Alimentos que Ajudam na Cicatrização Após Cirurgias Plásticas

alimentos cicatrização

Os alimentos fornecem substâncias fundamentais para estimular o processo de cicatrização, por isso é importante saber fazer boas escolhas

As cirurgias plásticas geralmente são feitas porque desejamos corrigir um problema estético, que não causa grandes consequências para a saúde – embora possa trazer grandes transtornos psicológicos e problemas emocionais.

Apesar de estarmos saudáveis, toda cirurgia representa uma agressão ao organismo, pois os tecidos serão lesionados ao receberem as incisões. Por isso, é necessário respeitar o período de recuperando, fazendo o repouso recomendado e seguindo as orientações médicas.

Um dos cuidados desse período está na alimentação, que pode tanto favorecer quanto prejudicar o processo de cicatrização. Confira as dicas a seguir para saber em quais alimentos devemos investir depois de uma cirurgia plástica:

Alimentos que ajudam a cicatrização

Em geral, como você pode imaginar, são os alimentos ricos em vitaminas, aminoácidos, proteínas e minerais que mais ajudam nosso organismo no processo de cicatrização.

Com o aporte adequado desses nutrientes, o corpo consegue recuperar mais rapidamente os tecidos que foram lesionados durante as cirurgias plásticas ou depois que fazemos uma tatuagem ou colocamos um piercing.

Confira a lista a seguir com os alimentos mais importantes durante a cicatrização:

Alimentos ricos em vitamina K

Brócolis

A vitamina K é um fator essencial na coagulação, evitando sangramentos e facilitando o processo de cicatrização. Essa vitamina pode ser encontrada em vegetais como brócolis, aspargo e espinafre.

Alimentos ricos em vitamina A

cenoura

A vitamina A atua como um agente anti-inflamatório, reduzindo as chances de ocorrer problemas na cicatriz. Ela pode ser encontrada em alimentos geralmente alaranjados ou avermelhados, como a cenoura, a manga, o tomate e a beterraba.

Alimentos ricos em ômega 3

salmão

As ácidos graxos ômega 3 também atuam como um fator anti-inflamatório, favorecendo o processo de cicatrização. Ele é encontrado na sardinha, no salmão, no atum e nas sementes de chia.

Alimentos ricos em proteínas

ovo

As proteínas são necessárias para formar o novo tecido que vai recobrir a lesão ou o ferimento e elas podem ser encontradas em alimentos como carne magra, peixe, ovo, leite e derivados.

Frutas ricas em vitamina C

morango

As frutas ricas em vitamina C tem poder cicatrizante, pois elas a formação do colágeno, a proteína responsável pela firmeza da pele. Invista principalmente na laranja, na acerola, no limão, no morango e no mamão.

Alimentos ricos em ferro

grão de bico

O ferro é um mineral fundamental para o bom funcionamento do transporte de nutrientes e oxigênio pelo sangue. Sem ele, o organismo pode ter dificuldades para levar essas substâncias para o local da incisão.

O ferro está presente nas carnes vermelhas, no fígado, nos vegetais verde-escuros (brócolis, couve, espinafre etc.) e nas leguminosas (grão-de-bico, lentilha, ervilha, feijão etc.)

Alimentos ricos em valina

soja

A valina é um aminoácido essencial, ou seja, ela não é produzida pelo nosso organismo, e todo o seu aporte precisa vir da alimentação. Depois de uma cirurgia plástica, a valina é importante para estimular a regeneração dos tecidos.

Ela pode ser obtida com a ingestão de alimentos como peixes, carnes, lentilhas, soja, cogumelos e feijão.

Alimentos ricos em vitamina E

amendoas

A vitamina E é bastante conhecida por suas propriedades benéficas para a pele. Por ser antioxidante, ela ajuda a combater a ação dos radicais livres e ainda contribui para a qualidade da nova pele que vai se formar.

A vitamina E pode ser encontrada em alimentos como semente de girassol, avelã, amendoim, castanha-do-pará e amêndoas.

Alimentos que podem atrapalhar o processo de cicatrização

Alimentos pesados e gordurosos

churrasco

Você já deve imaginar que não deve comer uma feijoada quando estiver se recuperando das cirurgias plásticas. Afinal, seu corpo precisa de energia para cicatrizar e se recuperar, e você não deve sobrecarregá-lo com alimentos de difícil digestão.

Por causa disso, alimentos pesados e gordurosos, como churrasco e molhos à base de queijo, devem ser deixados de lado por algum tempo.

Alimentos ricos em açúcar

sorvete

Também é preciso evitar alimentos ricos em açúcar, como bolos, refrigerantes, chocolates, sorvete e biscoitos.

A explicação para isso é que o açúcar pode dificultar a circulação sanguínea, reduzindo o aporte de oxigênio e nutrientes para o local da incisão.

Alimentos industrializados

pizza

Além de serem ricos em açúcar e gordura trans, os alimentos industrializados também são cheios de sódio, que favorece a retenção de líquidos. Com isso, pode haver um aumento do inchaço natural depois das cirurgias plásticas, atrapalhando a cicatrização.

Camarão

camarão

Um alimento que talvez você não imagine que possa prejudicar a cicatrização é o camarão. Quando fazemos cirurgias plásticas, é normal haver uma pequena inflamação depois do corte, que indica ao organismo que está na hora de ativar o processo de cicatrização.

O problema é que o camarão é rico em uma substância chamada quitosana, que acentua ainda mais os processos inflamatórios, podendo causar uma reação inflamatória exagerada.

Se isso acontecer, as células de defesa vão migrar em massa para a região da incisão, formando mais colágeno do que o necessário. Essa sobrecarga de colágeno pode então aumentar o risco da formação de um queloide, cicatriz que não para de crescer.

Abacate

abacate

Em geral, as frutas são muito benéficas para o processo de cicatrização, pois elas são fontes de vitamina C. Uma exceção a essa regra, porém, é o abacate, pois essa fruta contém substância que diminui a ação da colagenase.

A colagenase é uma enzima que destrói o colágeno, de forma que essa recomendação pode parecer conflitante em um primeiro momento. O colágeno é sim fundamental para a cicatrização, mas, em excesso, ele pode dar origem a um queloide.

Dessa forma, a colagenase precisa estar totalmente ativa durante o processo de cicatrização para que nosso organismo consiga manter um nível saudável de colágeno depois das cirurgias plásticas.

Na dúvida sobre a alimentação ideal, sempre consulte o seu cirurgião e siga as orientações recomendadas por ele. Fazer a sua parte é essencial para obter os resultados desejados.

CTA Ainda tem duvidas