Cirurgia plástica contra a flacidez

Para combater esse impasse, nem sempre um procedimento estético se faz necessário

Por mais que os homens tenham começado a ver a cirurgia plástica como uma opção para melhorar algum ponto do corpo, muitos ainda se perguntam se optar por uma operação, especialmente para remover a flacidez, vale a pena. Assim como as mulheres, o público masculino também se incomoda com a barriguinha e nem sempre a dieta e as atividades físicas conseguem remover a gordura em excesso e, aqueles que emagrecem, se incomodam com a pele que sobra.

A cirurgia plástica para remover a flacidez ajuda a melhorar o contorno do corpo conforme o biótipo do paciente. A lipoaspiração e a abdominoplastia costumam pedir um emagrecimento antes da operação para que a remoção do excesso de gordura aconteça sem comprometer a saúde do paciente. Elas também entram em cena para retirar a pele flácida de quem perdeu grande quantidade de peso. Assim, é importante lembrar que nem tudo realmente precisa ser resolvido com um procedimento estético, sendo que um acompanhamento com um nutricionista e uma mudança na rotina podem ser bem eficientes.

Tudo porque a cirurgia plástica deve ser a última opção para quem quer fazer uma mudança na aparência. É difícil, mas é importante estar satisfeito consigo mesmo antes de encarar o centro cirúrgico. É preciso refletir se a flacidez incomoda, se atrapalha momentos corriqueiros, como a sociabilidade. Nesse caso, recorrer a uma operação pode ser necessário. Porém, os cuidados depois do pós-operatório são os mesmos, com rotina de dieta e exercícios.

Assim, é preciso saber diferenciar os motivos de almejar uma cirurgia plástica como, por exemplo, querê-la por questões de saúde. Muitas pessoas acham que uma operação mudará todos os âmbitos da vida e esse comportamento pode chegar a dificultar o primeiro contato com o cirurgião plástico que realizará o procedimento dentro da ética e conforme os traços corporais do paciente, sem fazer promessas cabulosas.

Há maneiras de fugir da flacidez, claro que demora um pouco mais, o que pode tirar a paciência de alguns que querem resultados imediatos, pois depende muito da quantidade de gordura que está concentrada na barriga. Contudo, nutricionista, musculação e exercícios aeróbicos poderão ser o auxílio que você precisa para manter o abdome durinho.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. magna neris disse:

    tive 3 filhos e ganhei muito peso comecei atividade física a 3 semanas , mas além da barriga o que me incomoda é a flacidez na barriga abdomem e a tal barriga baixa , além da flacidez na parte interna das coxas , seria realmente necessário uma intervenção cirúrgica neste caso , se não o que poderia ser feita para ajudar além do exercício fisico

    • Luciana Pepino disse:

      Olá, Magna! Tudo bem? Sinceramente eu não tenho como te orientar por aqui, pois eu preciso te avaliar pessoalmente. Como sempre digo, a consulta presencial é muito importante, pois é nesse momento que o especialista fica sabendo de mais informações essenciais sobre o paciente – como o histórico médico. Assim eu consigo garantir conforto e segurança a você. Caso desejar, agende uma consulta conosco – será um prazer recebê-la em nossa clínica. No link abaixo você encontra o nosso contato: http://goo.gl/eqc7rp

      Beijos

WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp