11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Conheça o lifting facial

Saiba o que é o lifting facial

O lifting facial tem diversas indicações para promover o rejuvenescimento facial. Conheça quando a técnica é recomendada e como é conduzida essa cirurgia plástica.

O lifting facial é a cirurgia plástica para rejuvenescimento da face, auxiliando na amenização de sinais decorrentes da passagem dos anos, como flacidez, falta de contorno e rugas.

Entender quais são as indicações e como o lifting facial é feito é fundamental para definir se essa abordagem é a mais propícia ao seu caso e suas expectativas. Saiba detalhes a seguir!

Quais as indicações do lifting facial?

A recomendação do lifting facial, também chamado de ritidoplastia, deve ser feita por um cirurgião plástico após analisar as particularidades do caso avaliando tanto as questões estéticas da face, quanto psicológico e expectativas da paciente e quadro de saúde em geral.

A seguir confira uma série de situações que podem motivar a consulta com o cirurgião plástica para avaliar a indicação do lifting facial:

  • incômodo com  rugas, vincos profundos (como o bigode chinês) e marcas de expressão;
  • flacidez excessiva nas bochechas ou na região dos olhos;
  • desconforto com a papada, especialmente em pacientes com rosto mais fino e que a gordura acumula-se no pescoço;
  • perda de tônus muscular na face;
  • envelhecimento precoce decorrente de fatores como tendências genéticas, exposição solar sem proteção, maus hábitos e tabaco;
  • pacientes com mais de 40 anos que almejam amenizar os sinais de envelhecimento do rosto;
  • pacientes que, após um processo intenso de emagrecimento, sentem incômodo com a flacidez facial.

Portanto, são diferentes insatisfações que podem ser atendidas com o lifting facial, mas apenas a avaliação especializada pode garantir que a intervenção cirúrgica vai amenizar esses incômodos no caso em particular.

Além disso, antes da cirurgia plástica são solicitados exames para verificar se a paciente está bem de saúde, sem doenças crônicas ou com controle dessas patologias.

Como é feita a ritidoplastia?

A ritidoplastia pode ser feita com anestesia local com sedação ou geral, dependendo da complexidade do caso. A cirurgia tem duração entre 4 e 5 horas e a internação hospitalar pode variar entre 12 e 24 horas.

A incisão cirúrgica é feita no contorno da face, seguindo a linha do couro cabeludo até as orelhas, mas a extensão depende diretamente das alterações planejadas e da flacidez da pele. 

Além disso, pode ser necessária uma pequena incisão no queixo quando necessário tratar a papada. Em algumas situações, o médico pode recomendar uma mini lipoaspiração para remover os depósitos de gordura do queixo.

Após a incisão, realiza-se o descolamento da pele em relação aos músculos até as áreas anteriormente marcadas na face. Para amenizar a flacidez o especialista faz a contração dos músculos com pontos, remove o excesso de pele com uma pequena tração e reposiciona os tecidos, modelando as estruturas.

Posteriormente é feito o fechamento da incisão utilizando pontos e o local é protegido com uma bandagem. 

Quais os cuidados pós-operatórios do lifting facial?

Após recuperar-se da anestesia a paciente recebe alta hospitalar, mas com recomendações específicas para o pós-operatório do lifting facial em casa, como:

  • manter repouso por uma semana;
  • usar dois travesseiros para que a cabeça fique mais elevada que o tronco;
  • não se expor ao sol;
  • não praticar atividades físicas no primeiro mês e fazer atividades de impacto apenas depois de 3 meses, em média;
  • esperar a consulta médica para retirar as bandagens, mantendo o local limpo e seco.

Os bons cuidados na recuperação da ritidoplastia são fundamentais para resultados estéticos mais naturais e satisfatórios e para minimizar as chances de complicações pós-operatórias.

Portanto, apesar da qualidade e segurança do lifting facial, o tratamento deve ser indicado por um cirurgião plástico de confiança. Agende sua consulta aqui!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. suely andrade disse:

    eu quero mais informações