11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Por que entender sobre os tipos de nariz?

Saiba identificar os tipos de nariz

Conhecer os diferentes tipos de nariz ajuda na decisão pela rinoplastia esclarecendo como o procedimento cirúrgico pode contribuir na harmonia da face

Conhecer os diferentes tipos de nariz contribui no entendimento sobre as próprias características, o que é determinante na escolha da realização de uma cirurgia plástica como a rinoplastia.

A rinoplastia pode alterar diversas características do nariz, no entanto, entender o tipo de nariz permite compreender quais as limitações da abordagem cirúrgica e como o novo formato pode ser harmônico com a face da paciente.

Dessa forma, antes de optar pela realização da rinoplastia ou outra alteração estética facial, entenda quais são os tipos de nariz e como eles influenciam na aparência.

Quais os tipos de nariz?

A lista completa de tipos de nariz é bem extensa e incluem 15 formatos distintos, uma vez que contempla as diferentes características nasais, como giba, asas, projeção da ponta, tamanho e outras.

No Brasil, no entanto, cinco tipos de nariz são mais frequentemente encontrados. São eles: 

Nariz adunco

Também chamado de “bico de falcão” ele tem uma ponta proeminente para baixo, formando uma curva.

Nariz fino e arrebitado

É um tipo de nariz mais delicado, com um ângulo da ponta maior e sem excesso de tecidos e, ainda que seja o desejo de algumas pessoas, depende de ficar harmonioso com a face, o que nem sempre acontece.

Nariz curto ou asiático

Dicas para identificar tipos de nariz

 

Caracteriza-se principalmente pela falta de elevação do dorso, podendo ou não ser mais achatado na frente. 

Nos casos de intervenção cirúrgica, é comum que o desejo da paciente seja para levantar o dorsal utilizando enxerto e, por vezes, diminuir as asas nasais.

Nariz negroide

Caracteriza-se pelas asas largas, ponta redonda e dorso menor, sendo comum em pessoas de origem africana. Nesse caso, a intervenção cirúrgica deve visar a preservação das características étnicas da paciente, com harmonia com o restante da face. 

Em geral, pacientes almejam diminuição das asas e/ou elevação do dorso.

Nariz romano

Caracterizado pela proeminência da giba nasal é comum em pessoas de origem italiana. Nesses casos, a cirurgia plástica envolve a quebra do osso nasal para reduzir o dorso.

Portanto, as características e tipos de nariz mais comuns no Brasil tem relação com a ascendência, mas também são resultado da diversidade étnica da população, resultando em diversos formatos de nariz.

Quando optar pela rinoplastia?

A rinoplastia é a cirurgia plástica para corrigir características indesejadas do nariz que fazem com que ele seja menos harmonioso com as demais estruturas faciais.

Dessa forma, o objetivo principal da rinoplastia é o de promover a harmonia da face, reduzindo e ou amenizando características incômodas à paciente, mas buscando a preservação da sua identidade e individualidade.

A decisão pela rinoplastia deve ser conversada com um cirurgião plástico de confiança após avaliação detalhada do caso e motivações.

Uma recomendação é que se evite que o novo formato do nariz seja inspirado em uma pessoa com características faciais diferentes. Dessa forma, evitam-se alterações excessivas que vão comprometer o sucesso dos resultados.

Além da verificação dos tipos de nariz, o pré-operatório da rinoplastia também envolve a realização de exames para verificar se a paciente está bem de saúde para uma intervenção cirúrgica.

Portanto, independentemente dos tipos de nariz, a rinoplastia pode ser uma opção para obter uma face mais harmônica e com resultados benéficos à autoestima e satisfação pessoal. Agende sua consulta aqui e saiba mais!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).