Menu

Bioplastia: Conheça Esse Procedimento Definitivo Para Rejuvenescimento

Corrigir sulcos e rugas, aumentar os lábios, remodelar o nariz e rejuvenescer as mãos são algumas das possibilidades desse tratamento

A bioplastia é uma técnica que visa promover o rejuvenescimento do rosto e melhorar os contornos da face e do corpo. Esse procedimento oferece bons resultados, mas é preciso observar alguns cuidados para manter a segurança.

Diferente do preenchimento com ácido hialurônico, que dura cerca de dois anos, este procedimento oferece resultados definitivos – e esta é uma das vantagens e também das desvantagens dessa técnica.

O que é a bioplastia

A bioplastia é um preenchimento permanente feito com o PMMA (polimetilmetacrilato), também chamado de metacril, um gel sintético composto por micropartículas de acrílico que costuma ser bem tolerado pelo organismo.

O PMMA antigamente era utilizado na odontologia e em outras áreas da medicina, como a ortopedia e a neurologia, e mais recentemente se tornou mais popular também na medicina estética.

Nesse caso, o PMMA é injetado por meio de microcânulas no tecido subcutâneo, na região intramuscular ou próximo ao osso, de forma a dar mais volume, modificar contornos, corrigir depressões ou levantar uma área em específico.

rosto de mulher olhando para tela maquiada

Além disso, o produto também estimula a produção de colágeno, a substância responsável por conferir firmeza e elasticidade à nossa pele. Assim, podem ser observados resultados imediatos e também de médio prazo com esse procedimento estético.

Indicações da bioplastia

Embora existam técnicas que utilizam esse tratamento no corpo todo, a bioplastia é indicada para melhorar a aparência de pequenas imperfeições por questões de segurança. Assim, as principais recomendações desse procedimento são as seguintes:

  • Corrigir rugas e sulcos de tamanho médio a profundo (especialmente o bigode chinês);
  • Preencher cicatrizes;
  • Aumentar o volume dos lábios, mandíbula, maçãs do rosto e queixo;
  • Deixar o nariz mais empinado;
  • Melhorar o contorno facial;
  • Preencher e rejuvenescer o dorso das mãos;
  • Corrigir rinoplastias secundárias.

O preenchimento com PMMA algumas vezes também é utilizado para aumentar o volume dos glúteos, coxas e panturrilhas. Contudo, esse tipo de uso é desaconselhado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, e a Dra. Luciana Pepino NÃO faz esses procedimentos.

Como é a sessão de bioplastia

O procedimento é pouco invasivo e pode ser realizado no próprio consultório ou na clínica sob anestesia local. Para volumes maiores, quando é necessário fazer sedação intravenosa, a bioplastia deve ser feita em ambiente hospital.

Depois da anestesia, o gel é injetado com microcânulas de forma a corrigir as imperfeições. O paciente é liberado logo depois do procedimento e pode retomar suas atividades imediatamente quando a área tratada é pequena, como sulcos, nariz e maçãs do rosto.

No caso de áreas maiores, recomenda-se fazer repouso relativo para evitar o inchaço excessivo. É indicado fazer compressas de gelo na região para aliviar o edema. Em geral, o procedimento não causa muita dor, e o desconforto é aliviado com analgésicos.

Como se trata de um preenchimento definitivo, a Dra. Luciana opta por fazer a bioplastia em etapas quando necessário, deixando um intervalo de 30 dias entre as sessões.

Quais são os riscos da bioplastia?

Como dissemos antes, a Dra. Luciana Pepino não faz bioplastia de glúteos e de outras regiões maiores, apenas de pequenas áreas como rugas e sulcos, por exemplo, quando o procedimento oferece segurança.

Além de ser desaconselhado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o uso de grandes quantidades de PMMA oferece sérios riscos à saúde por sua característica de ser um procedimento definitivo.

As micropartículas de acrílico que compõem esse produto não são absorvidas pelo organismo (e é isso que dá o caráter permanente à bioplastia). Porém, o gel que as envolve pode ser absorvido, de forma que essas partículas se espalham pelos tecidos.

Caso haja uma alergia ou outro tipo de reação a esse material, que pode dar origem a nódulos e deformidades, é preciso fazer pelo menos duas cirurgias para corrigir o problema, mas nem sempre a região volta ao seu estado original.

Como as microesferas estão espalhadas pelo corpo, será praticamente impossível removê-las totalmente sem remover o tecido sadio ao seu redor. Por isso, seu uso não é recomendado para áreas como glúteos, coxas e panturrilhas.

Além disso, em caso de alergias ou infecções graves, o paciente poderá ter que utilizar medicamentos corticosteroides por toda a vida, pois o agente desencadeador continuará no organismo da pessoa.

Outro risco envolvido na bioplastia é que existem diversas marcas de PMMA de baixa qualidade, e inclusive há algumas que circulam pelo país mesmo sendo proibidas pela Anvisa.

Por isso, mesmo que você pretenda modificar apenas uma região pequena, a clínica escolhida para fazer seu procedimento deve ser de total confiança, garantindo que todas as recomendações de segurança e higiene sejam seguidas.

Preenchimento permanente: vantagem e desvantagem

Quando pensamos que o preenchimento mais tradicional, feito com ácido hialurônico, tem uma duração média de até dois anos, sendo necessário refazer o tratamento depois desse tempo para manter os resultados, a bioplastia oferece uma vantagem por ser permanente.

Ou seja, os resultados do preenchimento com PMMA não são perdidos com o passar do tempo, pois as micropartículas não são absorvidas pelo organismo.

Por outro lado, essa mesma característica de ser permanente também pode representar uma desvantagem, pois é muito difícil corrigir um procedimento que tenha gerado resultados exagerados, como um aumento excessivo nos lábios.

boca de mulher sorrindo com batom vermelho

Dessa forma, quando consideramos os indicações, os riscos, as vantagens e as desvantagens da bioplastia, fica claro que o procedimento pode sim oferecer boas soluções, mas é preciso que ele seja feito em uma clínica séria e por um médico devidamente habilitado.

Se você gostaria de corrigir imperfeições na face ou no corpo, sejam elas relacionadas ao envelhecimento ou não, agende sua consulta com a Dra. Luciana Pepino para conhecer mais sobre a bioplastia e outras opções de tratamento para o seu caso.

  • 226
    Shares

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Raquel disse:

    Amei…qt custa ese procedimento?

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Oi, Raquel! Tudo bem?

      Para definir os valores é necessário que você passe por uma avaliação pessoalmente, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!