(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
A Lipoescultura possui vários detalhes que você precisa saber antes de decidir pela cirurgia. Confira, neste artigo!

Tire suas dúvidas sobre Lipoescultura

Veja como funciona a Lipoescultura, o procedimento que molda o corpo redistribuindo a sua própria gordura

Que atire a primeira pedra quem nunca parou em frente ao espelho e pensou em dar uma “repaginada”. Tirar um pouquinho daqui, colocar ali, aumentar cá e reduzir acolá. Pois é exatamente isso o que a Lipoescultura faz.

Ao combinar técnicas de Lipoaspiração e Lipoenxertia, esse tipo de cirurgia plástica redistribui a gordura pelo corpo, esculpindo de jeito a deixar as formas mais harmoniosas. Assim, o corpo vai sendo remodelado com o material do próprio paciente.

Mas, atenção! Ela é indicada apenas para quem tem, no máximo, gordurinhas localizadas. Justamente porque a meta não é a redução de peso, mas corrigir pequenos defeitos e realçar os pontos favoráveis.

Continue a leitura para saber mais!

A boa elasticidade da pele influencia no resultado?

A Lipoescultura é especialmente indicada para pacientes jovens, com boa elasticidade na pele, pois ela não é retirada durante a cirurgia. Portanto, quanto mais elasticidade tiver, mais fácil será a sua retração, reduzindo o risco de “sobras”. E não esqueça que, como qualquer outra cirurgia plástica, ela também tem suas limitações de peso, de acordo com a técnica empregada.

Se for usada a solução Klein, de soro fisiológico e adrenalina, que reduz o sangramento e o trauma cirúrgico, é possível retirar no máximo 7% do peso total corpóreo. Já se a cirurgia for seca, esse limite é de 5%, de acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina.

Quanto à anestesia, dependerá do tipo de intervenção a ser realizada. Ela poderá ser local, indicada para procedimentos pequenos e que levam poucas horas; geral, quando o procedimento é mais complicado e demorado, apresentando um nível maior de exigências; ou de bloqueio peridural, quando apenas algumas partes do corpo ficam insensíveis, mas o paciente permanece consciente.

Como é o procedimento?

As cânulas para a retirada da gordura do tecido adiposo são inseridas em pontos que variam com a anatomia do paciente e com a técnica utilizada pelo cirurgião plástico. Essa gordura retirada será tratada para ficar livre de anestésico, sangue e células de gordura rompidas, e só então será enxertada de volta ao paciente por meio de agulhas finas, modelando as partes do corpo.

A Lipoescultura deixa cicatrizes?

Sim! Mas o paciente pode ficar tranquilo. As cicatrizes que ficam são bem pequenas e tendem a ficar invisíveis, geralmente medindo entre 5 e 10 mm, em áreas escondidas.

Além disso, vale lembrar ser fundamental tomar alguns cuidados durante todo o processo de cicatrização, que pode levar até 8 meses.

Por isso, é importante que a pessoa mantenha as cicatrizes limpas, não coce e não arranhe. Além disso, deixar as unhas sempre higienizadas e, preferencialmente, bem cortadas.

Não se expor ao sol — enquanto a cor da cicatriz não tiver adquirido uma tonalidade próxima à da pele normal — e fazer uso constante de um bom filtro solar, também estão entre os cuidados mais importantes.

Quais regiões do corpo são as mais indicadas (e procuradas) para realização de Lipoescultura?

Algumas regiões do nosso corpo são as mais indicadas para a realização do procedimento cirúrgico. Além disso, são as partes mais procuradas. Veja:

  • nádegas: a remoção do excesso de gordura pode ajudar a minimizar algumas covinhas feias e ajudar a tornar sua figura mais proporcional;
  • flanco: cintura e flancos são áreas extremamente comuns para a Lipoescultura. Para muitos pacientes, pode ser incrivelmente difícil livrar-se dos excessos nessa área por meio de dieta e exercícios. O procedimento pode ajudar os pacientes a ver ótimos resultados, especialmente quando eles têm elasticidade da pele de razoável a excelente;
  • braços: mesmo os pacientes que não estão acima do peso tendem a ganhar uma “sacudida de braço” desagradável com o passar dos anos. Isso acontece devido à falta de tônus muscular. A Lipoescultura pode ajudar a suavizar e apertar a área para uma aparência mais firme e jovem;
  • abdômen: tanto no abdômen superior quanto no inferior, a Lipoescultura pode ajudar os pacientes a obter um perfil mais magro e elegante;
  • face: pacientes que desejam reduzir o excesso no pescoço e nas bochechas também podem optar pela cirurgia. Além disso, ela pode ser realizada junto com outros procedimentos para ajudar a dar ao rosto um contorno mais fino e definido.

Lembrando que a Lipoescultura não pode ser realizada em articulações, como joelhos, tornozelos e cotovelos.

Quais são as contraindicações dos especialistas para a realização de Lipoescultura?

A cirurgia de Lipoescultura não é indicada para pessoas com diabetes, hipertensão, problemas pulmonares, doenças cardíacas, autoimunes e demais outras não controladas.

Como funciona o pré-operatório?

Como em qualquer cirurgia, é necessário realizar todos os exames do pré-operatório. O objetivo é garantir que o paciente esteja em perfeitas condições de saúde para o procedimento.

Além disso, alguns cuidados devem ser adotados:

  • evite ingerir bebidas alcoólicas 48 horas antes da cirurgia;
  • não use nenhum medicamento sem orientação médica. Os que contêm Ácido Acetil Salicílico (AAS, Bufferin, Aspirina) são proibidos durante a semana que antecede o procedimento;
  • faça jejum de no mínimo 12 horas;
  • procure dormir bem na noite anterior.

Que tipos de cuidados deve-se ter no pós-operatório?

O pós-operatório também é bem parecido com o da Lipoaspiração e, como em qualquer cirurgia plástica, a observância de algumas dicas ajudam a acelerar a cicatrização.

Cerca de duas semanas após a cirurgia é feita a retirada dos pontos. Contudo, é normal que no primeiro mês apareçam manchas roxas e inchaços na área afetada — edemas normais por causa da retirada de gordura — e hipersensibilidade em algumas áreas e insensibilidade em outras.

Alguns procedimentos, no entanto, como a aplicação de drenagem linfática e o uso de faixa elástica compressiva por cerca de 45 dias, podem ajudar no processo de recuperação da pele, fazendo com que ela volte ao normal mais rapidamente — e isso significa ser entre três e seis meses.

A prática de exercícios físicos deve ser evitada entre 21 e 30 dias após o procedimento, mas caminhas progressivas estão liberadas. Entretanto, tenha calma, porque a recuperação total só se dá em torno de seis meses.

Qual a melhor forma de escolher o cirurgião?

A cirurgia plástica pode ser uma experiência fantástica e transformadora. E, com certeza, a escolha de um profissional experiente e capacitado é um passo fundamental para isso. Portanto, escolha com cuidado, sem pressa e considerando cada fator a ser analisado.

Nesse sentido, o primeiro passo é checar a situação do profissional junto ao Conselho Regional de Medicina, bem como sua formação profissional e cursos de atualização. Avaliações de pacientes em fóruns também podem fornecer um feedback honesto sobre cirurgiões em potencial.

Dado esse primeiro passo, não hesite em pedir fotos adicionais, estudos de caso ou depoimentos de pacientes durante as consultas. Lembre-se que, assim como encontrar o médico de família, pode levar um tempo até você encontrar um cirurgião que inspire confiança.

No entanto, esse fator pode ser determinante. Isso porque a capacidade de comunicação entre o profissional e o paciente pode significar a diferença entre uma ótima experiência e um verdadeiro fiasco.

Aqui, na clínica da Dra. Luciana Pepino, nosso esforço é contínuo para oferecer um atendimento humanizado e individualizado para cada paciente. Acreditamos no poder transformador da autoestima, do cuidado e bem-estar.

Entre em contato com nossa equipe! Você vai encontrar um time qualificado e muito competente para orientar seu procedimento desde o primeiro momento.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário

  1. Graca Paz

    Amei essa materia,agora tenho vontade de fazer, com facilidades de pagamento vai ajudar,muito bom.....

    responder
  2. Evamalva

    Tenho um tornozelo mais grosso que o outro, quero fazer lipoescultura, será que é possível,já que é uma região que tem muitas veias?

    responder
    1. Luciana Pepino

      Olá, Evamalva. Por ser uma área com altos riscos de complicação, a enxertia nesse local não é indicada. Beijos!

      responder
  3. mary Araújo

    Eu gostaria muito de fazer alguma coisa para mudar o meu corpo. como faço para agendar uma avaliação?

    responder
    1. Luciana Pepino

      Olá, Mary. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Aqui você encontra nossos contatos: http://goo.gl/fwys7x - Beijos!

      responder

Leia Também

Carregando...

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
Quero ajudar!
imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
logo

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

Quero ajudar!

Assine nossa newsletter

Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

whatsapp

Cirurgias

Procedimentos

Links Úteis

Telefones de Contato

Políticas de Privacidade

Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

logo

2022. Dra. Luciana Pepino

Todos os direitos reservados.