11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Como é feita a harmonização facial?

Como é feita a harmonização facial?

A harmonização facial é um tratamento personalizado, podendo ser realizado com diferentes técnicas e procedimentos estéticos a depender do caso. Saiba mais aqui!

A harmonização facial é um tratamento estético que visa o rejuvenescimento facial ou mesmo a busca por estruturas faciais mais harmônicas entre elas a partir de procedimentos estéticos pouco invasivos.

Dessa forma, a harmonização facial consegue entregar resultados personalizados às necessidades da paciente e proporcionar as mudanças estéticas desejadas sem exigir internação hospitalar e realização de cirurgias plásticas. Saiba mais a seguir.

Quais os procedimentos da harmonização facial?

A harmonização facial é um tratamento estético composto por diferentes procedimentos que vão variar de acordo com as demandas do caso, de forma que a indicação é sempre personalizada.

Com isso, o tratamento pode variar de intensidade e resultados, pois devem-se considerar as expectativas do paciente e também as recomendações do cirurgião plástico, profissional mais qualificado para conduzir a técnica.

Preenchimento facial

Um dos procedimentos estéticos mais recomendados na harmonização facial é o preenchimento facial, geralmente com ácido hialurônico.

Nesse tratamento, a substância é injetada com uma agulha muito fina no tecido subcutâneo. O ácido hialurônico age atraindo moléculas de água ao local, aumentando o volume.

O preenchimento facial é recomendado no tratamento de sulcos, como o bigode nasogeniano, e também para melhora do contorno facial e aumento do volume dos lábios.

A substância também pode ser usada na correção de assimetrias faciais no nariz (rinomodelação) e no queixo.

Toxina botulínica

A toxina botulínica promove o relaxamento da musculatura facial, amenizando as rugas dinâmicas, como os pés de galinha, vincos na glabela e outras rugas faciais.

A substância age como um bloqueador neuromuscular, impedindo a contração e a movimentação do músculo tratado.

Lifting com fios

Conheça os processos da harmonização facial

 

O lifting com fios é uma técnica na qual se utiliza uma agulha para criar uma “rede” na derme para amenizar a flacidez facial. Além do resultado imediato, conforme a substância é absorvida pelo organismo ela estimula a produção natural de colágeno.

Microagulhamento na harmonização facial

O microagulhamento é um procedimento estético também usado na harmonização facial que promove uma abrasão controlada da derme, resultando em um processo inflamatório local.

Durante a regeneração dos tecidos, o local recebe mais oxigenação e colágeno, o que contribui na amenização de diferentes incômodos, como flacidez, rugas, melasmas, poros abertos, cicatrizes e outros sinais de envelhecimento da face.

Peeling

O peeling também pode ser realizado na harmonização facial, sendo que existem diferentes técnicas e intensidades que vão depender das demandas do caso.

Em geral, o peeling químico promove uma abrasão da camada superficial da pele, iniciando uma descamação e substituição dos tecidos devido à renovação celular, o que promove o rejuvenescimento.

O peeling é indicado para tratamento de sinais diversos como cicatrizes, melasmas, rugas finas, flacidez e outros.

Bichectomia

A bichectomia é um dos poucos procedimentos definitivos realizados na harmonização facial, mas sua indicação é menos comum.

Nessa microcirurgia é realizada a remoção das bolas de Bichat que são responsáveis pelo volume da bochecha. Algumas pessoas que têm as maçãs do rosto mais proeminentes desejam amenizar essa característica por meio desse procedimento.

A abordagem e a manutenção da harmonização facial demandam um estudo detalhado da face da paciente e das expectativas, observando as estruturas faciais isoladas e conjuntamente. 

Converse com um cirurgião plástico e saiba mais!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).