11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Alimentos para firmeza e elasticidade da pele

Veja como incluir alimentos à base de colágeno na sua dieta diária e travar o processo de flacidez natural causado pelo envelhecimento

Quantas vezes você já deixou de usar alguma roupa com vergonha das estrias e celulites? Só que quem pensa que essas companheiras indesejadas são um fardo inevitável está batendo na porta da geladeira errada. Sim, é lá que se esconde o “segredo” para manter a firmeza e a elasticidade da pele: a alimentação correta. Quem pensou logo no colágeno acertou, mas apesar de ser a substância amiga da pele mais conhecida, ela não é a única. E da mesma forma que produtos feitos à base de farinha branca danificam as fibras de sustentação prejudicando a sua estrutura, vários outros, como a aveia, por exemplo, aliados a exercícios físicos são capazes de operar verdadeiros milagres. Conheça quatro destes alimentos e monte um cardápio de beleza diário para você e toda a sua família.

Todo mundo gosta de ter um corpo bonito, claro, mas para isso é preciso que ele receba suprimentos regulares de algumas substâncias, como os minerais, antioxidantes e gorduras boas, que também são aliados poderosos. O silício, por exemplo, é um mineral importante na produção do próprio colágeno, cuja produção cai para 1% após os 30 anos em homens e mulheres, de acordo com os dermatologistas. Além disso, não tenha medo de consumir alimentos ricos em colágeno, porque apenas esses 1% de tudo o que você ingerir será aproveitado pelo organismo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMG), a quantidade ideal para ser ingerida por adultos é de 9 g diárias.

Uma forma de compensar essa perda é ingerindo alimentos ricos no mineral, como a aveia. Bastam duas colheres de sopa do farelo no café da manhã para aumentar a produção consideravelmente. Você pode misturá-la com frutas e potencializar seu efeito. Como? Investindo nas frutas vermelhas, por exemplo, e tornando seu café da manhã rico em antioxidantes. São eles – presentes nessas frutas azedinhas através dos compostos fenólicos como flavonóis, flavonoides, antocianinas e pro antocianinas – que reduzem o envelhecimento precoce ao combater a ação dos radicais livres. Eles são um dos grandes causadores dos danos ao tecido, prejudicando a elasticidade ao atacarem o colágeno e a elastina. Na verdade as frutas vermelhas têm ainda ingredientes anti-inflamatórios e anti-neurodegenerativos, por isso vale a pena incrementar seus lanches com mirtilos, framboesas, morangos e açaí. Os efeitos você vê no espelho em poucos meses.

As carnes também são uma ótima fonte, tanto as vermelhas quanto a brancas. Além de ajudar na firmeza da pele, a substância também dá a sensação de saciedade, colaborando com o processo emagrecimento. Especialmente indicado para o período pós-parto, a alimentação rica nesse elemento colabora para que o corpo volta à antiga forma de forma mais rápida. É a gelatina, no entanto, um dos alimentos de origem animal mais ricos em colágeno, e o melhor é que ela não engorda, mesmo que não seja diet, porque apesar de ter açúcar, há também muita água em sua composição. Como também não tem gordura, ela é ótima para quem está fazendo regimes de redução de peso. Além de travar o processo de flacidez natural do envelhecimento, ela também colabora para o fortalecimento das unhas e do cabelo e hidratação do intestino e da pele. Quanto antes você mudar a sua dieta, mais estará colaborando para a elasticidade da sua pele.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Rute Pereira de Oliveira disse:

    Ótima matéria, adorei! Mudanças pra melhoria da saúde é sempre bem vinda e ainda refletir na nossa imagem, na nossa pele é tudo de bom!