Os benefícios do açaí

benefícios do açaí

A fruta é famosa por ser uma bomba calórica, mas ela faz muito bem à saúde

Muitas pessoas já ouviram falar do açaí, mas nem todas as afirmações são positivas com relação à fruta. Afinal, é bem provável que alguém bem próximo de você já tenha falado que ela não passa de uma bomba calórica e que deve ser ignorada, especialmente se o objetivo for perder peso. Isso não é mentira, mas não quer dizer que não há benefícios no consumo dela. Fruta típica da Amazônia, um dos principais fatores positivos do açaí é o fato de ter antocianina, o pigmento que deixa a fruta roxa, que funciona como antioxidante.

Isso quer dizer que o açaí é responsável em combater os radicais livres, ou seja, contribui para manter o processo de envelhecimento mais lento, protege o coração e evita células que acarretam em diferentes tipos de câncer. O que esses antioxidantes fazem é praticamente uma varredura pelas artérias, uma limpeza das células. Além disso, a fruta traz benefícios para quem tem colesterol ou intestino preguiçoso.

O consumo médio de açaí deve atingir até 260 calorias, um número que não afeta nenhuma dieta. Por ser uma fruta que dá bastante energia, ela propicia um gás maior na hora de fazer atividades físicas. Para torná-la mais saborosa, é possível criar acompanhamentos com outras frutas e cereais. Por ter ferro, quem pretende definir os músculos, encontrou um grande aliado.

Mas açaí engorda mesmo?

Como qualquer alimento, o que depende é a quantidade consumida. Se você ingerir uma porção grande de açaí depois do almoço e do jantar, e não faz atividade física, claro que os quilinhos a mais aparecerão, da mesma forma que comer doce em excesso. O segredo está na moderação. Ao consumir uma tigela de açaí, você traz muitos fatores positivos ao corpo, especialmente ao suprir o organismo da ausência de vitamina E, sódio, cálcio, magnésio e potássio.

As contraindicações do consumo de açaí vão para as pessoas que têm diabetes ou que estão muito acima do peso. Por já ser bem calórico, fique de olho na hora de acrescentar outros alimentos, especialmente se forem ricos em açúcar.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).