11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Cirurgia íntima: descubra todos os procedimentos possíveis

Cirurgia plástica

Saiba mais sobre a cirurgia íntima e descubra os procedimentos possíveis.

Nas últimas décadas, a sociedade vem passando por várias transformações e a tecnologia contribuiu diretamente para essas mudanças. Graças aos avanços da ciência. Temos acesso a coisas que seriam inimagináveis há duas décadas. A modernidade está por todo lado e também marca presença em áreas como a Medicina, por exemplo.

Nos últimos anos, a cirurgia plástica, que antes era vista como fútil e desnecessária. Vem sendo cada vez mais apreciada pelas brasileiras e os procedimentos estão muito mais seguros, práticos e acessíveis hoje em dia. Dentre tantas modalidades da cirurgia plástica. Muitas mulheres vão em busca da cirurgia plástica íntima. Que está ganhando cada vez mais popularidade.

A cirurgia plástica íntima, como o próprio nome já indica. É realizada na região íntima da mulher e tem como objetivo reduzir os lábios vaginais, corrigir cicatrizes, reconstruir o hímen, aumentar os lábios ou rejuvenescer a vagina após agressões causadas por partos ou traumas.

Segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS). O Brasil foi líder na cirurgia de rejuvenescimento vaginal em 2013. O estudo aponta ainda que o índice de satisfação foi de quase 100% e as mulheres não só se sentiram melhor com relação a seus corpos, como também resgataram sua vida sexual.

cirurgia-intima

O que é cirurgia íntima?

Como o próprio nome já diz, trata-se de uma cirurgia plástica que visa modificar a aparência da região pubiana da mulher a fim de melhorar a estética. A vagina é uma área importante na vida de qualquer mulher. E sua estética tem relação direta com uma autoestima elevada e uma vida sexual mais ativa, por exemplo.

Uma aparência vaginal que não é nada atraente pode acabar trazendo frustrações. Que levarão a sérios problemas psicológicos. Para tentar corrigir o problema, muitas mulheres recorrem a cirurgias plásticas com o desejo de melhorar a estética da região íntima. Algumas das cirurgias íntimas incluem o tensionamento, a reconstrução, o embelezamento da vagina e a redução de seu tamanho.

Labioplastia: cirurgia para a redução do tamanho dos lábios vaginais e correção de assimetrias. Além das pacientes que desejam corrigir assimetrias. Há também aquelas que recorrem à cirurgia porque experimentam irritação nos lábios ao andarem de bicicleta ou realizarem outras atividades rotineiras.

Redução do clitóris: procedimento que visa reduzir a pele que envolve o clitóris, expondo o clitóris ou a glande. Essa cirurgia plástica tem como objetivo aumentar o estímulo e maximizar o prazer sexual.

Vaginoplastia: procedimento que visa reconstituir a vagina por meio da remoção do excesso de tecido da mucosa vaginal. A cirurgia é indicada para mulheres que estejam sofrendo com a perda do tônus vaginal, seja por terem tido múltiplos partos, por traumas ou pelo envelhecimento natural da região.

Himenoplastia: procedimento que visa reconstruir o hímen – prega formada por uma membrana mucosa que fecha o orifício externo da vagina da mulher virgem – para sua ruptura na relação sexual.

cirurgia-intima-labios-vaginais

Riscos e complicações da cirurgia íntima

A busca pelo corpo ideal não se resume a seios firmes e bumbum perfeito. Hoje, muitas mulheres estão em busca da cirurgia plástica íntima para resolver outros problemas estéticos. Assim como em qualquer outra cirurgia plástica, a cirurgia íntima não está isenta de riscos. Os principais riscos podem incluir formação de tecido cicatricial, infecção, dor durante a relação sexual e uma possível diminuição de sensibilidade no clitóris.

As complicações também podem agravar problemas sexuais ao invés de curá-los. Uma vez que a cirurgia danifica o suprimento nervoso da área e compromete sua sensibilidade e satisfação. Portanto, o recomendável é refletir bem sobre as razões para ter certeza de que a cirurgia não trará arrependimentos. Além, claro, de procurar um especialista confiável e experiente na área.

cirurgia-intima-ninfoplastia

Você também pode gostar de: Cirurgia plástica: Conheça os principais tipos

Conheça o procedimento em: Ninfoplastia

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. marta oliveira disse:

    qual o valor?

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Oi, Marta! Tudo bem?

      Para definir os valores é necessário que você passe por uma avaliação pessoalmente, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/3Dqr6G

      Beijos!