(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
saiba as causas e tratamentos para a alopecia areata

O que é alopecia areata?

Alopecia areata é uma condição autoimune que tem tratamento e demanda assistência médica especializada para resultados mais satisfatórios. Saiba mais a seguir.

A alopecia areata é um tipo de queda de cabelo que gera diversas dúvidas nas pacientes acometidas com a condição levando ao receio de uma queda permanente ou universal.

Entender o que é a alopecia areata e que a condição tem tratamento é fundamental para buscar auxílio médico especializado e ter resultados mais satisfatórios e maior qualidade de vida. Veja a seguir.

O que é alopecia areata?

A alopecia areata é uma doença autoimune caracterizada pela queda de cabelo em tufos que acomete, mais frequentemente, a cabeça, barba, sobrancelhas e cílios, mas pode ocorrer em qualquer área pilosa do corpo. A doença tem início abrupto e evolução rápida, mas não é transmissível ou contagiosa.

O que ocorre, como no caso de outras patologias autoimunes, é que o sistema imunológico ataca células saudáveis do organismo devido uma resposta indevida. Nesse caso, os folículos pilosos são atacados, interrompendo o crescimento capilar e causando a queda de cabelo.

É sintomático da alopecia areata identificar uma área, geralmente circular ou oval, totalmente desprovida de fios sem sinais de inflamação ou cicatrizes, diferenciando-a da alopecia cicatricial

A condição pode se apresentar em um único tufo ou vários, dependendo da gravidade do caso. Existem diferentes tipos de doença, como:

    A avaliação de qual o tipo de alopecia contribui diretamente na definição do tratamento mais adequado ao caso, melhorando as chances de sucesso da abordagem terapêutica.

    Quais as causas e sintomas da alopecia areata?

    médico analisando caso de alopecia areata em mulher loira caucasiana

    Apesar dos diversos estudos, as causas exatas da alopecia areata ainda são desconhecidas, mas sabe-se que diferentes fatores podem exercer alguma influencia sobre a condição, como:

      Como visto, os sintomas da alopecia areata limitam-se a uma área isolada sem pelos, de forma que a queda dos cabelos em tufos já é um indicativo que justifica buscar por auxílio médico especializado.

      Qual o tratamento?

      A alopecia areata pode reverter-se sozinha, principalmente quando causada por eventos traumáticos e estresse agudo, mas em outros casos a condição manifesta-se cronicamente.

      Apenas o diagnóstico médico poderá determinar qual o caso e qual a intervenção mais apropriada.

      Quando a condição melhora, os pelos do local acometido podem voltar a crescer mais finos ou brancos e, posteriormente, retornar a estética original. 

      Tanto nos casos leves e moderados, como nos crônicos ou mais graves a abordagem medicamentosa é a indicada, podendo ser feitas diferentes prescrições de acordo com as características do caso, como:

        O acompanhamento médico especializado desde o diagnóstico até o tratamento é fundamental para melhora da alopecia areata e melhores resultados que afetam a autoestima e satisfação da paciente.

        Tem interesse em saber mais? Acesse aqui e entraremos em contato com você. 

        Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


        Dra. Luciana L. Pepino.

        Diretora Técnica Médica

        CRM-SP: 106.491

        RQE: 25827

        Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

        Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

        Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

        Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

        Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

        Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

        Dra. Luciana L. Pepino.

        Diretora Técnica Médica

        CRM-SP: 106.491

        RQE: 25827

        Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

        Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

        Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

        Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

        Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

        Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

        Agende sua consulta

        Deixe seu contato


        Leia Também

        Carregando...

        Assine nossa newsletter

        Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

        whatsapp