(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Descubra se a bichectomia funciona

Bichectomia realmente é indicada?

Entenda como funciona a bichectomia e quando o procedimento é mais indicado

Nos últimos anos, o procedimento cirúrgico estético conhecido como bichectomia tem ficado cada vez mais presente nas vontades de correção facial de homens e mulheres. Os processos realizados na bichectomia visam deixar o contorno facial menos volumoso e mais harmônico, com a diminuição ou remoção das glândulas Bichat. Estas glândulas são pequenos depósitos de gordura natural do organismo e interferem diretamente na aparência da face. 

O procedimento é considerado simples e pouco invasivo, sendo necessária apenas a aplicação de uma anestesia local e não são deixadas cicatrizes visíveis. Contudo, todas estas facilidades podem trazer uma falsa sensação de que ela é indicada para todas as pessoas e que qualquer tipo de profissional saberá realizá-la com a qualidade necessária.

É importante, com isso, ressaltar que existem alguns riscos cirúrgicos e pós-operatórios, além de ser preciso escolher um profissional que conheça a complexa anatomia facial. 

Separamos a seguir algumas das principais informações a respeito da bichectomia, seus riscos, indicações e processos. Acompanhe com a gente: 

Os riscos do procedimento 

Assim como todas as cirurgias plásticas, esta técnica também pode oferecer riscos aos pacientes que desejam diminuir o volume das bochechas e realçar a aparência da maçã do rosto. Cirurgiões plásticos estão habilitados para a realização da bichectomia e dentistas que sejam, necessariamente, especializados no procedimento ou em harmonização facial.

A escolha do profissional é crucial para a boa recuperação e o atingir o resultado esperado. 

Existem inúmeros casos em que a retirada das glândulas Bichat excede o volume indicado, o que pode ocasionar na perda da habilidade de sucção ou, a longo prazo, facilitar o caimento precoce da pele e dos músculos da região. Também é possível haver uma paralisia facial temporária ou definitiva em caso de cortes acidentais de nervos, a redução da produção de saliva e, raramente, infecções no rosto do paciente. 

Indicações e contraindicações da bichectomia 

mulher sendo analizada por médicos antes de bichectomia

O mais importante nestes casos é não ter expectativas irreais de resultados e forçar uma maior retirada do volume de gordura na região. É importante ressaltar também que existem pessoas que possuem glândulas Bichat que são realmente maiores do que o considerado normal e, nestes casos, a sua diminuição a partir da cirurgia plástica é bastante indicada. 

Quando as glândulas são maiores, é comum que paciente apresentem aftas constantes, machucados e até sangramentos. 

Não existe uma faixa etária específica para a realização da bichectomia, a recomendação é que o processo seja feito a partir dos 18 anos, já que nesta fase o desenvolvimento da face já aconteceu por completo. É preciso ter sempre em mente que após o envelhecimento natural os músculos do rosto tendem a precisar de maior sustentação, ok? Retirar as glândulas por completo não é recomendado.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.