Tire todas as suas dúvidas sobre abdominoplastia

Barriga chapada de uma mulher

Cirurgia de abdominoplastia permite a retirada do excesso de pele e gordura da região abdominal, mas não deve ser considerada tratamento para emagrecer.

A cirurgia de abdominoplastia é um procedimento estético que tem como objetivo a retirada do excesso de pele e gordura localizada da região abdominal, permitindo mais firmeza na musculatura da área.

Essa cirurgia plástica está entre as mais procuradas pelos brasileiros devido aos bons resultados que proporciona, melhorando a aparência e a autoestima. Quer saber mais sobre a cirurgia de abdominoplastia? Continue a leitura!

Para quem a cirurgia de abdominoplastia é indicada?

Inicialmente é importante que você conheça quais são as indicações da abdominoplastia, de forma a compreender quando o procedimento pode apresentar os resultados esperados. Destaca-se que a técnica não deve ser considerada um tratamento à obesidade, não substituindo uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos. Dessa forma, a indicação da cirurgia de abdominoplastia é para homens e mulheres que estejam razoavelmente em forma.

Outra indicação é para pessoas que têm a musculatura da parede abdominal muito fraca, pois o procedimento permite corrigir a diástase dos músculos reto e estabilizar a parede abdominal. A cirurgia ainda é recomendada em casos de:

  • excesso de estrias localizadas, pois faz a remoção da pele;
  • gestações múltiplas;
  • acúmulo de gordura na região da barriga;
  • pessoas submetidas a cirurgia bariátrica;
  • pessoas que perderam muito peso;
  • flacidez excessiva da pele.

Portanto, as indicações da técnica são variadas, considerando também que existem diferentes tipos de abdominoplastia, sendo essencial uma consulta com o cirurgião plástico para avaliar o caso e determinar se o procedimento é o mais adequado para atender os anseios do paciente.

Existem contraindicações?

Em alguns casos a abdominoplastia pode ser contraindicada, mas é importante destacar que a situação deve ser avaliada individualmente pelo cirurgião plástico. Alguns cenários não favoráveis à realização do procedimento são:

  • mulheres que desejam gestações futuras, visto que a gravidez prejudica os resultados;
  • quando a pessoa tende ou espera ganhar muito peso após a cirurgia;
  • para pessoas obesas e que sejam fumantes;
  • pessoas com problemas de saúde, como diabetes e hipertensão;
  • pessoas que foram submetidas previamente a procedimentos na região abdominal.

Dessa forma, a avaliação médica é essencial à indicação do procedimento. No caso de pessoas obesas, a recomendação costuma ser para emagrecer e fazer uma lipoaspiração antes da abdominoplastia, preferencialmente em conjunto com hábitos mais saudáveis de vida.

Como é o pré-operatório da abdominoplastia?

Homem sem camisa com barriga sarada

O pré-operatório da cirurgia de abdominoplastia envolve inicialmente um diálogo honesto com o cirurgião plástico responsável. O médico deverá solicitar uma série de exames laboratoriais e fazer uma avaliação física completa para verificar o estado de saúde do paciente.

Devem ser informadas ao médico questões como remédios que faz uso, hábitos de vida e motivações para fazer a abdominoplastia. Caso o estado de saúde altere-se até o dia da cirurgia, como com gripes e infecções, também é importante avisar o médico.

Em geral, recomendam-se alguns cuidados antes de se submeter a uma cirurgia plástica de qualquer natureza, como:

  • interromper o uso de determinados medicamentos previamente, como anticoagulantes;
  • não fazer uso de tabaco e outras drogas no mês que antecede a cirurgia;
  • interromper o consumo de bebidas alcoólicas;
  • não praticar atividades físicas em excesso;
  • alimentar-se regularmente, mas sem excessos;
  • planejar a cirurgia para não coincidir com a menstruação;
  • avisar ao médico qualquer atraso menstrual ou suspeita de gravidez;
  • providenciar um acompanhante para o momento da cirurgia e pós-operatório.

O planejamento adequado é um passo fundamental para que a cirurgia seja mais segura para o paciente, assim como para maiores chances de um pós-operatório saudável.

Para o dia do procedimento é recomendado que o paciente esteja em jejum, encaminhe-se ao hospital com antecedência, usando roupas confortáveis e sem uso de joias ou produtos estéticos.

Como a cirurgia de abdômen é feita?

A cirurgia de abdominoplastia tem início com a anestesia, que pode ser peridural ou geral. A incisão é realizada em forma de semicírculo acima dos pelos púbicos, ficando a cicatriz resultante escondida na linha do biquíni.

Por meio da incisão, o cirurgião plástico consegue fazer o levantamento da pele e gordura, fazendo a remoção do excesso desses tecidos. Posteriormente, costura-se os músculos reto abdominais visando formar uma espécie de cinta abdominal, a pele é esticada em direção à incisão para que seja possível costurá-la, proporcionando um resultado chapado.

Por fim, o cirurgião reposiciona o umbigo, concluindo o procedimento. Em geral, a cirurgia tem duração de 2 horas, em média, e a internação é de cerca de 24 horas, iniciando então o pós-operatório e os cuidados necessários nessa fase.

Quais são os cuidados pós-operatórios?

Os cuidados no pós-operatório da cirurgia de abdominoplastia influenciam diretamente os resultados obtidos com o procedimento. Entre as recomendações que devem ser seguidas destacam-se:

  • fazer uso de cinta pós-cirúrgica por, aproximadamente, 35 dias;
  • não fazer esforço físico ou carregar peso;
  • manter-se em uma postura levemente curvada nas duas primeiras semanas, evitando esticar demais o tronco;
  • não dirigir até que seja autorizado pelo médico;
  • caminhar dentro de casa com auxílio de outra pessoa;
  • não subir ou descer escadas;
  • não usar roupas apertadas, como peças íntimas, calça jeans etc.;
  • evitar exposição ao sol ou temperaturas muito elevadas.

O retorno às atividades diárias deve ser feito conforme a autorização do cirurgião plástico que vai acompanhar a evolução do quadro. Esses cuidados são fundamentais para evitar complicações no pós-operatório e prejuízos na recuperação e nos resultados.

A cirurgia de abdominoplastia é muito indicada para diferentes casos de acúmulo de gordura e pele na região abdominal, mas é fundamental que o procedimento seja conduzido por um profissional especializado e de confiança e todas as recomendações sejam seguidas corretamente.

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Maria de Fátima Batista Correa disse:

    Gostei muito dessas informações gostaria muito de fazer pois tive 2filhos e tenho extrias na barriga e pouco de gordura foi muito importante essas informações obrigada

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá Maria de Fátima!

      Caso queira agendar uma avaliação conosco, por gentileza, entre em contato. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Aqui você encontra nossos contatos: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!