11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Como cuidar do corpo durante a quarentena?

Como cuidar do corpo na quarentena

Conheça quais cuidados com o corpo adotar na quarentena para melhorar sua saúde física, emocional e estética

Em um momento inesperado e preocupante para todas nós que é a quarentena exigida em decorrência do novo coronavírus, os cuidados com o corpo contribuem para a estética, mas também para a saúde mental, melhora da imunidade e da autoestima.

A necessidade de isolamento social e afastamento de familiares e amigos demandou uma nova rotina para todos. No entanto, esse momento também pode – e deve – ser usado para o autocuidado tanto do corpo quanto da mente.

Com a impossibilidade de ir à clínica e realizar procedimentos especializados, os cuidados diários com o corpo ajudam a preservar resultados e minimizar os efeitos do estresse e ansiedade.

7 cuidados com o corpo para ter durante a quarentena

Durante a quarentena, os cuidados com o corpo devem ser organizados em uma rotina ou cronograma para não esquecer nenhuma prática importante, como a limpeza da pele, tonificação e hidratação, por exemplo.

Além de serem esteticamente importantes, os autocuidados ajudam a evitar problemas como o ressecamento excessivo da pele que pode causar dermatites.

Esse problema pode ser agravado com a intensificação da rotina de higienização das mãos, recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para reduzir os riscos de contágio do coronavírus. Saiba mais a seguir!

1. Limpeza diária

Uma etapa que deve estar presente na sua rotina de cuidados com o corpo é a limpeza e isso não significa apenas tomar banho – preferencialmente com água morna para não ressecar a pele.

A limpeza da pele, especialmente do rosto, pescoço e colo, deve ser realizada diariamente pela manhã ou à noite. Uma opção é usar a água micelar que faz a limpeza e tonificação da pele em um único passo.

No entanto, também pode ser usado um produto de limpeza recomendado especialmente ao seu tipo de pele, como se ela é mais oleosa ou seca. Após a limpeza deve ser feita a tonificação que serve para equilibrar o pH da pele.

2. Uso de hidratantes

A hidratação é sempre a etapa seguinte à limpeza e tonificação da pele. Nesse momento de intensificação da rotina de higienização das mãos é importante reforçar o uso de hidratantes no corpo e extremidades, como mãos e pés.

Com o inverno se aproximando a tendência é que a pele fique ainda mais ressecada, tanto pela diminuição da umidade do ar como também pelos banhos mais quentes.

A recomendação é usar hidratantes após o banho, pois água ajuda na desobstrução dos poros, resultando na melhor absorção dos dermocosméticos nesse momento.

3. Esfoliação da pele

A esfoliação da pele é uma etapa essencial entre os cuidados com o corpo, pois permite a remoção das células mortas da superfície da pele, uniformização da textura e melhora da luminosidade.

Apesar dos benefícios, esse passo não deve ser realizado todos os dias, seja no rosto ou no corpo, pois trata-se de uma leve agressão que, repetida, pode prejudicar a camada hidrolipídica da pele, causando ressecamento e favorecendo infecções.

A indicação é fazer a esfoliação da pele uma vez por semana, sendo que para pessoas com a pele mais oleosa ou espessa esse autocuidado pode ser realizado duas vezes na semana.

4. Massagens faciais e corporais

As massagens faciais e corporais trazem benefícios de dentro para fora. Inicialmente, elas ajudam no relaxamento e estímulo à microcirculação sanguínea que leva mais nutrientes aos tecidos.

Além disso, as massagens ajudam a deixar a pele mais firme devido aos estímulos celulares que promovem.

Como outros cuidados, a massagem facial não deve ser realizada todo dia, pois o estímulo constante pode aumentar a oleosidade da pele e favorecer o surgimento de acnes. Indica-se realizá-la uma vez por semana durante sessões de 20 minutos.

Como cuidar do rosto

5. Proteção solar

Tem deixado o protetor solar guardado durante a quarentena? Então revise esse hábito e reinsira o protetor entre os cuidados com o corpo adotados diariamente.

Apesar de diminuir a exposição solar, a quarentena tem ampliado à exposição às telas e luzes brancas internas que também podem causar fotoenvelhecimento nas células.

Por tal razão, mesmo dentro de casa a recomendação é usar o protetor solar e lembre-se que, mesmo na quarentena, tomar sol todos os dias é um autocuidado essencial à sua saúde física e mental.

6. Uso de máscaras faciais

As máscaras faciais estão entre aqueles cuidados que vão potencializar os efeitos dos demais bons hábitos adotados rotineiramente.

Existem diversos tipos de máscaras, como de argila, detox, ouro e outras, portanto, o primeiro passo é escolher o tipo mais adequado às características da sua pele.

A periodicidade do uso da máscara facial também é importante para alcançar bons resultados, sendo indicada a aplicação de uma a duas vezes por semana e até três vezes por semana em peles mais maduras, com mais de 50 anos.

7. Ginástica facial

A ginástica facial, assim como a massagem, é indicada para estimular a circulação sanguínea e a chegada dos nutrientes nos tecidos, além de promover a melhora do tônus muscular e redução das rugas e da flacidez.

De acordo com as suas demandas, como região da boca, dos olhos, do pescoço etc. existem exercícios e movimentos específicos que podem ser feitos.

Mesmo com a incerteza e ansiedade que sabemos fazer parte da rotina em plena quarentena, queremos que você enfrente melhor essa fase lembrando-se da sua saúde física e mental e da beleza como uma aliada ao seu bem-estar e motivação para superar esses desafios.

Não se cobre tanto, mas inicie essa rotina de cuidados com o corpo na quarentena e obtenha os muitos benefícios que podem ser alcançados com um tempo exclusivo para você.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).