Espirulina emagrece mesmo? Veja os benefícios desse ingrediente natural

A espirulina está na moda! Saiba mais sobre esse suplemento alimentar que contribui para a perda de peso e o controle do colesterol.

A espirulina é um suplemento alimentar que ficou famoso por prometer ajuda na perda de peso, um processo que nem sempre é fácil, pois exige disciplina em relação à dieta e à prática de atividades físicas. Mas será que a espirulina emagrece mesmo?

Esse suplemento consiste na biomassa formada por cianobactérias, microrganismos que fazem fotossíntese e têm características de bactérias e algas – tanto que, antigamente, elas eram conhecidas como “algas azuis”.

A espirulina já era utilizada como fonte de alimentação pelos astecas e outros povos que vivam na região do México e da América Central até o século 16 – e eles estavam certos, pois ela é riquíssima em proteína e oferece um excelente valor nutricional.

Espirulina emagrece: entenda esse e outros benefícios desse suplemento

Em função de suas propriedades nutricionais, a espirulina realmente pode contribuir para a perda de peso. Saiba mais sobre como esse suplemento atua no organismo e conheça outros benefícios que ele proporciona:

  1. Tem excelentes propriedades nutricionais

A espirulina se destaca especialmente pelo seu conteúdo de proteínas: calcula-se que 60% a 75% do seu peso seja composto por esse nutriente, que apresenta alta qualidade biológica, excelente absorção pelo organismo e um bom equilíbrio entre os aminoácidos essenciais.

Enquanto isso, os carboidratos representam 14% a 20% do seu peso, e os lipídeos complementam com 6% a 7%. Além disso, ela é rica em fibras, vitamina A, E e do complexo B (especialmente a B12) e minerais.

Pelo seu alto teor de ferro, a espirulina ajuda a combater a anemia, enquanto a presença do cálcio previne a osteoporose.

espirulina emagrece
  1. Potencializa a queima de gordura

Um dos motivos pelos quais a espirulina emagrece é o fato de ela potencializar a queima do tecido adiposo. Isso acontece em função da presença de substâncias antioxidantes, como vitamina A, ferro, magnésio e fósforo, que contribuem para o metabolismo das gorduras.

  1. Dá sensação de saciedade

As fibras da espirulina formam um gel que reveste as paredes do estômago, proporcionando a sensação de plenitude gástrica – que faz você se sentir satisfeita com uma quantidade menor de comida.

Além disso, a maior duração da saciedade se dá pela altíssima concentração de proteínas, que levam mais tempo para serem digeridas do que os carboidratos e ajudam a “segurar o apetite” por mais tempo.

  1. Ajuda a combater a compulsão alimentar

Alguns estudos têm demonstrado que a espirulina emagrece porque ela contém substâncias que ajudam a controlar o hormônio do estresse (cortisol) e inibem as regiões do cérebro responsáveis pela fome.

Esse é o caso da fenilalanina, um aminoácido presente nesse suplemento que contribui para a fabricação de neurotransmissores que controlam a sensação de saciedade e ajuda a diminuir a vontade de comer doces.

Não deixe de ver – 13 super dicas para uma alimentação saudável e como você deve mudar seus hábitos

  1. Bom funcionamento do intestino

Devido à sua quantidade de fibras insolúveis, a espirulina promove o aumento do bolo fecal e estimula os movimentos peristálticos, favorecendo o bom funcionamento do intestino e a eliminação dos resíduos e toxinas.

  1. Auxilia no controle do colesterol

Outro benefício importante da espirulina é que, ao contribuir para o metabolismo das gorduras, ela também reduz a absorção do colesterol e dos triglicerídeos provenientes da alimentação.

Dessa forma, ela também ajuda a prevenir a formação de placas de gordura nas artérias (aterosclerose), diminuindo o risco de doenças cardiovasculares.

  1. Fortalece o sistema imunológico

Devido à presença de vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes, a espirulina contribui para o reforço do sistema imunológico, favorecendo a produção e o bom funcionamento das nossas células de defesa.

Inclusive, algumas pesquisas mostram que ela tem efeito antiviral, oferecendo uma proteção a mais contra doenças infecciosas como gripes e resfriados – o que faz dela um suplemento nutracêutico, ou seja, capaz de prevenir e tratar doenças.

Veja também – Confira porque a água é tão importante para quem deseja emagrecer.

  1. Contribui com a beleza e combate o envelhecimento

Além de reforçar o sistema imunológico, as vitaminas, minerais e antioxidantes da espirulina ajudam a evitar a queda de cabelo e deixam as unhas mais fortes e saudáveis.

Graças à presença da clorofila, dos ácidos linoleicos (derivados do ômega 3) e da vitamina E, esse suplemento também contribui para a preservação da qualidade e da juventude da pele ao combater os efeitos prejudiciais dos radicais livres.

Como consumir a espirulina para potencializar a perda de peso

A ingestão de qualquer suplemento alimentar deve ter a indicação de um nutricionista ou nutrólogo para que você possa aproveitar seus benefícios ao máximo. Por isso, não é recomendado iniciar seu uso por conta própria.

Em geral, orienta-se o consumo da espirulina em cápsulas de 15 a 30 minutos antes das refeições, sempre acompanhada por muita água – do contrário, ela não vai favorecer o processo de digestão e pode até causar prisão de ventre.

espirulina emagrece

Além disso, a espirulina emagrece mais se for combinada com uma dieta rica em alimentos com alto teor de fibras (como verduras, legumes e frutas), proteínas magras (peixes, aves e ovos) e gorduras boas (linhaça, chia, nozes e castanhas).

Você também deve associar a prática de exercícios físicos para aumentar a queima calórica. Aproveite para conhecer os principais tratamentos para eliminar a gordura da barriga.

É importante saber que, de acordo com a Anvisa, o consumo máximo diário da espirulina não deve ultrapassar os 1.600 mg. Como cada apresentação (cápsula, comprimido, extrato etc.) têm quantidades diferentes, somente um profissional pode indicar a dosagem ideal.

Contraindicações e efeitos adversos

Ser um suplemento natural não significa que a espirulina não cause nenhum problema. Por isso, ela é contraindicada para mulheres que estejam grávidas ou amamentando, crianças e pessoas que sofram de gota ou que sejam alérgicas a frutos do mar.

Além disso, seus efeitos adversos incluem diarreia, vômitos, dor de cabeça e erupções na pele, de modo que seu uso deve ser sempre acompanhado por um profissional.

Você já conhecia os benefícios da espirulina? Já utilizou esse ou outro suplemento alimentar com foco no emagrecimento? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários e aproveite para conhecer todas as opções de procedimentos estéticos e cirurgias plásticas oferecidas na clínica!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp