11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Dicas para aumentar a imunidade do seu corpo

Dicas para aumentar a imunidade

Saber como aumentar a imunidade depende de uma alimentação adequada, mas também outros bons hábitos. Confira!

Muitas pessoas buscam formas milagrosas de como aumentar a imunidade, no entanto, alcançar esse objetivo envolve basicamente manter bons hábitos cotidianos, como alimentação, sono, exercícios e outros.

O sistema imunológico funciona como a defesa do organismo contra agentes infecciosos, como vírus e bactérias. Ele é composto por células, tecidos, proteínas e órgãos que identificam quando algo não está adequado e inicia uma reação em cadeia.

Por exemplo, quando você faz um corte leve, a região fica vermelha e começa a se formar um líquido espesso que atua na cicatrização. Isso é o sistema imunológico agindo para matar os micro-organismos e evitar o agravamento da ferida com uma infecção.

Quando o sistema imunológico não vai bem é possível identificar a partir de vários sintomas, como ficar doente facilmente, ter mais infecções, febre e calafrios, cansaço contínuo, diarreia, náuseas e vômitos.

8 dicas de como aumentar a imunidade

O sistema imunológico depende de cuidados diversos com o corpo, por conta disso, não adianta se alimentar bem, mas ser sedentário. Trata-se de um conjunto de fatores que vai ajudar a fortalecer e deixar seu corpo menos suscetível às doenças. Confira!

1. Beber mais água

Uma das principais formas de como aumentar a imunidade é beber a quantidade adequada de água por dia, pois ela ajuda no funcionamento correto das reações bioquímicas.

A recomendação é beber 35ml de água para cada quilo corporal. Assim, uma pessoa com 60kg, por exemplo, precisa consumir 2,1 litros de água por dia.

2. Diversificar o consumo de frutas

As frutas estão entre as principais aliadas no fortalecimento do sistema imunológico. A recomendação são três porções por dia – o que significa diversificar as opções de frutas consumidas.

As frutas cítricas, como laranja, limão, lichia e acerola estão entre as mais recomendadas devido à presença de vitamina C que é um antioxidante que ajuda a reduzir o dano celular.

3. Ter uma alimentação balanceada

Além de inserir e diversificar o consumo de frutas, a reeducação alimentar é essencial em para aumentar a imunidade. Os nutrientes que ingerimos estão entre os principais responsáveis por um organismo mais saudável. Entre as opções destacam-se:

  • folhas verde escuras, como rúcula, couve, brócolis e outros;
  • alimentos ricos em zinco, como carne, cereais integrais, sementes e leguminosas;
  • oleaginosas como  nozes, castanhas, amêndoas e óleos vegetais que são ricos em zinco e vitamina E;
  • gengibre, que é rico em vitaminas C, B6 e tem ação bactericida;
  • pimenta, que é fonte de vitamina A;
  • alho e cebola, devido a presença de vitamina A, C e E, além de a cebola ser um anti-inflamatório natural;
  • iogurte, que ajuda na regulação da flora intestinal.

Invista nesses alimentos na dieta e, mais importante, reduza o consumo de doces, processados, condimentos e outras opções industrializadas.

4. Avaliar a necessidade de suplementos de vitaminas

Os suplementos de vitamina realmente podem ajudar no fortalecimento do sistema imunológico, mas é importante que essa indicação seja realizada por um médico após avaliação do seu quadro de saúde.

O consumo indiscriminado e desnecessário pode prejudicar o sistema imunológico em vez de favorecê-lo.

5. Realizar atividades físicas periódicas

A prática regular de atividades físicas apresenta diversos benefícios à saúde, como controle do peso, melhor condicionamento físico, melhora do sistema cardiovascular e respiratório.

Além disso, os exercícios físicos ajudam diretamente no sistema imunológico ao promover um aumento das células de Linfócitos T que são capazes de destruir os micro-organismos invasores e células infectadas.

Como aumentar a imunidade

6. Manter bons hábitos de vida

Existem diversos hábitos saudáveis que devem ser mantidos por quem quer saber como aumentar a imunidade. Entre eles:

  • dormir bem: o sono de qualidade permite a regeneração celular que é fundamental para bom funcionamento do organismo e sistema imunológico;
  • reduzir o álcool: a bebida alcoólica está relacionada com prejuízos ao sono, sobrecarga dos rins e fígado, retenção de líquidos e desidratação, fatores que reduzem a imunidade;
  • não fumar: o tabaco prejudica a circulação sanguínea, limitando a capacidade de distribuição de nutrientes no organismo e afetando a resposta a infecções;
  • evite o estresse: o estresse eleva os níveis de cortisol no organismo, hormônio que diminui a defesa do organismo e deixa o sistema imunológico mais vulnerável.

Portanto, são bons hábitos diários que garantem que seu sistema imunológico fique mais atento para responder a um invasor, seja uma gripe, um ferimento ou mesmo uma recuperação de cirurgia plástica.

7. Manter a caderneta de vacinação atualizada

A vacinação em dia é um dos principais cuidados para quem não quer ficar doente e deseja saber como aumentar a imunidade.

A vacina tem o próprio agente, no entanto, em uma carga muito baixa ou até inativa para que a pessoa não fique doente, mas para que o organismo possa desenvolver as células de defesa contra os patógenos.

Dessa forma, se no futuro você for exposto a esse mesmo patógeno, não ficará doente porque seu sistema imunológico já consegue combatê-lo sozinho.

8. Tome sol

O sol é um grande aliado para aumentar a imunidade. Ele ajuda na síntese da vitamina D e também energiza as células-T do organismo, que são responsáveis por eliminar os patógenos.

Com esses dois benefícios, tomar sol por 15 minutos por dia pode te ajudar a manter a imunidade em alta.

São várias as dicas de como aumentar a imunidade que vão te deixar menos suscetível a doenças, além de contribuir na sua disposição física e emocional.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).