Menu

Cicatriz de abdominoplastia: os cuidados essenciais para evitar problemas!

A barriga é uma das regiões mais exigidas pelo nosso corpo, por isso as cicatrizes podem apresentar complicações. Saiba como evitá-las.

Quem faz uma cirurgia plástica sempre se preocupa se a cicatriz vai ficar discreta e com uma boa aparência. Para que isso seja possível, é necessário seguir todos os cuidados do pós-operatório, especialmente quando se trata da cicatriz de abdominoplastia.

Na cirurgia plástica da barriga, a cicatriz fica localizada horizontalmente, logo acima da linha dos pelos pubianos, ficando escondida sob as roupas de banho. Sua extensão depende das condições de cada paciente, variando conforme o volume a ser reduzido nesta região.

Além disso, haverá uma cicatriz ao redor do umbigo, pois, conforme a remoção do excesso de pele, ele precisará ser deslocado para manter uma posição natural e estética. Para essa sutura, é necessário retirar os pontos em 15 dias; para a anterior, eles costumam ser autoabsorvíveis.

Como é a evolução normal da cicatriz de abdominoplastia

Independentemente da posição e da extensão da cicatriz de abdominoplastia, ela apresenta três fases durante a sua evolução:

  1. Período imediato: nos primeiros 30 dias, a cicatriz é discreta e fina. Pode haver uma leve irritação em função dos pontos ou do curativo;
  2. Período mediato: a partir do 30º dia, a cicatriz se torna mais espessa e passa do vermelho para o marrom, seguindo esse processo natural até o 12º mês;
  3. Período tardio: de 12 a 18 meses depois da cirurgia, a cicatriz gradualmente se torna mais clara e mais fina, assemelhando-se ao tecido ao seu redor. A aparência definitiva só poderá ser avaliada depois desse período.

Embora haja uma grande expectativa pelo resultado final, não é possível acelerar o processo de cicatrização. Contudo, existem alguns cuidados muito importantes que devem ser seguidos para evitar complicações.

Como evitar problemas na cicatriz de abdominoplastia

Por ser o centro do corpo, o abdômen está sujeito a uma série de movimentos, pressões e tensões, o que pode causar a deiscência da sutura (abertura dos pontos) e prejudicar a qualidade da cicatrização.

Em função disso, é preciso seguir com muito afinco os cuidados recomendados para o pós-operatório que visam o desenvolvimento de uma cicatriz discreta e com um bom aspecto. Conheça os principais:

  1. Evitar esforço físico e não carregar peso por 30 dias

Uma das principais causas da abertura dos pontos e complicações na cicatriz de abdominoplastia é o esforço físico antes da hora. Por isso, é preciso fazer repouso por 15 a 30 dias e não carregar nenhum peso por 30 dias.

Isso significa que os exercícios físicos deverão ser suspensos durante esse período, sendo retomados gradualmente e apenas quando houver autorização médica.

  1. Usar a cinta pós-cirúrgica

Outro cuidado fundamental para ter uma boa cicatrização é o uso da cinta pós-cirúrgica por pelo menos 30 dias ou conforme a orientação médica, acompanhada pela placa contensora (que evita a formação de dobras e marcas na pele).

cicatriz de abdominoplastia

A função da cinta é ajudar a manter as bordas dos tecidos unidas, dando mais sustentação para que eles se acomodem em suas novas posições e evitando a abertura dos pontos. Além disso, ela ajuda a fixar a pele e evita o surgimento da flacidez na região.

Outro benefício do uso da cinta pós-cirúrgica é que ela evita a formação do seroma, isto é, o acúmulo de líquidos na região da cicatriz – o que pode causar dores, vermelhidão, extravasamento e fluidos e inchaço.

Não deixe de ver – Abdominoplastia após a gravidez: tem alguma contraindicação?

  1. Fazer drenagem linfática

Quando recomendado pelo cirurgião plástico, o paciente deverá fazer sessões de drenagem linfática, que geralmente começam a partir do quarto dia.

Esse procedimento é necessário para evitar o acúmulo de líquidos, de modo a contribuir com o combate ao seroma e facilitar a cicatrização. A drenagem é ainda mais importante para pacientes que também passaram por uma lipoaspiração na região.

  1. Evitar a exposição solar

Assim como outras cicatrizes, a exposição ao sol poderá deixar a cicatriz de abdominoplastia mais escura de forma irreversível. Por isso, é preciso evitar que a radiação solar enquanto ainda houver inchaço e hematomas ao redor da incisão.

As idas à praia precisam ser autorizadas pelo médico. Em geral, recomenda-se proteger a cicatriz recente com protetor solar e roupas, lembrando que até mesmo o mormaço poderá prejudicá-la.

  1. Ficar longe do cigarro

Além de causar inúmeros problemas graves de saúde, como o câncer de pulmão, o tabagismo pode causar complicações na cicatriz. Isso acontece porque os componentes do cigarro prejudicam a circulação e diminuem o aporte de nutrientes e oxigênio para a pele.

Em consequência, o organismo terá muito mais dificuldades para regenerar esse tecido, levando mais tempo para fechar a cicatriz – o que aumenta o risco de infecções e pode deixá-la com uma aparência inestética.

Aproveite a oportunidade para abandonar de vez o cigarro e não deixe de conferir a lista dos alimentos que ajudam no processo de cicatrização.

  1. Comunicar o cirurgião plástico em caso de problemas

Para o sucesso da sua cirurgia, é preciso comparecer às consultas de retorno, seja para retirar os pontos ou passar por uma avaliação. Além disso, você deve comunicar imediatamente ao cirurgião caso note algum problema na cicatriz, por exemplo:

  • Vermelhidão, calor e inchaço ao redor do local da incisão;
  • Secreção transparente, com sangue ou com pus pela cicatriz;
  • Dores muito intensas na região operada;
  • Aumento do volume ou mudança na cor da secreção coletada pelo dreno;
  • Pontos abertos;
  • Febre.
cicatriz de abdominoplastia

Correção de cicatriz de abdominoplastia

Se a sua cicatriz apresenta algum tipo de complicação, como queloide, hipertrofia, alargamento ou alteração de cor, saiba que existem algumas técnicas para corrigir esses problemas.

Os tratamentos incluem o uso de cremes específicos, a aplicação de corticoide injetável, o congelamento por criocirurgia e a cirurgia de reparo de cicatriz. A escolha só pode ser feita depois de uma avaliação médica.

Por isso, se você está descontente com uma cicatriz ou deseja saber mais sobre como cuidar da cicatriz de abdominoplastia, marque uma consulta com a Dra. Luciana Pepino para descobrir as melhores soluções para o seu caso e as demais opções de cirurgias plásticas!

  • 74
    Shares