Confira os cuidados da abdominoplastia na terceira idade

Mulher terceira idade com cirurgia plástica

Saiba quando a cirurgia plástica na terceira idade é indicada e quais os procedimentos mais comuns!

A cirurgia plástica na terceira idade torna-se cada vez mais comum com homens e mulheres mais vaidosos e buscando associar qualidade de vida, beleza e satisfação pessoal independente da idade.

A realização de cirurgias plásticas não é contraindicada na terceira idade, mas demanda alguns cuidados especiais, assim como uma investigação pré-cirúrgica mais ampla e detalhada.

A seguir saiba quais os procedimentos mais procurados nessa faixa etária e algumas particularidades da abdominoplastia na terceira idade.

Quais as cirurgias plásticas mais realizadas na terceira idade?

De acordo com dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), quase 13% das cirurgias plásticas realizadas nos EUA em 2016 foram em pessoas com mais de 65 anos.

E esse público tem algumas cirurgias preferidas visando amenizar alterações estéticas que ficam mais evidentes nessa idade. Conheça quais são elas!

Lifting facial

O lifting facial é a cirurgia plástica facial recomendada para sinais mais avançados de envelhecimento na face, como flacidez, papada e perda da harmonia facial.

O procedimento é indicado para homens e mulheres e visa amenizar as linhas de expressão, rugas, flacidez e depósitos de gordura, como no pescoço.

Abdominoplastia

Outra cirurgia plástica na terceira idade muito comum é a abdominoplastia. Esse procedimento visa à remoção do excesso de pele e flacidez da região abdominal.

Além de a redução do colágeno e do ácido hialurônico com a idade favorecer a flacidez da pele, o efeito sanfona, as gestações passadas e as alterações hormonais pré-menopausa provocam o ganho de peso concentrado no abdômen.

Dessa forma, muitas mulheres chegam aos 60 anos com desejo de melhorar a aparência do abdômen, mas os exercícios físicos já não apresentam resultados satisfatórios.

Nesses casos, a abdominoplastia apresenta bons resultados para remover esse excesso de pele da região e melhorar a autoestima da paciente.

Mamoplastia

A mamoplastia também é uma técnica procurada por mulheres que já ingressaram na terceira idade. Nesses casos, a amamentação passada e a flacidez podem resultar em seios caídos.

Para esses casos pode ser recomendada a mastopexia, que consiste na remoção do excesso de pele e levantamento dos seios, como também o uso de prótese de silicone para devolver o volume e firmeza aos seios.

Mulher da terceira idade

Quais as particularidades da abdominoplastia nessa faixa etária?

Uma cirurgia plástica na terceira idade como a abdominoplastia pode beneficiar tanto a aparência e autoestima da paciente como ser importante para proporcionar mais qualidade de vida e saúde.

Esse é o caso de idosas (ou idosos) que já foram obesas, com abdômen muito grande, e que perderam peso, ficando com o excesso de pele nessa região.

A grande quantidade de pele associada à flacidez pode causar desconforto físico e resultar em assaduras nas dobras em períodos mais quentes, como no verão.

Esse incômodo pode ser amenizado com a abdominoplastia que faz a remoção desse excesso de pele e pode ser realizada previamente uma lipoaspiração para retirada de depósitos de gordura localizada que afetem a região.

Como nos mais jovens, essas cirurgias não são indicadas para perder peso, mas podem apresentar resultados satisfatórios nas mulheres que estão no peso ideal, mas se incomodam com a pele sobressalente no abdômen.

Quais os cuidados especiais com a cirurgia plástica na terceira idade?

Devido ao envelhecimento que afeta inevitavelmente a capacidade de regeneração do organismo, a realização da cirurgia plástica na terceira idade tem algumas particularidades que devem ser respeitadas por pacientes e cirurgiões plásticos.

Os principais aspectos a serem considerados e avaliados conjuntamente influem:

  • verificação do quadro de saúde completo da paciente, com exames de sangue, cardíacos, respiratórios, de urina e outros que permitam um conhecimento completo do caso;
  • avaliar se as expectativas em relação à técnica são realistas, pois ainda que a cirurgia plástica possa oferecer um tipo de rejuvenescimento estético, ela não vai interromper o processo natural de envelhecimento;
  • analisar a extensão do procedimento desejado, visto que na terceira idade não é recomendada a associação de cirurgias devido a recuperação mais lenta e o trauma físico;
  • verificar as condições da paciente de realizar um pós-operatório mais longo e acompanhado, pois a recuperação é mais lenta.

Todas essas condições devem ser avaliadas com cautela pelo médico e pela própria paciente para garantir uma cirurgia mais segura e evitar complicações durante a recuperação.

Existem contraindicações?

A investigação detalhada do quadro de saúde da paciente antes da abdominoplastia pode indicar algumas restrições à cirurgia, como:

  • pacientes com diabetes;
  • pacientes com doenças cardíacas ou respiratórias;
  • pessoas com mobilidade reduzida que podem ter dificuldade de readaptação após o procedimento;
  • pacientes que apresentam alterações em exames, como no Holter ou no teste ergométrico;
  • pessoas com doenças autoimunes.

Portanto, antes da cirurgia plástica na terceira idade é essencial uma avaliação completa da saúde da paciente. A realização da abdominoplastia e de outros procedimentos estéticos é possível nessa faixa etária, mas exige cuidado e profissionalismo.

Por essas razões é fundamental escolher um cirurgião plástico de confiança e que faça uma avaliação completa antes de dar seguimento ao tratamento.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp