11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

A tendência do loiro platinado

Ter essas madeixas não é para qualquer uma, pois precisa combinar com o estilo e o tom de pele da pessoa

A preferência das brasileiras é ser loira. Quanto mais dourados os fios, melhor, certo? Por mais que as ruivas estejam em alta, há quem não troque as madeixas aloiradas por nada e investem em tinturas e procedimentos que só fazem com que os fios fiquem ainda mais claros. A busca pelos tons platinados virou tendência e deixou de ser um mero detalhe das passarelas para dominar os salões de beleza. O loiro platinado monocromático ou quase branco ganhou o gosto de celebridades como Anne Hathaway, que arrasou no Met Gala deste ano.

A moda do loiro platinado não é recente, pois, desde Marylin Monroe, as madeixas quase brancas conseguem encantar as mulheres que não hesitam em fazer essa mudança completamente radical. Por mais que esteja no auge, nem todas podem aderir ao look chamativo, pois é preciso levar em consideração o tom de pele. Sem contar que a qualidade dos fios é o detalhe mais influente, por se tratar de uma descoloração agressiva. Por isso, é regra manter os cabelos hidratados constantemente antes e depois de aderir o platinado.

Um detalhe muito importante é que a decisão em tingir os fios de loiro platinado deve partir da interessada, que deve estar disposta a fazer essa mudança nos cabelos. Dificilmente um profissional lhe indicará esse tipo de tingimento, especialmente se você não combina com ele. Sabemos o quanto as mulheres são insistentes quando querem um novo visual e adotar o platinado é um risco a se correr, pois o descolorante tem uma reação diferente de pessoa para pessoa.

O tom platinado da Miley Cyrus pode não ser o ideal para você, por exemplo. Por isso, é importante não se inspirar em celebridades ao almejar essa coloração, pois os resultados podem não sair como o esperado. Ao se submeter ao tingimento, tenha certeza de que escolheu um profissional adequado e não tente fazer o procedimento em casa.

Se você tem cabelos escuros e usa/usou tintura preta, o processo será trabalhoso, pois os fios demorarão mais para aceitar a descoloração. Os fios com textura média a grossa são os que mais se dão bem com o loiro platinado, pois os mais finos são fracos e ressecam com facilidade. Por ser um processo demorado, pode gerar certos momentos desconfortáveis, como a reação à água oxigenada, substância que anula todo o pigmento do cabelo, que pode abrir feridas no couro cabeludo.

Depois da descoloração, o profissional uniformizará o loiro platinado com tonalizantes para que os cabelos não fiquem brancos demais e sem graça. Há o aspecto prateado ou alguns tons mais claros que a tinta loira. É fato que os tonalizantes duram menos no cabelo, mas são menos agressivos aos fios. Para as mulheres que querem o tom platinado permanente, o cabelereiro usará amônia para sustentar a coloração.

Feita a tintura, os cuidados são imprescindíveis para manter o look em dia. A hidratação a cada 15 dias volta a ser citada para que você não se esqueça, pois é a manutenção primordial para quem tem cabelos platinados. Deixar a visita ao cabelereiro não é uma boa ideia, pois ele possui produtos que manterão as suas madeixas bonitas.

Para quem acha que está pálida por causa das madeixas novas, invista no blush. A cor pêssego, um tom bem discreto, te ajudará a manter a aparência saudável.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).