11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Como a fisioterapia pode ajudar na recuperação da cirurgia plástica

Saiba quais são os benefícios de aliar os cuidados de um bom fisioterapeuta a sua recuperação pós cirúrgica

 

Embora muita gente desconheça, a fisioterapia tem um papel fundamental na recuperação de pacientes que realizaram uma cirurgia plástica recente. 

Isso porque, após o procedimento, é normal que apareçam alguns efeitos colaterais indesejados como a dor, o edema, as equimoses e outros desconfortos, podendo inclusive levar a quadros mais sérios de saúde, prejudicando os resultados obtidos. 

Neste sentido, tão importante quanto entender as recomendações médicas de cuidados no pós-operatório, conhecer os benefícios da fisioterapia pós cirurgia plástica é indispensável para se obter sucesso com o procedimento. 

Fisioterapia no pós operatório

Por mais segura e minimamente invasiva que seja uma cirurgia plástica, é fato que o processo de reparo e reconstrução de diferentes partes do corpo provoca uma série de lesões e traumas nos tecidos da região operada. 

E, é justamente por essas questões que a fisioterapia é considerada uma importante aliada dos procedimentos. 

Podemos defini-la basicamente como um conjunto de técnicas e recursos que tem como principal finalidade a prevenção e recuperação de pacientes com doenças geradas por alterações genéticas, traumas ou enfermidades adquiridas. 

Qual o papel do fisioterapeuta durante a recuperação?

Na cirurgia plástica, o papel do fisioterapeuta é justamente contribuir nos cuidados pós-operatórios, orientando os pacientes indicações necessárias para evitar complicações.

Nisso inclui-se indicações de postura mais adequada, movimentos que podem ser feitos e até mesmo formas de aliviar as dores na região operada. 

Além disso, o profissional deverá aplicar as técnicas (manuais ou não) para devolver a flexibilidade e mobilidade ao paciente, bem como promover maior conforto durante o período, minimizando os impactos do procedimento.

Veja como a fisioterapia pós ajudar no pós-cirugico

Quais técnicas são utilizadas?

Dentre as principais técnicas utilizadas pelo fisioterapeuta, podemos destacar os seguintes procedimentos: 

Drenagem linfática

Uma das principais recomendações para quem realiza uma cirurgia plástica como a lipoaspiração, abdominoplastia e outros procedimentos, a drenagem linfática ajuda na prevenção de edemas, hematomas, equimoses e principalmente na circulação.

Realizada de forma manual, a técnica consiste basicamente em drenar os líquidos e resíduos metabólicos e estimular a circulação linfática através de massagens feitas pelo profissional. 

Cinesioterapia

A técnica visa trabalhar a parte funcional do corpo, com exercícios e alongamentos apropriados de acordo com a cirurgia realizada, caso ocorra alguma limitação de movimento no paciente. 

Liberação tecidual funcional

Consiste em um tratamento simples e indolor com o objetivo de provocar um rearranjo na estrutura dos tecidos, orientando as fibras de cicatrização e de colágeno, muito utilizada para prevenção de fibroses. 

Ultrassonoterapia

Através dos seus efeitos térmicos e não térmicos, essa técnica utiliza a ultrassonografia (ondas sonoras) para auxiliar no processo de cicatrização e reparo das lesões ocasionadas na cirurgia. 

Dessa forma, entende-se que para desfrutar dos benefícios da fisioterapia pós cirurgia plástica é necessário que as técnicas sejam aplicadas por uma equipe multidisciplinar e capacitada para exercê-los.

Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, não deixe de marcar uma avaliação para entender melhor como funciona todo o processo. Ficaremos felizes em atendê-la!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).