Combatendo a flacidez após a gestação

Sim, acabar com ela é possível, mas preveni-la durante a gravidez é melhor ainda. Veja como voltar à antiga forma o mais rapidamente possível.

São meses de transformações no corpo, que se expande de forma a abrigar a nova vida que cresce dentro de você. Na gravidez a pele se estica ao longo dos meses e as curvas se acentuam para dar todo o conforto ao bebê em formação – afinal, a prioridade do seu organismo agora é ele. Na gestação ideal, aquela em que a mamãe engorda no máximo 12 Kg, as mudanças são discretas, acentuando-se apenas no alargamento do quadril, no estiramento da pele na barriga e no aumento do volume dos seios, ajudando no retorno rápido às suas formas anteriores. Por isso mulheres que já têm um histórico de atividades físicas anteriores e que mantêm uma alimentação saudável e balanceada ao longo de toda a gestação têm mais facilidade em retornar às medidas anteriores e acabar com a flacidez.

Só que muitas mulheres ainda consideram o período como aquele em que devem comer por dois – e 7tudo o que têm vontade só porque estão grávidas. O sobrepeso se instala e após o parto a pele, estendida além da conta, se torna flácida, complicando bastante o processo de recuperação. Por isso, para quem está grávida, a dica é ficar de olho na alimentação, ingerindo diariamente alimentos que tenham vitaminas A, C e E, colágeno e proteínas que dão mais sustentabilidade aos tecidos e tenacidade à musculatura, e bebendo bastante líquido, principalmente água, que mantém a hidratação da pele e favorece a circulação sanguínea, levando mais oxigênio às células e evitando o acúmulo de líquidos. Além disso, corra das frituras, dê adeus ao fast food, passe longe dos açúcares e do excesso de sal mesmo nos refrigerantes e procure, também, fazer exercícios físicos regularmente, como caminhadas, passeios de bicicleta, etc.

Para quem o neném já chegou, sempre há jeito de acabar ou minimizar bastante a flacidez pós-parto ou puerpério. Se você pensou logo na lipoaspiração, errou feio: ela não serve para isso, muito pelo contrário. A lipo é indicada para quem tem gordurinhas localizadas mas sem flacidez de pele. Se a pele está flácida, o efeito será ainda pior, porque na lipoaspiração não há retirada de pele, apenas da gordura que está sob ela. Como o útero leva em média cerca de 6 meses para retornar ao seu tamanho normal, o ideal é começar os cuidados logo no pós-parto. O primeiro deles é não descuidar da alimentação saudável, lembrando sempre que a amamentação do seu filhote é o fator mais importante, no mínimo até os 6 meses de vida ( é ela, inclusive, que vai acelerar o retorno do útero ao seu estado normal, já que a sucção dos mamilos aceleram os movimentos de contração) e iniciar o quanto antes a prática de atividades físicas.
É importante também hidratar a pele neste período, usando cremes à base de vitamina E, específicos para mamães no puerpério e o uso de cintas. Neste período já é possível a realização de drenagens linfáticas e tratamentos de radiofrequência favorecendo a retração da pele reduzindo a flacidez pós-parto.

Se mesmo com todos os cuidados houver uma flacidez de pele muito importante e um afastamento da musculatura do abdômen você precisará da ajuda de um cirurgião plástico para a realização a abdominoplastia, que irá corrigir a parte muscular e retirará todo o excedente de pele. O ideal para a realização desta cirurgia é de 6 meses após o parto (mesmo que tenha sido cesariana), quando já houve a involução do útero e os hormônios já voltaram ao padrão normal, e que de preferência não esteja amamentando mais.

Mas lembre-se que milagres não existem. Gerar uma criança por 9 meses, ver toda aquela distensão de pele por tanto tempo e ainda voltar rapidamente a forma de antes é preciso uma combinação de fatores, liderados pela genética e hábitos saudáveis para evitar maiores danos provocados pela gestação.

E pra você que já é mãe irá concordar que tudo vale a pena!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Boa noite tenho muito interesse em fazer uma cirurgia de correção a minha barriga ficou muito flacida com 4cicatrizes na diagonal e horizontal de tres cezarias e uma apendice cortada abaixo do umbigo enfim queto tirar essas gorduras localizadas e repor nos gluteos porque sou sem quadris e tenho a cintura larga enfim acabou minha vida pessoal na intimidade pois nao tenho ciragem de deixar nenhum homem ou outra pessoa ver meu corpo que esta horrivel e ainda tive um problema de calvisse por estress preciso de ajuda … por favor ja fui em alguns hospitais e nao consigo uma solução busco uma melhora na minha vida minha filha mais nova tem 2anos e meio gostaria de namorar casar ainda mas nao me imagino a sós com um homem … nao falta pretendentes mas ru nao tenho coragem…por favor me oriente o que devo fazer.

    • Luciana Pepino disse:

      Oi, Ana. Como sempre digo, é de extrema importância que o paciente faça uma avaliação pessoal. Precisamos não apenas vê-la pessoalmente, como também saber de seu histórico médico, entre outras informações essenciais. Assim podemos garantir o conforto e segurança de nossos pacientes. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/fwys7x

      Beijos!