Tratamentos estéticos para o rosto: descubra os 03 que você deve fazer!

Limpeza de pele profunda, microagulhamento e peeling são os principais procedimentos que você deve conhecer na hora de planejar os cuidados com a pele do rosto.

Manter a pele bonita, saudável e jovem depende de uma série de cuidados no dia a dia, como uma boa alimentação e o uso do filtro solar. Porém, também é necessário seguir alguns cuidados mais intensos, como os tratamentos estéticos para o rosto.

Por estar sempre exposto ao sol, ao vento e à poluição, a pele do rosto é a que mais reflete as alterações causadas pelo envelhecimento. Dessa forma, essa região merece uma atenção especial para se recuperar dessas agressões.

Tratamentos estéticos para o rosto

Os procedimentos para o rosto seguem diversas técnicas diferentes, de modo a oferecer os mais diversos benefícios. Por isso, cada um deles pode ser mais ou menos indicado para cada pessoa, dependendo das características de sua pele.

No entanto, existem alguns tratamentos estéticos para o rosto que são recomendados para praticamente todas as pessoas – exceto em casos de acne severa, infecções e alergias – por promoverem a saúde e as funções do tecido cutâneo. Conheça os três principais:

  1. Limpeza de pele profunda

Lavar o rosto duas vezes ao dia (de manhã e à noite) é fundamental para remover os resíduos de suor, maquiagem e poluição que se acumulam na pele.

Além disso, é importante fazer uma limpeza de pele a cada uma ou duas semanas, dependendo do seu tipo de pele. 

Porém, um dos tratamentos estéticos para o rosto mais indicados é a limpeza de pele profissional, feita em uma clínica especializada, que age mais profundamente do que o procedimento realizado em casa.

Para quem sofre com cravos e espinhas, por exemplo, a limpeza de pele profunda é essencial para controlar o excesso de oleosidade e para remover essas impurezas sem machucar o rosto – afinal, espremer esses pontinhos em casa quase sempre é sinônimo de lesões.

Por promover uma esfoliação mais poderosa, esse procedimento também ajuda a remover impurezas incrustradas em camadas mais profundas da pele, evitando irritações que podem acelerar o envelhecimento.

Além disso, a limpeza de pele profissional pode ser associada com outros procedimentos estéticos, como a drenagem facial, o peeling, o ultrassom, o aparelho de alta frequência e outros, que potencializam ainda mais seus resultados.

Confira também – Tratamento para acne: quais procedimentos podem te ajudar?

  1. Microagulhamento

O microagulhamento, também conhecido como IPCA ou indução percutânea de colágeno, é um dos principais tratamentos estéticos para o rosto que têm como objetivos combater o envelhecimento e corrigir diversas imperfeições na pele.

O procedimento consiste na aplicação de um roller com cerca de 200 agulhas metálicas bastante finas, promovendo uma infinidade de microperfurações na pele. 

A ação das agulhas provoca uma leve inflamação, que é um efeito benéfico. Nesse caso, ela ativa o processo de cicatrização, o qual estimula a produção de colágeno, elastina e fatores de crescimento. Dessa forma, há uma renovação da pele, que fica mais firme e renovada.

Quando feita no rosto, a microperfuração é indicada para tratar cicatrizes de acne e outros tipos de cicatrizes, melasmas (manchas causadas pelo sol), poros dilatados e rugas. Os benefícios aparecem de 2 a 3 meses depois da sessão, com o amadurecimento do colágeno.

As agulhas menores, de 0,2 a 0,3 mm, não causam muitos incômodos e dispensam a aplicação do anestésico. Porém, seus benefícios são mais limitados, restringindo-se à potencialização dos efeitos de produtos tópicos e ao aumento do viço da pele.

Para tratar rugas e cicatrizes, por exemplo, é preciso utilizar agulhas maiores, que podem ter até 0,8 mm. Nesse caso, o tratamento é feito com a aplicação de uma pomada anestésica de alta potência ou com uma anestesia local injetável, oferecendo mais conforto ao paciente.

Uma forma de aproveitar ainda mais o microagulhamento no rosto é associá-lo com a aplicação de produtos tópicos com ativos terapêuticos, o chamado drug delivery, que permite que essas substâncias atinjam camadas mais profundas da pele.

Veja mais detalhes sobre esse procedimento: Como é uma sessão de mircroagulhamento no rosto?

tratamentos estéticos para o rosto
  1. Peeling

O peeling é um procedimento que consiste em promover uma descamação na pele por meio da aplicação de uma substância ácida, como o ácido acetilsalicílico, o ácido retinoico ou o ácido tricloroacético, entre outros.

Essa descamação elimina as células mortas do tecido cutâneo, estimulando a formação de uma nova pele, muito mais lisa e saudável que a anterior. O peeling pode ser dividido em três níveis conforme a sua intensidade, e cada um deles tem uma técnica e indicações diferentes.

O primeiro deles é o peeling superficial, que se restringe à epiderme (camada mais superficial da pele). Esse tratamento é recomendado para pessoas que querem suavizar manchas e melasmas ou querem promover a renovação de uma pele seca e sem brilho.

O peeling superficial promova uma descamação leve, sem a formação de crostas, e não exige que a pessoa se afaste do trabalho.

O peeling médio, por sua vez, atinge a camada intermediária da pele (derme). Ele provoca uma descamação mais intensa e forma crostas escuras, de modo que a pessoa precisa se afastar de suas atividades por 5 a 7 dias.

Apesar desse inconveniente, o peeling médio é capaz de tratar rugas, cicatrizes e manchas localizadas em camadas mais profundas da pele.

Por fim, o peeling profundo é indicado para peles que apresentam muitas rugas, flacidez, manchas profundas e muitas cicatrizes de acne. Por ser bastante abrasivo, esse procedimento deve ser feito com anestesia local – podendo ser associado à sedação.

A descamação é bastante intensa e há a formação de uma crosta escura, de forma que a pessoa precisa sair de circulação por 7 a 10 dias. Em compensação, seus efeitos também são bem mais poderosos.

Os cuidados com a pele do rosto são imprescindíveis para mantê-la bonita e saudável, preservando sua juventude por mais tempo. Agende seu horário na clínica Dra. Luciana Pepino para descobrir outros procedimentos estéticos e cirurgias plásticas.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).