(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Mulher apoiada em mesa perto de flores

Como saber quais os limites entre estética e saúde?

A busca por procedimentos estéticos tem sido cada vez mais comum para corrigir problemas funcionais e afastar incômodos. Contudo, também é importante refletir sobre os limites entre estética e saúde.

Isto é, encontrar o equilíbrio entre os dois conceitos é essencial para a autoestima e vida saudável. Por exemplo, ao buscar excessivamente procedimentos cirúrgicos, na intenção de corrigir incômodos estéticos, a sua saúde é colocada em risco. Percebeu como devem existir limites entre estética e saúde?

O desafio é encontrar esse equilíbrio, o que nem sempre é fácil. Para ajudar com essa questão, continue a leitura!

O que é estética e saúde?

A busca por procedimentos no corpo pode ter fatores estéticos e de saúde. Contudo, é importante que ao realizá-los você saiba equilibrar, a fim de que isso não traga riscos, como vício em cirurgia, trombose, ataque cardíaco, entre outros.

Para encontrar o mencionado equilíbrio, é válido começar pela compreensão dos conceitos de saúde e estética. O primeiro envolve qualidade de vida e bem-estar no sentido amplo da palavra, como questões psíquicas, físicas e sociais. Enquanto isso, a estética envolve questões de beleza, que pode ser a percepção de cada um sobre si mesmo.

Diante das definições apresentadas, é possível dizer que estética e saúde podem ser conceitos relacionados. Por exemplo, problemas de autoestima, como ter uma aparência que cause incomodo, afetam a saúde mental. Da mesma maneira, ter determinada patologia tende a impactar a estética. É o caso das doenças que causam efeitos colaterais, como queda de cabelo e ganho ou perda de peso.

Quais são os limites entre estética e saúde?

Conforme mencionado, estética e saúde são conceitos relacionados. Todavia, é preciso ter equilíbrio entre eles. Afinal, você já entendeu que ultrapassar esses limites traz riscos e prejuízos. Então, é preciso primeiramente separar o que um indivíduo quer do que ele precisa.

Isto é, segundo análises médicas, o foco de procedimentos estéticos é trazer harmonia ao corpo. Mas, para isso, também é importante considerar idade, histórico de patologias, tom de pele, personalidade e muito mais. Por essa razão, a decisão de uma cirurgia deve ser sempre orientada por profissionais qualificados

Naturalmente, a análise efetuada pelo cirurgião plástico não considera apenas intenções estéticas. Isso porque incômodos com manchas, excesso de peso ou qualquer outra característica física pode apontar um problema de saúde. 

Por exemplo, um nariz pontudo, algumas vezes, pode se associar a um desvio de septo. Você sabia? Então, o incomodo estético que o paciente pode sentir também deve causar problemas respiratórios e outros relacionados. 

É importante, então, que saúde e estética andem juntos. Assim, não se pode realizar procedimentos estéticos de maneira que a saúde fique em segundo lugar. Da mesma forma, é importante que, quando executados com foco na saúde, ajudem na estética. Afinal, a aparência influência diretamente a autoestima.

Como saber se o limite entre saúde e estética foi ultrapassado?

Você já entendeu que ultrapassar os limites entre saúde e estética é perigoso. Ainda assim, nem sempre é fácil reconhecer quando isso ocorre. Por isso, veja alguns sinais que devem ser analisados.

Descontentamento exagerado

Muitas vezes, a busca por procedimentos cirúrgicos e estéticos é constante e, ainda assim, não existe satisfação com os resultados. Portanto, sempre existe algum descontentamento e a autoimagem não satisfaz os olhos. Nesse caso, pode ser necessário o acompanhamento psicológico para ajudar a tratar problemas na saúde mental, que afetam a percepção de si.

Falta de hábitos saudáveis

A prática de procedimentos estéticos e cirúrgicos é sempre bem-vinda, caso os médicos recomendem. Contudo, ela deve complementar hábitos saudáveis, e não os substituir. Por exemplo, não adianta buscar uma lipoaspiração, mas sempre sair da dieta saudável, na intenção de resolver o problema novamente depois que houver um aumento de gordura abdominal.

Busca por procedimentos estéticos baratos

A busca por procedimentos estéticos precisa priorizar a qualidade, para não comprometer a saúde. Então, se a sua prioridade tem sido investir nas versões mais acessíveis que surgem, ligue o alerta. Esse pode ser um sinal que os limites foram ultrapassados.

Falta de aceitação da realidade

Não é incomum encontrar pessoas que busquem procedimentos estéticos para ficar com o bumbum de uma famosa, a boca de outra e assim por diante. O problema não é ter inspirações e referências, mas ter baixa aceitação da realidade e das diferenças de cada tipo físico. Se isso ocorre, a satisfação nunca surge e os limites são facilmente ultrapassados.

Dispensar o acompanhamento de profissionais

Como visto, o profissional é fundamental para indicar os melhores procedimentos para cada pessoa. Da mesma maneira, ele é o mais capacitado para dizer quando essas soluções são dispensáveis e até quando um incômodo pode ser contornado de maneira menos invasiva. Logo, dispensar o acompanhamento de profissionais eleva os riscos à sua saúde.

Como melhorar a saúde e a estética no dia a dia?

Você já entendeu como é importante buscar o equilíbrio na saúde e estética. Para isso, é interessante adotar algumas dicas no dia a dia que melhorem essa relação. Além disso, ao colocá-las em prática os resultados dos procedimentos estéticos tendem a ser mais satisfatórios. Acompanhe:

  • alimentação saudável — a ingestão de nutrientes previne uma série de doenças, eleva a sua imunidade e ajuda na aparência física, que ganha um aspecto mais jovial;
  • ingestão de água — é útil para regular o organismo e ainda traz mais brilho e hidratação para a pele e o cabelo;
  • boas noites de sono — dormir bem ajuda a melhorar a aparência física e torna o organismo mais fortalecido e saudável;
  • atividades físicas — manter o corpo em movimento é benéfico para a saúde física e mental, pois ajuda a regular o peso e aumenta a disposição e autoestima.

Então, conseguiu entender qual são os limites entre estética e saúde e como reconhecer se ele foi ultrapassado? Ao ficar por dentro do assunto, você consegue ter uma relação mais saudável com a aparência e evitar uma série de consequências.

O que você achou da temática? Acredita ser difícil reconhecer ou colocar limites quando o assunto é saúde e estética? Compartilhe um comentário! Vamos debater o tema.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.