Cinta modeladora realmente afina a cintura?

Mulher de costas com cintura fina

Uso da cinta modeladora depende de indicação médica para evitar problemas de saúde!

Uma das principais dúvidas de mulheres que querem perder peso e afinar a cintura é se o uso da cinta modeladora funciona para esses objetivos.

Apesar de poder sim apresentar resultados, o uso frequente do acessório é prejudicial à saúde, podendo não alcançar os efeitos desejados.

A seguir apresentamos as principais dúvidas sobre a cinta modeladora e esclarecemos como deve ser o uso do acessório para obter melhores resultados.

A cinta modeladora funciona para afinar a cintura?

Depende! A cinta funciona, no entanto, desde que usada corretamente. Usá-la o tempo todo pode pressionar os órgãos internos e ser mais prejudicial do que benéfica.

O que ocorre é que o uso da cinta muito apertada acaba comprimindo os órgãos, causando o enfraquecimento dos músculos abdominais e das costas, o que resulta em flacidez e maior necessidade de usar a cinta quando quiser um efeito mais afinado.

A cinta ajuda a emagrecer?

A cinta não apresenta resultados para quem está tentando emagrecer, o que pode ocorrer é uma redução de medidas abdominais.

O uso desse acessório pode contribuir na eliminação de líquidos, o que dá uma falsa sensação de emagrecimento e menos inchaço, no entanto, o resultado é passageiro.

O acessório é indicado durante a prática de exercícios físicos?

Muitas pessoas acreditam que se usarem a cinta modeladora durante os exercícios físicos o resultado será mais satisfatório.

A cinta pode realmente contribuir, no entanto, desde que não esteja muito apertada e desconfortável.

Destaca-se que cintas que ajudam na transpiração da região abdominal não melhoram a queima de gordura durante o exercício físico. Elas podem, no entanto, resultar em quadros de desidratação.

Existem benefícios posturais?

Sim e é uma das principais vantagens do uso da cinta.

Ela é indicada para pessoas que têm dificuldade em manter uma postura reta e uniforme, o que pode resultar em problemas na coluna, principalmente na lombar e cervical.

Além disso, ela ajuda a manter uma posição mais saudável e esteticamente agradável, evitando o formato curvado da coluna.

Gestantes podem usar a cinta?

As gestantes podem sim usar a cinta modeladora, desde que seja um modelo específico para gravidez e se ela não estiver muito apertada, pois o uso inadequado é ainda mais perigoso durante a gestação.

O uso inapropriado do acessório pode provocar a compressão do útero, da bexiga, da placenta e do cordão umbilical o que compromete o crescimento e saúde do bebê.

Ainda assim, o uso correto e de uma cinta específica contribui para segurar a barriga e evitar a dor nas costas durante a gestação. Nesses modelos, o tecido é mais elástico e sem o uso de colchetes ou velcro que podem incomodar durante o uso.

A cinta pode ser usada 24 horas por dia?

Mulher usando cinta modeladora vermelha

Independente do seu objetivo ao usar a cinta modeladora, ela não é recomendada por 24 horas por dia.

A indicação é que ela seja usada entre 2 e 4 horas por dia, apenas em períodos diurnos. O máximo de tempo que se pode manter a cinta são 8 horas.

Apesar disso, existem algumas exceções a essa regra. A cinta deve ser usada por 24 horas – sendo retirada apenas no momento do banho – em casos de cirurgias plásticas na região, como abdominoplastia, lipoaspiração e lipoescultura.

Outros procedimentos na região mesmo que não sejam com fins estéticos também justificam o uso mais frequente.

Nesses casos, o uso da cinta pós-cirúrgica ajuda a diminuir a retenção de líquidos, deixando o tecido operado estável, melhorando a cicatrização, diminuindo o inchaço e melhorando a circulação sanguínea.

Em geral, a recomendação é usar a cinta constantemente por até 60 dias depois da operação. Portanto, para que a cinta modeladora funcione e possa ser usada por mais tempo a indicação médica é fundamental.

Outra situação na qual a cinta pode ser usada por mais tempo de acordo com a recomendação médica é após o parto, ajudando a mulher no período pós-operatório e contribuindo para devolver o desenho corporal prévio.

Quais os riscos do uso excessivo da cinta modeladora?

Apesar de a cinta modeladora funcionar para diferentes objetivos, seu uso inadequado pode acarretar problemas de saúde sérios. Entre as ocorrências destacam-se:

  • enfraquecimento dos músculos abdominais e das costas;
  • dificuldade para respirar;
  • má digestão e prisão de ventre;
  • problemas de circulação sanguínea.

Além desses prejuízos físicos, o uso constante da cinta pode deixar a mulher insegura quanto à estética corporal, tornando-a dependente da cinta para que se sinta bem.

Portanto, antes de optar pelo uso diário, converse com um médico.

Em alguns casos, pode ser recomendada a realização de um procedimento estético para afinar a cintura e obter resultados mais satisfatórios, como a lipoaspiração.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).