(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar

Crop top: a peça-chave do verão

Você pode nunca ter ouvido falar, mas ele será figurinha carimbada na temporada de calor

Crop top. Essa palavra pode não ser muito familiar para algumas mulheres, mas é bem provável que você tenha visto alguma celebridade trajada com uma blusinha “cortada” ao meio, acima do umbigo, deixando um pouco da barriga a mostra. Conseguiu visualizar? Essa moda caiu no gosto de grandes artistas e fashionistas que fazem conjuntos variados que vão desde o top com um short ou o top com uma calça de cintura alta. Tudo depende da personalidade de quem resolver usá-lo.

O crop top é visto como uma das tendências do verão e exige bom senso na hora de usá-lo. Por se tratar de uma peça que parece que foi cortada ao meio e que dá a sensação de que encolheu, muitas deixam essa modice passar batida. Se você é ousada o bastante e gosta de arriscar, o crop top pode ser o que você procurava para dar uma inovada no look. O lado bom é que ele nunca cai na mesmice e é possível adquiri-lo em diferentes modelos e texturas.

Como usar o crop top?

Essa peça tem 1 regra primordial: nunca mostre o umbigo. Quem tem gordurinha no pé da barriga, basta escolher uma peça que deixe a região bem retinha. Por mais que o crop top tenha a aparência de miniblusa, o que dá oportunidade para a mulherada exibir o abdome malhado, ela pede calças, saias e shorts de cintura alta. Na hora de vesti-lo, pense que só ele terá a função de chamar a atenção. Seja com gola fechada ou no modelo que lembra o fatídico sutiã da Madonna, o objetivo dele é deixar a mulher sexy, mas sem vulgaridade.

Ao usar o crop top leve em consideração: se a saia for bem justa, por exemplo, você pode investir na peça mais larga nas laterais ou vice-versa. O sapato de salto alto é visto como obrigatório em determinados momentos, especialmente para quem usa crop top. Porém, o calçado deve ser usado com saias que passem da altura dos joelhos. O processo contrário acontece para quem gosta de tênis, que pede trajes mais curtos para alongar a silhueta.

Você pode brincar e muito com as cores, por exemplo, o color blocking, onde a calça pode ser laranja e o top azul bic. O mesmo vale para as estampas que permitem a montagem de um look mais social, como um conjuntinho, o que deixa a mulher elegante. As calças de alfaiataria também é uma dica, pois cai bem em eventos mais sociais.

Tome cuidado: o crop top não cairá bem no ambiente de trabalho, pois é uma peça destinada a momentos casuais.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.