11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Brasil é líder mundial em cirurgias plásticas

Mulher em avaliação de cirurgia plástica

Brasil ultrapassa 1,4 milhão de cirurgias plásticas por ano e torna-se líder mundial em procedimentos estéticos

Estudo publicado em dezembro de 2019 revelou que o Brasil ultrapassou os Estados Unidos como país que mais realiza cirurgias plásticas de acordo com dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS).

A pesquisa, considerando dados de 2018, revelou que foram realizadas mais de 1,498 milhão de cirurgias plásticas estéticas no Brasil, enquanto os procedimentos estéticos não-cirúrgicos foram 969 mil.

Quais as cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil?

A crescente procura pelas cirurgias plásticas no Brasil demonstra que as técnicas, cada vez mais, têm relação com a melhorar a saúde, da autoestima e também da felicidade das pacientes.

Em nível global, a ISAPS constatou que as mulheres representam 87,4% das pacientes que buscam intervenções estéticas enquanto os homens representam 12,6% do total.

A seguir conheça quais as cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil e quais as indicações de cada procedimento.

Mamoplastia de aumento

O procedimento mais realizado no Brasil é a mamoplastia de aumento, cirurgia que visa o aumento do volume dos seios sendo indicada principalmente para mulheres insatisfeitas com o tamanho das mamas.

Essa técnica envolve a colocação da prótese de silicone que pode ser de diferentes volumes, materiais e formatos para proporcionar um resultado mais harmônico com o corpo da paciente e suas preferências.

Lipoaspiração

A segunda cirurgia plástica mais realizada é a lipoaspiração, que visa eliminar depósitos de gordura localizada em diferentes regiões do corpo, como flancos, abdômen, glúteos, coxas, joelhos, braços e outras.

O procedimento é recomendado para pacientes que estejam dentro do peso ideal, mas que têm dificuldade para definição do contorno corporal com cuidados como alimentação e exercícios físicos.

Abdominoplastia

A abdominoplastia é a cirurgia plástica indicada para remover o excesso de pele e flacidez da região abdominal. Essa técnica é muito procurada após uma perda de peso considerável, como depois da cirurgia bariátrica.

O tratamento também é recomendado para mulheres após múltiplas gestações que apresentam acúmulo de pele na região abdominal.

Existem diferentes técnicas da abdominoplastia que podem ser empregadas, como a tradicional, que envolve uma região maior do abdômen, como também a mini-abdominoplastia que é uma intervenção menor.

Blefaroplastia

A blefaroplastia consiste na cirurgia plástica para correção estética das pálpebras que, quando com excesso de pele, podem proporcionar uma aparência envelhecida e cansada e também prejudicar a visão da paciente.

Essa técnica é recomendada para reverter quadros de ptose palpebral ou pseudoptose palpebral e também pode incluir a remoção de xantelasmas.

Mastopexia

A mastopexia é a cirurgia indicada para amenizar a flacidez mamária sendo indicada para pacientes após a amamentação ou após a perda significativa de peso.

Esse tratamento pode ser associado à colocação de prótese mamária de acordo com as características físicas da paciente, seus objetivos com a intervenção cirúrgica e a avaliação estética do cirurgião plástico.

Após essas cinco cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil se encontram outros procedimentos como: redução mamária, rinoplastia e lifting facial.

Mulher no preparo para cirurgia plástica

Quando a cirurgia plástica é indicada?

A liderança do Brasil na realização de cirurgias plástica é, para algumas pessoas, um tema polêmico, podendo indicar a não aceitação do próprio corpo ou a busca por atender a padrões de beleza.

No entanto, profissionais da saúde e cirurgiões plásticos que lidam diariamente com essas pacientes têm uma visão distinta. A cirurgia plástica, cada vez mais, tem contribuído na melhora da saúde, autoestima e satisfação pessoal das pacientes.

Atualmente, a avaliação psicológica, ponderando as expectativas da paciente, é cada vez mais considerada no momento de indicação do procedimento estético, visando que essas mulheres sintam-se mais felizes e confortáveis no próprio corpo.

A intervenção estética é recomendada quando a paciente tem alguma insatisfação estética que limite seu bem-estar, saúde ou autoconfiança.

No entanto, as cirurgias plásticas também podem ser realizadas com fins de saúde, como no caso da mamoplastia redutora para pacientes nas quais o tamanho aumentado da mama causa lesões físicas e desconforto emocional e estético.

Como escolher um cirurgião plástico?

Com o Brasil líder na realização de cirurgias plásticas no mundo as pacientes devem ficar atentas à escolha do cirurgião plástico responsável.

A escolha de um especialista de confiança é determinante na segurança do procedimento, definição de uma técnica apropriada às expectativas da paciente e adoção de cuidados com a saúde física e emocional no pré-operatório.

Avalie, por exemplo, se o cirurgião plástico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), se tem experiência na realização da cirurgia almejada e se conta com a infraestrutura necessária para execução do procedimento cirúrgico.

Com atenção a todos esses aspectos você garante uma cirurgia plástica mais segura e com melhores resultados.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).