Seios novos de novo com a Mastopexia

Que mulher não gosta de ter os seios bonitos, firmes e com a aparência de jovens? Mas quando eles perdem esse aspecto – por causa daquele engorda/emagrece que parece não terminar nunca, problemas de saúde ou simplesmente pela ação do tempo – muitas mulheres pensam logo na colocação de próteses como o meio mais rápido e eficaz para preencher o decote dos sonhos. No entanto, a Mastopexia é uma cirurgia plástica para rejuvenescer o aspecto dos seios que, além de mais simples, pode ter resultados ainda melhores. Nela, o efeito é conseguido simplesmente reduzindo o excesso de pele, levantado as mamas até seu formato original, sem modificação no tamanho, restaurando a harmonia natural do corpo. Esteticamente o efeito pode ser até melhor do que o das próteses.

 

Procedimento não interfere no tamanho

 

Como o procedimento envolve apenas a remoção da pele flácida, ela não age no tecido mamário e não interfere no volume dos seios, mantendo, inclusive, intocada a capacidade de amamentação. O simples implante de prótese, por outro lado, aumenta o volume dos seios, mas não corrige a flacidez – fazendo com que eles fiquem maiores, sim, mas caídos da mesma forma. Por isso se a ideia for também aumentar o tamanho, a cirurgia pode ser combinada com a colocação de próteses, a princípio sem problemas. No entanto, como em toda cirurgia plástica, essa é uma situação que deve ser conversada com o seu médico, pois é ele que vai sugerir o melhor procedimento depois da análise de vários fatores.

 

Benefício estético é surpreendente

 

A mastopexia – ou lifting de mama ou mamoplastia, como também é conhecida – é indicada para pacientes a partir dos 15 anos. Antes disso é preciso avaliar bem se a cirurgia é realmente necessária. A cirurgia tem que ser feita em hospital, com anestesia geral ou raquidiana e é feita, basicamente a partir de dois cortes: um em forma de “T” invertido, partindo da auréola até a dobra cutânea logo abaixo do seio (sulco infra mamário) e o outro ao redor da auréola. É sempre bom lembrar, que, como em qualquer outra cirurgia, haverá cicatriz. A sua textura, no entanto, dependerá de fatores como a habilidade do cirurgião, do cumprimento correto das indicações no pós-operatório e ainda do próprio organismo durante o processo de cicatrização. Alguns têm tendência natural à formação de cicatrizes hipertróficas ou queloides. O ganho estético, entretanto, tende a compensar em muito essas situações.

 

Respeito ao pós-operatório é imprescindível para um bom resultado

O tempo de cirurgia também varia de acordo com o caso e com a quantidade de pele a ser retirada, variando entre uma hora e meia e quatro horas de duração. Já a internação costuma de ser de 24 horas, mas o pós-operatório precisa de cuidados especiais. O tabagismo deve ser evitado pelo menos nos 30 dias seguintes à cirurgia porque ele prejudica a capacidade de cicatrização; não levantar os braços por cerca de duas semanas; repousar por 15 dias; dirigir apenas 21 dias após a cirurgia; atividade física leve apenas depois de um mês com suporte especial para que os seios não balancem e musculação apenas após dois meses; relações sexuais após duas semanas; usar sutiã cirúrgico; dormir de barriga para cima (de lado apenas após seis semanas e de bruços penas após três meses); e tomar os medicamentos indicados pelo médico respeitando rigidamente os horários. Desta forma você estará colaborando para os melhores resultados possíveis e um efeito longo para sua cirurgia.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. GISELE LAMAS CARDOSO disse:

    Olá Dra…tenho mta vontade fazer plastica nos meus seios. Tenho 34 anos, ma cuido, malho,amo meu corpo…embora que com o tempo tudo acaba ficando diferente…tenho 2 filhas, uma de 14 e outra de 11 e amamentei 2 anos a maior e 4 anos a menor…e meu seios ficaram flacidos e caidos…Meu marido não me apoia dizendo que posso morrer, ficar com sequelas e tudo mais…o que devo fazer???Ele fica falando dos riscos e enchendo minha cabeça pra que eu não faça…

    • Luciana Pepino disse:

      Oi, Gisele!
      É normal que se sinta receio, no entanto, o mais importante é que confiem no profissional escolhido para realizar a cirurgia. Converse sempre abertamente com ele e tire todas as suas dúvidas, isso é essencial para amenizar qualquer receio que venha tendo. É fundamental saber se o médico é realmente um Cirurgião Plástico e se ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, pois isto é uma confirmação de que, antes de tudo, o profissional é também Cirurgião Geral, tendo prestado uma prova para conseguir ser membro desta importante sociedade. Abraços!

  2. Maria De Lourdes R.B.Ferreira disse:

    eu gostaria muito fazer estar plastica, mais ñ tem condições, eu tenho vergonha de tira até meu soutem, pro meu próprio marido de vergonha eu tiver 5 filhos e mamente os 5 ai ficou muito feio eu ñ queria coloca postes mais queria que eles fica sim firme de novo, eu seria uma mulher feliz, de novo…..meu sonho…

    • Luciana Pepino disse:

      Olá, Maria! Tudo bem?
      Infelizmente não temos como te ajudar. Recebo diariamente inúmeros e-mails como o seu e outros até piores de pessoas com problemas funcionais e não somente estéticos e infelizmente não consigo ajudar a todos. Talvez você consiga alguma informação através da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica ou postos do SUS. Eles são os melhores indicados pra te informar sobre serviços de cirurgia plástica realizadas gratuitamente em hospitais-escola.

      De qualquer forma, é importante que você saiba que hoje em dia as cirurgias plásticas ou tratamentos estéticos podem ser parcelados e por isto, estão bem mais acessíveis.
      Beijos!

  3. Patrícia disse:

    Boa tarde,gostaria de saber sobre valores,se mais barato ou mais caro que os procedimentos convencionais.
    Obrigada…

    • Luciana Pepino disse:

      Oi, Patricia!
      Infelizmente eu não consigo te informar valores sem avaliá-la antes, pois cada caso é um caso. Se desejar entrar em contato, você encontra nosso endereço e telefones: http://goo.gl/eqc7rp
      Beijos!