sim de ter fé.

Contudo, as alterações que listamos em relação à saúde são fatos médicos devidamente comprovados. Por isso, mais do que pensar se seu pé vai te fazer uma cirurgia plástica, é preciso estar atenta para o seu estado geral.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).