11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Como se planejar financeiramente para realizar sua cirurgia plástica em 2021?

Como fazer o planejamento para cirurgia plástica

Dividimos o planejamento para cirurgia plástica em seis passos para te ajudar em toda a organização financeira e permitir que você alcance seu sonho. Confira!

O planejamento para cirurgia plástica é fundamental para que os resultados alcançados com o procedimento sejam satisfatórios e o processo seja mais prazeroso e calmo à paciente.

Desde a decisão para realização de uma cirurgia até o pós-operatório são diferentes etapas que devem ser consideradas e se planejar financeiramente para que não haja nenhuma surpresa é uma das mais importantes. Saiba mais a seguir!

6 passos para fazer o planejamento para cirurgia plástica

O planejamento financeiro para cirurgia plástica traz uma série de seguranças ao procedimento, como escolher um profissional qualificado, fazer corretamente o pré e pós-operatório e ter um processo mais calmo e sem surpresas.

1. Pesquise sobre a cirurgia plástica durante o planejamento para cirurgia plástica

O primeiro passo do planejamento para cirurgia plástica é pesquisar informações, em sites confiáveis, sobre o procedimento que você deseja fazer.

Existem diferenças importantes nos preços em decorrência dos cuidados do pré e pós-operatório, complexidade da cirurgia, tipo de anestesia e período de internação hospitalar.

Algumas cirúrgicas, quando funcionais, podem inclusive ser arcadas pelo plano de saúde, como em caso de mamoplastia redutora em decorrência de problemas de saúde ou mesmo abdominoplastia após a cirurgia bariátrica.

Quanto mais informações você pesquisar, melhor poderá entender o processo e se planejar corretamente para ele.

2. Monte um plano de ação

Um plano de ação é uma técnica de organização que te permite identificar o passo a passo que precisar cumprir para alcançar seu objetivo, nesse caso a realização da cirurgia plástica.

Com base nas informações que realizou antes você pode inserir etapas como: planejamento financeiro, poupar, pesquisar a clínica, fazer a consulta, fazer exames, organizar o pós-operatório, preparar a bolsa do hospital etc.

Quanto mais detalhada essa etapa, mais fácil será visualizar e alcançar seu objetivo com clareza e rapidez.

3. Avalie seu orçamento detalhadamente

Para se planejar financeiramente para cirurgia plástica você precisa avaliar cada detalhe do seu orçamento mensal. Considere diferentes questões como:

  • qual o seu salário atual;
  • você já tem uma poupança que pode usar;
  • quais seus gastos essenciais, aqueles que não pode abrir mão (aluguel, contas, plano de saúde, mensalidade escolar etc.);
  • quanto gasta por mês com itens não essenciais.

Colocar esses aspectos na ponta do lápis vai te ajudar a ver o quanto pode poupar por mês e tornar mais claro se você vai conseguir alcançar seu objetivo em seis meses, doze meses ou 24 meses, por exemplo.

4. Inicie uma poupança mensal para o planejamento para cirurgia plástica

Após verificar seu orçamento é essencial já começar uma poupança mensal com o que pode guardar, ainda que seja pouco e não seja sua maior meta.

É melhor guardar R$100 reais em um mês que planejou guardar R$200 reais do que não guardar nada.

Com o passar dos meses vai ser cada vez mais fácil guardar o valor da sua meta e também ver onde é possível economizar. A poupança é importante para separar esse valor da sua conta corrente, dando a falsa impressão de que tem mais para gastar.

5. Converse com pessoas que já fizeram o procedimento

Conversar com pessoas que já fizeram a cirurgia plástica que você deseja é fundamental para entender possíveis imprevistos e aspectos que só quem viveu pode te contar.

Caso não tenha nenhum conhecido, busque referências e grupos sobre o tema na internet para ter relatos realistas sobre a experiência.

6. Agende uma consulta com o cirurgião plástico

Mesmo com todas as pesquisas, apenas na consulta com o cirurgião plástico qualificado ele poderá te afirmar se você é uma boa candidata ao procedimento, qual a técnica mais apropriada, exames pré-operatórios a serem solicitados e outras informações.

Por conta dessas particularidades, nenhuma clínica confiável informa o preço final da cirurgia plástica sem uma consulta.

Dessa forma, para saber exatamente o quanto poupar e outros aspectos do planejamento para cirurgia plástica é necessário passar pela consulta com um cirurgião plástico de confiança. Agende aqui!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Manuela disse:

    Olá td bem? Gostou de eu site pq consigo tirar minhas dúvidas. E ficar por dentro de como fazer o procedimento ideal .obrigada