11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

6 coisas para você fazer e levantar o astral

Descubra 6 coisas que você pode fazer para levantar seu astral.

Sabe aquele dia em que a gente acorda e sente que está desanimada? Todo mundo já passou por isso alguma vez na vida e tem gente que passa por isso com frequência. A falta de coragem, o tédio, o desejo de não fazer nada, desânimo, sentimento de derrota, ansiedade, tristeza ou algo que não pode dá para definir… Esse cenário é familiar a todas nós. Seja pelo estresse, sedentarismo ou qualquer outro motivo, sentir-se assim é algo bastante desagradável. O fato é que, mesmo não sabendo ao certo de onde vem essa sensação, adotando alguns hábitos, é possível sair dos pensamentos negativos e resgatar o humor.

Abaixo, separamos 6 dicas que vão ajudá-la a jogar o desânimo para bem longe!

1. Tomar um bom banho

Não há mau humor que consiga superar um banho demorado e relaxante. Se a causa para esse sentimento for cansaço ou estresse do dia a dia, tire algum tempo para si mesma e prepare um banho relaxante. Você pode ainda complementá-lo com uma esfoliação bem feita ou mesmo uma massagem com óleos, que vão deixá-la com aquela sensação de zelo pelo corpo que acaba indo embora quando estamos irritadas. E, cá entre nós, não existe nada melhor do que sentir-se bela e bem cuidada.

2. Fazer atividade física

Se você anda tendo uma vida sedentária, essa encontramos a causa para esse baixo-astral. A atividade física deve fazer parte da rotina de todas as mulheres, pois, além de ser importante para manter o peso e fortalecer a musculatura do corpo, ajuda a liberar a endorfina, mais conhecida como “o neuro-hormônio do prazer”, que traz aquela sensação de bem-estar e ajuda o corpo a livrar-se de todo o estresse.

3. Escutar música

Essa é uma das terapias caseiras mais famosas para levantar o humor. Você com certeza já passou pela experiência de estar irritada e sentir-se melhor após alguns minutos de sua música favorita. Basta colocar o ritmo ou a banda que você mais gosta que, mesmo sem cantar, seu corpo vai começar a dar suas primeiras dançadinhas. Escutar música é contagiante e ajuda a exterminar qualquer mau humor. Isso porque a música consegue mexer com nosso padrão emocional. Você pode, por exemplo, escutar músicas relaxantes para tirar o estresse ou colocar estilos mais contagiantes para dançar sem medo de ser feliz!

4. Sair de casa

Geralmente, quem está se sentindo desanimado tende a querer ficar em casa e não ter vontade de ver o sol, encontrar pessoas ou levar o cachorro para passear, por exemplo. Isso não só não contribui em nada para levantar seu humor, como também acaba estragando todo seu dia, que poderia ter sido aproveitado com muito mais energia. O ideal é não dar ouvidos ao cérebro e sair para vivenciar o mundo externo. Isso será ótimo para tirá-la de seus pensamentos e descobrir que o mundo tem muito para te oferecer.

5. Arrumar seu ambiente

Muita gente acredita que um ambiente sem organização incentiva ao desequilíbrio emocional, e isso faz todo sentido, uma vez que não estamos separadas de nosso habitat. De fato, estar em um local onde tudo se encontra fora de seu lugar, ou onde há sujeira ou descuido, pode gerar um sentimento de falta de comprometimento consigo mesma. Nós, mulheres, somos extremamente organizadas e, quando estamos no meio da bagunça, é normal a gente se sentir irritada com o aspecto do ambiente. Quem nunca se sentiu renovada depois de ter feito aquela faxina? Não deixa de ser uma terapia grátis e que alivia a alma!

6. Conversar com seus amigos

Outra coisa que a gente tende a fazer quando está sem ânimo é negar convites. Isso só contribui para sua piora e você vai passar o dia todo frustrada porque não aceitou o convite e ficou se queixando, sem ter feito algo de útil. É preciso tomar atitude e convidar seus amigos para sair – ou você pode ligar para seus amigos ou parentes e, por que não, expor seus sentimentos. Quando, de fato, há algo de errado, você não estará sozinha e eles tentarão ajudá-la. Se não passar de um sentimento de desânimo, você vai perdê-lo rapidinho depois de ter compartilhado seu tempo e batido um papo saudável com quem considera.
CTA Assine o BLOG Dra Luciana Pepino 2
Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).